27 out 2011

“Não vou para perder o jogo”, diz Ricardo Drubscky



Juiz de Fora (MG), 27 de outubro de 2011

“Não vou para perder o jogo”. Foi assim que o técnico do Tupi, Ricardo Drubscky, antecipou a filosofia de jogo carijó para o jogo de  volta carijó no domingo, 17h, em Anápolis (GO), podendo até perder por dois gols de diferença, em função do placar de 4 a 1 construído em Juiz de Fora. “Vamos armar o time para vencer a partida. Claro que dentro das circunstâncias da partida se uma derrota estiver nos classificando vamos encarar a situação”, revelou.

Drubscky destacou as dificuldades em momentos diferentes do jogo. No início, antes de o placar ser aberto, sem muitas oportunidades de gol. Já no começo do segundo tempo, a forte pressão da Anapolina buscando o gol de empate. E o gol marcado pelo adversário, quando o placar apontava 2 a 0. “Ali poderia ser uma ducha de água fria mas felizmente tivemos o mérito de encaixar mais duas jogadas aproveitando que eles adiantaram o time e fizemos um bom placar”.

Obediente ao seu estilo, sempre ético ao comentar as questões do futebol, o comandante alvinegro enfatizou que já no vestiário, após a partida,   procurou conter todo e qualquer “foco” de já ganhou em função da boa vantagem obtida diante da torcida, cujo comportamento também agradou em cheio ao treinador. Drubscky não “esticou muito” a declaração do treinador adversário, que numa comparação anterior a partida, afirmara que o Villa Nova era muito mais forte que o Tupi. Embora não tenha se estendido nos comentários, há informações que o elenco do Tupi acabou encarando a declaração como mais um fator de motivação para a busca de um placar dilatado, o que, de fato, acabou ocorrendo.

No outro vestiário, o treinador Nivaldo Lancuna lamentou que Ademilson tenha encontrado tantos espaços para fazer a diferença na partida. “Alertamos sobre ele, pela sua experiência, mas ainda assim ele teve muitos espaços”, admitiu. Ao elogiar a arbitragem de Cléber Wellinton Abade, Nivaldo voltou à tese que nos 3 a 1 sofridos pela Anapolina diante do Tupi seu time foi “garfado”.

Também fiel ao seu estilo – no intervalo, garantiu que seu time empataria – “tenho certeza”, afirmou, o técnico já anunciou como pretende chegar ao placar que interessa em Anápolis. “Vamos pressionar o tempo todo, com todas as nossas armas”.

  Semifinais

Quem levar a melhor entre Tupi e Anapolina, domingo, considerando os dois jogos, volta a campo já na próxima quarta-feira, 2, em Itápolis (SP), para o primeiro jogo da semifinal contra o Oeste. A partida de volta será no domingo, 6, em Juiz de Fora ou Anápolis.

Na outra semifinal, o Santa Cruz já está em vantagem na semifinal. No domingo, 23, bateu Cuiabá (MT) por 1 a 0, e pode empatar a partida do domingo, 30, no campo do adversário.

Santa Cruz, Cuiabá e Oeste já estão classificados para a Série C de 2012.

Os jogos que irão apontar o campeão da Série D estão marcados para os dias 13 e 20 de novembro, dois domingos.

Definido o roteiro da delegação carijó

A gerência de futebol do Tupi definiu a logística da viagem para o jogo de volta das quartas-de-final da Série D, domingo em Anápolis (GO), contra a Anapolina, marcado para às 17h de domingo, no Estádio Jonas Duarte. A delegação embarca, de ônibus, para Belo Horizonte (MG) por volta das 15h desta sexta-feira (28/outubro). Da capital mineira, segue, no voo das 22h47, para Goiânia (GO) – com chegada prevista para às 0h15 de sábado (29/outubro).

O trajeto para Anápolis – cerca de 70 km da capital goiana – será feito no domingo, por volta das 14h.O retorno da delegação será Goiânia-Belo Horizonte, no voo das 14h06 de segunda-feira (31/outubro), com chegadas previstas para às 15h22 em BH e 21h em Juiz de Fora.

Na tarde desta quinta-feira (27/outubro) aconteceu a reapresentação do elenco Carijó, após a vitória por 4 a 1 sobre a Anapolina. Os jogadores fizeram um leve treino técnico. Nesta sexta-feira, há atividade semelhante, só que pela manhã, às 9h30.

A única baixa no elenco é o lateral-direito Felipe Cordeiro, com uma contratura no músculo posterior da coxa direita (contusão que o tirou do jogo de quarta-feira). Ele iniciou o tratamento e será reavaliado nesta sexta.

Com o resultado conseguido, o Tupi pode perder por até 2 a 0 em Anápolis que ainda assim garante passagem para as semifinais da Série D e consequentemente a vaga na Série C em 2012 – ano do centenário do clube.

Texto com informações de entrevistas concedidas à Rádio Globo JF e da coletiva do treinador Drubscky

Fotos: assessoria Tupi


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.