24 out 2011

Marcelinho e Weidner são campeões na Mitsubishi Cup



Ribeirão Preto, 23 de outubro de 2011 –

“Concentração total, não errar e acelerar”, foi a ordem do dia em Ribeirão Preto, local da grande final da Mitsubishi Cup. Neste sábado, no interior de São Paulo, foi concluída a última das sete etapas da temporada e que definiu os campeões de 2011. Adrenalina, show de pilotagem e décimos de segundos disputados do início ao fim, durante as três provas do dia, deram emoção na dose certa às equipes, familiares e público que acompanharam a decisão.

Com vista privilegiada da pista, foi possível assistir a cerca de 70% do circuito exclusivo, e apreciar os rastros de poeira deixados pelos autênticos 4×4 da marca. A pista teve muitas curvas de nível, saltos, retas, passagens estreitas, ganchos e ainda, um piso que mesclou trechos duros com areia pesada e de cascalho que testaram a habilidade dos pilotos.

“Trabalhamos para tornar o campeonato cada vez mais competitivo e terminamos mais uma temporada com missão cumprida”, afirma Detlef Altwig, diretor de prova, que está no comando da Mitsubishi Cup desde o início, quando tudo começou em 1999.

A diretora de Projetos Especiais Corinna de Souza Ramos, faz uma avaliação do campeonato. “Tivemos uma temporada bastante competitiva. Reunimos pilotos de todo o Brasil e, com a unificação do campeonato que se tornou nacional em 2011, trouxemos 15 duplas do Nordeste. Com o lançamento do Pajero TR4 ER foram criadas duas novas categorias, também muito disputadas. Juntamos dois perfis de competidores: a nata do cross country nacional e novos pilotos que chegaram para ficar. Em termos de rali de velocidade, não há nada parecido”, explica.

Os campeões da etapa de Ribeirão Preto foram: Reinaldo Varela/ Edu Bambi (L200 Triton RS), Peterson Silva de Oliveira/ Gilson Rocha (L200 RS), Rodrigo Terpins/ Kaique Bentivoglio (L200 Triton RS Handcap), Carlos Henrique Scheffer Jr/ Rafael Malucelli (PajeroTR4 ER), Gustavo Souza Gugelmin/ Marcos Maia Panstein (Pajero TR4R Light) e Rafael Martins Cassol/ Lélio Vieira Carneiro Jr (Pajero TR4ER Light).

 Campeões temporada 2011

Após passar pelas etapas de Paulínia, Londrina, Mafra, Poços de Caldas, Jaguariúna, Mogi Guaçu e Ribeirão Preto e completar 21 provas em sete etapas, a Mitsubishi Cup finaliza o ano com chave de ouro.

L200 Triton RS – A categoria mais competitiva da Mitsubishi Cup teve seu título definido em Ribeirão Preto. Na L200 Triton RS os carros são idênticos e o que difere é a performance dos pilotos e navegadores. Com apenas um ponto de vantagem, Reinaldo Varela e Eduardo Bambi travaram uma “luta” emocionante com Cristian Baumgart e Beco Andreotti até a terceira prova do dia. Mas Varela e Bampi venceram a etapa e levaram a melhor. “Não imaginávamos que o título ficaria para a última prova da última etapa e ganhamos por um segundo. Andei tudo o que sabia. Era o único título que faltava na minha carreira”, comemora o veterano piloto Varela. “Do jeito que veio este título, ficamos com os nervos a flor da pele até o final. Foi emocionante, complicado mas valeu a pena, porque andamos no limite sempre”, finaliza Bampi.

Os bicampeões 2009/2010 da categoria não venceram por pouco e ficaram com o vice-campeonato. “Rali é rali e não é sempre que conseguimos fazer o melhor, não foi desta vez, foi muito bom o ano, mas adiamos o tricampeonato. 2012 vai ser mais acirrado e todos têm condições de ganhar”, explicou Baumgart. “Batemos na trave, viemos buscar o título, nem sempre se ganha. Vamos levantar a cabeça e aprender com a derrota e ano que vem voltaremos com força”, diz o navegador Andreotti.

L200 Triton RS Handycap – “O primeiro título num campeonato de rali não tem preço, nunca vou me esquecer. O aprendizado foi ótimo e fomos muito regulares ao longo do ano, ainda mais nesta categoria tão disputada e especial”, diz o piloto Fábio Prada Ferreira ao lado do navegador Edgar Fabre, que diz: “Foi muito bom ganhar, porque pude ajudar com minha experiência. Uma vitória sempre tem um gosto especial.”

L200 RS – Com quatro vitórias em sete etapas, o catarinense Peterson Silva de Oliveira e o paranaense Gilson Rocha garantiram o campeonato. “Este título foi suado e veio a partir da evolução do nosso trabalho. Não é fácil ser campeão da Mitsubishi Cup, um campeonato com provas rápidas, técnicas e muito competitivas”, avalia Peterson. “Primamos por uma regularidade, não forçamos resultados, tivemos sorte e andamos rápido o suficiente para garantir o campeonato”, diz o navegador.

