08 out 2011

Torneio das Crianças do Granbery: a bola dos sonhos e o brilho nos olhos



Juiz de Fora (MG), 8 de outubro de 2011

Faltam poucos minutos para o relógio marcar 8h. O campo do Instituto Granbery, com marcação nova para a competição, começa a receber os futuros craques. O brilho nos olhos de cada um não deixa dúvidas. Em instantes, os meninos granberyenses, sob o comando do tio Alfredo, e o Uberabinha, do tio Dudu, vão correr atrás da bola e dar início ao 19° Torneio das Crianças promovido pelo Granbery.

Com faixa de idade até 10 anos, a competição teve início no sábado, 1°, com quatro partidas. A fase de classificação prosseguiu neste sábado, 8, e termina no dia 22. A segunda fase será no dia 29, com semifinais em 5 e finais em 19 de novembro.

Antes de a bola rolar, o Professor Alfredo Coimbra reuniu todos os presentes no centro do campo e fez uma rápida apresentação do evento aos jovens talentos e treinadores, lembrando a tradição do Torneio das Crianças e quantos já correram naquele mesmo campo, num caminho que pode levar, inclusive, à carreiras bem sucedidas.

Mais que o eventual futuro sucesso, é destacado o ambiente de desportividade e confraternização que deve caracterizar um torneio com meninos tão novos. A ponto de, na primeira partida, jogadores das duas equipes terem, por conta própria, alertado a arbitragem e interrompido o jogo, devido a um toque de mão que passou despercebido. Uma ingenuidade (ou lisura?) que deveria, no campo dos sonhos, persistir até as idades mais avançadas no futebol e no esporte em geral.

E é um tal de garoto com a cabelo parecido com Neymar chegando para jogar. Agora também surgem candidatos à cabeleira de Cortês. Quando se aproximam da mesa de inscrição, ao lado dos “tios”, a ansiedade já é grande. Eles olham para os documentos, olham para a bola e olham para o campo, como se não acreditassem que serão eles mesmos os protagonistas de uma manhã inteira de futebol.

Pois serão. No primeiro jogo, Granbery e Uberabinha empatam sem gols. Por falta de pressão do time da casa é que não foi. Teve bola na trave, bate-rebate, tudo na pequena área, sem que uma chuteira tamanho 35 desse jeito de empurrar para as redes. Tudo bem. Terminada a disputa, é momento de todos se cumprimentarem antes de deixar o campo. Juan Riquelme, o 10 do Uberabinha, se escreve assim mesmo, como o original da Argentina. “Meu pai é que é fã dele”, explica. Pelo Granbery, Victor Machado, o simpático Pará, é quem veste a camisa granberyense de novo para uma foto. Afinal, ele também é um camisa 10.

Vem a segunda partida. Tio Bruno traz o Bonsucesso, Claudinei resgata a tradição baeta. E os gols começam a aparecer. Nicolas, para o Tupynambás, e Juan Carlos, para o Bonsucesso, deixam seus nomes na história do torneio. Quem sabe amanhã, se chegarem aos profissionais, o nome deles aparece na busca do Google, como registro histórico.

Terceiro jogo do dia. O futebol de gente grande de mais um camisa 10, o 10 do Dom Orione, impressiona só a quem não o tinha visto jogar. Acredite: com menos de 10 anos, Max Alves da Silva já é apontado como destaque antes de tocar na bola. E a previsão se confirma. Ele participa das jogadas dos dois gols, marcados por Redney Assis. “A família toda do Max é boa de bola”, é o comentário na beira do campo. Então vamos lá: fotos do Max e, é claro, do artilheiro Redney. Dois a zero sobre a ASE, a primeira vitória do torneio.

Quarta e última partida. Os meninos do CFZ/Zico estão chegando de um outro jogo, no campo do Lacet, pela Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador. O treinador Anderson os espera de braços abertos e novos uniformes. A meninada do Gerson Williams/ACI chega toda de vinho para o desafio. Pai grita daqui, pai grita de lá, e o CFZ/Zico ignora o cansaço: 1 a 0, gol de Márcio Nery. Vem o segundo tempo, e a turma do tio Gerson parte para a reação. Luan, cobrando pênalti, empata. E para fechar a rodada, o gol mais bonito do torneio: Gustavo Mendonça recebe na esquerda, dribla e acerta o ângulo. Número da camisa dele? A 10.

Nos próximos sábados, a bola vai seguir rolando no bonito campo da Rua Sampaio. E com ela levará os sonhos e o brilho nos olhos dos meninos, e a aflição dos pais. Quem sabe surgem novos craques? É bem possível. Quem sabe se ajuda a formar novos cidadãos, com a prática disciplinada e ordeira do esporte? A chance é maior ainda.

Vida longa aos nossos novos craques. No campo e da vida. E, com talento e sorte, nos dois ao mesmo tempo.

