18 out 2011

Sorteio define que Tupi joga a primeira em casa. Anapolina bate Tocantinópolis e fica com a vaga. Será?



Rio de Janeiro (RJ), 18 de outubro de 2011

O Tupi vai fazer o primeiro jogo em casa, no próximo dia 26, quarta-feira, na terceira fase da Série D. O jogo de volta, contra Anapolina (GO) ou Villa Nova (MG) será no campo do adversário, no dia 30. O sorteio dos mandos de campo foi realizado na tarde desta terça-feira, 18, na sede da CBF.

Veja abaixo, na íntegra, o texto publicado no portal da CBF:

“A Diretoria de Competições da CBF procedeu nesta terça-feira ao sorteio do mando de campo das terceira e quarta fases do Campeonato Brasileiro da Série D 2011.

No Grupo C3 (3ª fase), que terá os jogos nos dias 26 e 30 de outubro, o sorteio apontou como mandante no primeiro jogo o Tupi, que terá como adversário o vencedor do confronto entre Anapolina e Villa Nova.

No Grupo D2 (4ª fase), que terá os jogos nos dias 2 e 6 de novembro, o sorteio apontou como mandante no primeiro jogo o Oeste, que terá como adversário o primeiro colocado do Grupo C3.

A Diretoria de Competições divulga também a tabela das segunda, terceira e quarta fases. Anapolina x Villa Nova em Anápolis será nesta quinta-feira, 20, às 20h30, com arbitragem de Célio Amorim (SC). Villa Nova x Anapolina em Nova Lima, o jogo da volta, está marcado para domingo, 23, às 17h, tendo como árbitro Péricles Bassols Cortez (RJ)

Goleada e vaga

Em jogo remarcado pela CBF atendendo solicitação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Anapolina goleou por 6 a 1 o Tocantinópolis (TO) e com este resultado ficou com a segunda vaga do grupo do Tupi na fase de classificação da Série D do Campeonato Brasileiro. O primeiro tempo terminou 4 a 0. Na etapa final, o quinto gol foi marcado aos 12. O Tocantinópolis diminuiu aos 26 mas a “Xata” voltou a marcar aos 31 minutos, fechando a goleada em 6 a 1.

Veja também: Santa Cruz, Cuiabá e Oeste já trocaram de letra

Se o calendário divulgado pela CBF na semana passada for cumprido – há informações extra-oficiais que o Itumbiara vai recorrer judicialmente, agora o Anapolina será o adversário do Villa Nova, de Nova Lima, em duas partidas. Quem se sair melhor entre Anapolina e Villa Nova enfrenta o Tupi, prejudicado com a confusão e sem atuar desde que venceu o Volta Redonda por 4 a 2 numa classificação histórica, em 1º de outubro, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Se o Itumbiara não conseguir paralisar novamente a disputa no Tapetão, o Tupi enfrentará Anapolina ou Villa Nova em duas partidas, nos próximos dias 26 e 30.

O que aumenta a preocupação dos dirigentes e torcedores do Tupi é que nesta segunda-feira o Rio Branco, do Acre, conseguiu reverter na Justiça Comum uma decisão do STJD, que havia excluído o clube da Série C.

Agora, portanto, há duas perguntas que não querem calar. A primeira: não era proibido um clube entrar na Justiça Comum? E a segunda: e se o Itumbiara entrar na Justiça Comum para reverter a decisão do STJD, que determinou a realização desta nova partida? Afinal, agora o Itumbiara perdeu a vaga.

“O Tupi teme, sim, pela continuidade da competição”, admitiu ao blog, na noite desta segunda-feira, após as novas informações, o vice-presidente carijó, o médico José Roberto Maranhas. “Se um clube da Série C consegue reverter uma decisão na Justiça Comum, olha o precedente que foi aberto. O que vai impedir o Itumbiara de tentar a mesma coisa?”, questiona.

Aparentemente, na boca do povo, o time de Tocantins entrou em campo motivada com um prêmio de R$ 5 mil para cada jogador para evitar que a Anapolina pudesse marcar mais de quatro gols, que lhe daria a vaga na segunda fase. O prêmio viria do Itumbiara, o interessado direto nesta definição.

O time entrou com cinco jogadores que participaram do “cai-cai” e sem o técnico Pedro Mendes substituído por Neto, do time Sub-18, um ex-jogador da região.