“Disputamos até a última etapa o título e isto é muito bom. Foi um dos anos mais competitivos e estar entre os cinco primeiros é uma vitória também”, destaca o piloto vice-campeão João Carlos Cardoso. “Antes de ser uma competição, é uma grande confraternização, isto aqui é uma grande família”, comenta Sidnei Broering.

PajeroTR4 ER – Invicta nas sete etapas, a dupla de Curitiba Carlos Henrique Scheffer JR e Rafael Malucelli só confirmou o que estava decidido na etapa anterior: venceram as três provas do dia e levaram o título. “É meu primeiro título e foi uma temporada intocável, com poucos erros que garantiram a vitória. Acreditamos no novo carro e na nova categoria “, afirma o piloto Scheffer. O navegador comemorou mais um troféu. “Acho que foi um título inédito na Mitsubishi Cup com sete vitórias e ainda vencemos 19 provas do ano. Foi espetacular, focamos, lutamos e vencemos”, completa o navegador. Rodrigo Menberg e João Carlos Fugimoto são os vice-campeões, após uma disputa bem equilibrada, ao longo do ano, com a dupla vencedora.

 PajeroTR4 ER Light – A dupla de Juiz de Fora, Marcelo Emreick Mendes e Weidner Moreira, conquistou o título somente na etapa final que teve forte emoções. “Tem um gosto incomparável o meu primeiro título, ainda mais num campeonato tão bem organizado e de alto nível como este”, elogia o piloto Mendes. “Sempre almejei este título, estou realizado porque aqui a competitividade é enorme e é um título que qualquer piloto e navegador quer conquistar”, ressaltou Weidner.

Rafael Cassol e Rodrigo Mello foram os vice-campeões. “Agradeço todos os dias por ter a oportunidade de participar disto aqui, é um campeonato que amo. Rali é um acúmulo de experiência, no meu segundo ano, evolui muito como piloto, tanto que cheguei aqui”, diz o jovem Cassol. “Foi uma surpresa, mas muito gratificante este vice-campeonato, são 12 anos de Mitsubishi Cup e fico feliz em trazer e ajudar novas gerações de pilotos para cá”, afirma Mello.

Pajero TR4R Light – Os catarinenses Gustavo Gugelmin e Marcos Panstein venceram a sétima etapa e só comemoraram o título, já garantido em Mogi Guaçu. “Entramos como estreantes e nos surpreendemos com um ano tão produtivo. Foi importante ser a dupla mais rápida na categoria em 17 provas”, explica o navegador, enquanto o piloto estreante vibrava com o resultado. “É muita felicidade. Este título é um conjunto da garra de querer vencer, da torcida familiar e estou feliz com o meu primeiro título na minha estreia como piloto”, finaliza Gugelmin.

Os vice-campeões foram Renato Kahn e Gilze Araújo. “Foi um campeonato bem difícil e este segundo lugar não caiu do céu, foi uma conquista bem suada e a Mitsubishi Cup só tem evoluído”, afirma Kahn, enquanto a navegadora Gilze diz: “Ficar em segundo é quase perfeito, ainda mais num campeonato sério e delicioso como este, onde temos tantos amigos.”

Com 12 anos de tradição, a Mitsubishi Cup reúne competitividade, circuito exclusivo e infraestrutura diferenciada, além de ser uma das maiores premiações do automobilismo brasileiro, foram cerca de R$ 570 mil distribuídos ao final das sete etapas.

A Mitsubishi Cup tem patrocínio do Itaú, Gol Linhas Aéreas, Castrol, Pirelli, Magneti Marelli, Transzero, Mira, Mapfre, Daslu Homem e Artfix. Mais informações no www.mitsubishimotors.com.br

  Classificação Geral Campeonato (com descartes) – Campeões 2011

Categoria L200 Triton RS

1º Reinaldo Varela / Edu Bambi – São Paulo (SP) – 215 pontos

2º Cristian Baumgart / Beco Andreotti – São Paulo (SP) – 215 pontos

3º Marcos Cassol / Luis Felipe Eckel – Goiânia (GO) – 208 pontos

4º Marcos Baumgart / Kleber Cincea-São Paulo (SP) – 199 pontos

5º Augusto Soares / Rafael Capoani – Caxias do Sul (RS) – 169 pontos

 

Categoria L200 Triton RS Handycap

1º Fabio Prada Ferreira / Edgar Fabre – São Paulo (SP) – 212 pontos

2º Rodrigo Terpins / Kaique Bentivoglio – São Paulo (SP) – 204 pontos

3º Michel Terpins / Sven Borries – São Paulo (SP) – 179 pontos

4º Augusto Soares / Rafael Capoani – Caxias do Sul (RS) – 176 pontos

5º Marcelo Christiansen / Carlos Eduardo Sachs – São Paulo (SP) – 159 pontos

 