Escalações e resultados dos jogos de sábado (primeira rodada):

 Instituto Metodista Granbery 0x0 Uberabinha/Suprefreios (Chave C)

Granbery: Antônio Victor, Victor Machado, Fábio Closeto, Pedro Seixas Carvalho, João Pedro Tostes, Mateus Rodrigues, Gabriel Brugros, Fernando da Costa, Lucas de Almeida, Eduardo Quirino, Filipe Rodrigues, Rodrigo Moreira e Felipe Bissoli. Treinador: Alfredo Coimbra.

Uberabinha: Matheus, Alan, Josué, Mateus Tomé, Tiago Souza, Caio Leite, Juan Riquelme, Pedro Henrique, Pedro Ribeiro, Matheus Lopes, Felipe Silva, Luis Guilherme e Iago Silva. Treinador: Dudu.

 

Bonsucesso Futebol Clube/Drogaria Pereira 1×1 Tupynambás Futebol Clube (Chave C)

Bonsucesso: Juan Carlos Alves, Guilherme Jesus, Renan Araújo, Ryan Rodrigues, Kevin, Moyses Moreira, Juan Carlos dos Santos, João Pedro Ferreira, Vinícius Ferraz, Lucas Tussi, Thalis Ribeiro, Gabriel Arthur. Treinador: Bruno Piuí.

Tupynambás: Ruan Cruz, Matheus Silva, Vanir Bezerra Jr, José de Oliveira Neto, Hebert Oliveira, Luis Felipe, Wesley Silva, Gabriel Correa, Cauã Santos, Pedro dos Santos, Leonardo Magno, Marcos Paulo, Thalisson Ferreira, Vinícius, Nicolas Pereira e Jader Barcelos. Treinador: Claudinei.

 

Instituto Profissional Dom Orione 2×0 Associação dos Sargentos do Exército – ASE (Chave B)

Dom Orione: Clayton Oliveira, Márcio Gonçalves, Max Alves da Silva, Vítor Henrique de Oliveira, Redney Assis, Yago Cavallari, Nicolas Pereira, Luiz Felipe Pereira, Samuel Braga, Jeann Gomes Jr., Juan Caetano, Rafael Mazzocoli Alvim, Luan Gabriel Reis, Luis Eduardo Souza, Guilherme Bernardes Souza, Vinícius Souza, Gabriel Bernardes Souza. Treinador: Rafael Monteiro.

ASE: Gabriel ferreira, Mateus Sá, Lucas Souza, Miguel José Filho, Mateus Pereira, Vitor Fernandes, Pedro Henrique Rocha, Jonathan Pinto, Pedro Ferreira Otelo, João Vitor Souza, Pedro Henrique da Cruz e Josué Antônio Santos. Responsáveis: Wesley Barbosa e Carlos Alberto.

 

CFZ/Zico 1×2 Gerson Willians (Chave A)

CFZ/Zico: Bernardo Sartori Miranda, Lucas Almeida, Breno Carneiro, Luiz Henrique Silva, Paulo Ricardo Amancio, Josué de Castro Silva, Pedro Rodrigues Neto, Tiago Félix, Márcio Nery Filho, João Pedro Ferreira, Pedro Augusto Jesus, Matheus Carapinha e Pedro Rodrigues Tanus de Moraes. Treinador: Anderson.

Gerson Willians/ACI: Guilherme Henrique Silva, Raí Eduardo Tavares, Wendell Paz, Ygor Gaspar, Rhuan Tomaz, Giovani Bartels, Gustavo Mendonça, Pedro Saindler Teixeira, Victor Emanuel da Silva, Luan Deilton Amorim, Caio Sales, Lucas Afonso, Kauan Almeida, João Vítor Almeida e Iury Lucas Silva. Treinador: Gerson William.

A arbitragem foi de Anderson Candido e Leandro Oliveira, com Denise Machado na mesa. A promoção é do Instituto Metodista Granbery, com a supervisão do Professor Evandro Pinheiro e a coordenação do Professor Alfredo Coimbra. Em jogo, o Troféu Ivan Elias, homenagem ao blog Toque de Bola.

Clique aqui para ver as fotos

Resultados e artilheiros deste sábado, 8 (observação: a equipe Toque de Bola informou a desistência de participação na véspera da rodada):

8h – Toque de Bola x ASE (Chave B) – não houve

8h45 – Vianna Jr./Dom Pedro I 0x3 CFZ/Zico (Chave A) – Gols de Pedro Rodrigues, Bernardo Sartori e Márcio Nery

9h30 – Granbery 0x2 Tupynambás (Chave C) – Gols de Juan Pablo

10h15 – Bonsucesso/Drogaria Pereira 0x1 Uberabinha/Suprefreios (Chave C) – Gol de Pedro Augusto

 


Voltar

Uma Resposta to “Torneio das Crianças do Granbery: a bola dos sonhos e o brilho nos olhos”

  1. pedro
    09/10/2011 às 20:41

    eu amo o uberabinha

Deixe uma resposta

Notícias


17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

14 nov 2017
Goleiro-artilheiro Edson tem domingo único e Passo da Pátria é campeão da zona rural da Copa Prefeitura Bahamas

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.