Categoria L200 RS

1º Peterson Silva De Oliveira / Gilson Rocga – Tubarão (SP) – 217 pontos

2º João C. Narciso da Silva Cardoso / Sidinei Broering – Curitiba (PR) -213 pontos

3º Rodrigo Rezende Leis / Ronald Rezende Leis – Niterói (RJ) – 171 pontos

4º Edu Piano / Solon Mendes – Tatui (SP) -167 pontos

5º Regis Braga Maia / Rogério Almeida – Lauro de Freitas (BA) – 160 pontos

 

Categoria Pajero TR4 ER

1º Carlos Henrique Scheffer Jr / Rafael Malucelli – Curitiba (PR) – 225 pontos

2º Rodrigo Menberg /João Carlos K. Fugimoto Santana do Parnaíba (SP) -209 pontos

3º Henry Grosskopf / Gunnar Dums – São Bento Sul (SC) – 199 pontos

4º Eder Benito / Dalmo Bergantin – Indaiatuba (SP) -194 pontos

5º Yuri Alexander de O. Afonso / Flávio Marinho França – Natal (RN) -163 pontos

 

Categoria Pajero TR4 ER Light

1º Marcelo Emreick Mendes / Weidner Moreira – Juiz de Fora (MG) – 214 pontos

2º Rafael Martins Cassol /Lelio V. Carneiro Jr – Rio Verde (GO) – 210 pontos

3º Glaucio Vanderlinde / Idali Bosse – Mafra (SC) – 197 pontos

4º Albano dos S. Parente Jr / João G. Ferreira Joca – Rio de Janeiro (RJ) -188 pontos

5º Alessandro Cesar Tozoni / Fabio Peralli – Jundiaí (SP) – 174 pontos

 

Categoria Pajero TR4R Light

1º Gustavo Souza Gugelmin / Marcos Maia Panstein – Lages (SC) – 210 pontos

2º Renato Kahn / Gilze Ferreira de Araujo – São Paulo (SP) – 193 pontos

3º Carlos Roberto Girolla / Gilberto Cecilio Jr -189 pontos

4º Nadimir Kayser De Oliveira / Felipe Bianchini de Oliveira – Brasília (DF) – 181 pontos

5º Vilson Thomas / Willian Thomas – Brasilia (DF) – 153 pontos

 

 Classificação 7ª Etapa Mitsubishi Cup – Ribeirão Preto (SP)

 

Categoria L200 Triton RS

1º Reinaldo Varela / Edu Bampi – São Paulo (SP) – 42 pontos

2º Marcos Cassol / Luis Felipe – Rio Verde (SP) – 42 pontos

3º Juliano Diener / Vitor Muench – São Bento do Sul (SC) – 37 pontos

 

Categoria L200 Triton RS Handycap

1º Rodrigo Terpins / Kaique Bentivoglio – São Paulo (SP) – 41 pontos

2º Fábio Prada Ferreira / Edgar Fabre – São Paulo (SP) – 38 pontos

3º Michel Terpins / Sven Borries – São Paulo (SP) – 33 pontos

 

Categoria L200 RS

1º Peterson Silva De Oliveira / Gilson Rocha – Tubarão (SC) – 43 pontos

2º João Carlos Narciso da S.Cardoso / Sidinei Broering – Curitiba (PR) – 38 pontos

3º Angelo R. Guazelli / Ewerton Khoury de Silva – Poços de Caldas (MG) – 38 pontos

 

Categoria Pajero TR4 ER

1º Carlos Henrique Scheffer Jr / Rafael Malucelli – Curitiba (PR) – 45 pontos

2º Eder Benito / Dalmo Bergantin – Indaiatuba (SP) – 41 pontos

3º Henry Grosskopf / Gunnar Dums – São Bento do Sul (SC) – 40 pontos

 

Categoria Pajero TR4 ER Light

1º Rafael Martins Cassol / Lélio Vieira Carneiro Jr – Rio Verde (GO) – 42 pontos

2º Luiz Fernado Zarpellon / Daniel Vosnika – Irati (SC) – 39 pontos

3º Felipe Ewerton Cesar Silva / Rodrigo Mello – Brasília (DF) – 39 pontos

 

Categoria Pajero TR4R

1º Gustavo Souza Gugelmin / Marcos Maia Panstein – Lages (SC)-45 pontos

2º Dimitris Antonio Rusezyk Jr. / Giulian Telma – Rio Negrinho – (SC) -42pontos

3º Renato Kahn / Gilze Ferreira de Araujo – São Paulo (SP) -36 pontos

 

Texto: site Mitsubishi


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.