“Viemos para cumprir a determinação da CBF. Não treinamos nenhum segundo. A diretoria dispensou os jogadores após aquele jogo adiado, então, estamos usando muitos juniores”, declarou Neto, antes do jogo.

O primeiro jogo entre a Rubra goiana e o Villa Nova será nesta quinta-feira, em Anápolis, e o jogo de volta será já neste domingo, em Nova Lima. Quem passar pega o Tupi, e deste confronto sai o adversário do Oeste-SP nas semifinais da Série D.

 Anapolina 6 x 1 Tocantinópolis

Local: Estádio Jonas Duarte, em Anápolis (GO)

Renda: R$ 22.810,00

Público: 3.971 pagantes

Árbitro: José de Caldas Souza (DF)

Assistentes: Ciro Junqueira (DF) e Benevides de Souza (DF)

Cartões amarelos: Gustavo e Ricardo Henrique (Tocantinópolis) e Cleiton (Anapolina)

Gols: André Luis, aos 32seg/1T, Valdânis 27’/1T, Juliano, aos 31’/1T, Alexandre Potita 33’/1T, Cleiton, aos 13’/2T e aos 31’/2T (Anapolina). Têti, aos 26’/2T (Tocantinópolis).

Anapolina: Edinho; Edson, Flávio, André Luís (Celso) e Jadilson; Dudu, Paulo Foiane e Juliano (Cleiton); Nonato, Alexandre Potita (Ismael Santos) e Valdânis. Técnico: Nivaldo Lancuno

Tocantinópolis: Régis; Gustavo (Júlio César), Ricardo Henrique, Anderson Rosa (Murilo) e Macedo; Robert, Uarnim (Vandinho), Carlinhos e Gil Bala; Raikard e Têti. Técnico: Neto.

  Série C: Rio Branco vence na Justiça Comum 

Parece que o imbróglio sobre a exclusão do Rio Branco-AC do Campeonato Brasileiro da Série C chegou ao fim. Após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), deliberar pela exclusão do time acreano do campeonato, o Poder Judiciário do Rio de Janeiro determinou, nesta segunda-feira, que o time seja reintegrado, no lugar do Luverdense-MT.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acatou a decisão judicial e confirmou, em seu site oficial, o comunicado sobre a volta do Rio Branco à Série C. Se a entidade máxima do futebol brasileiro não tivesse acatada a decisão, teria que arcar com uma multa diária de R$ 10 mil.

Com a decisão da CBF, a tabela da Série C anterior a toda a essa novela volta a valer e o jogo entre Luverdense e CRB, marcado para próxima quarta-feira, está cancelado. O time matogrossense também deverá apelar para a justiça comum, para reverter a situação.

 Entenda o caso

Os acreanos alegam que a decisão do STJD em excluir o Rio Branco viola artigos presentes na Constituição Federal, já o resultado final não é de exclusividade da Justiça Desportiva. Além disso, Rio Branco alega que quem entrou na Justiça Comum ainda na primeira fase para que o mesmo atuasse na Arena da Floresta foi a Federação local, e não o próprio clube, como vem sendo discutido.

Tal decisão também volta a mudar um rebaixamento na competição. No lugar do Rio Branco, que excluído havia sido “devolvido” à Série D, agora quem cai é o Araguaína. Fato é que os cartolas acreanos estão se aproveitando na força política nos bastidores para fazer do Brasileiro um verdadeiro “circo”.

O Luverdense, lutando por seus direitos, promete não deixar barato e já afirmou que acredita na Justiça e nas leis brasileiras.

  Goleada do Joinville coloca o Ipatinga na Série B

O Joinville goleou o Brasiliense, por 4 a 1, nesta segunda-feira à tarde, em Taguatinga (DF) e definiu os dois primeiros acessos dentro do Campeonato Brasileiro da Série C. Um deles é o próprio Joinville, líder isolado do Grupo F, com 10 pontos. O vice-líder Ipatinga, com nove pontos, também está garantido, com duas rodadas de antecedência, na Série B em 2012. Eles não podem mais ser alcançados por Chapecoense, com dois, e Brasiliense, com um.

O que chamou a atenção é que justamente o chamado “grupo da morte” foi definido rapidamente. Os quatro times eram considerados fortes. As duas próximas rodadas servirão apenas para definir o líder do grupo que vai decidir o título da temporada contra o líder do Grupo E.

Neste último jogo da quarta rodada da segunda fase, o Brasiliense precisava vencer de todo jeito. Tanto que tentou ser agressivos, mas acabou sendo vítima da velocidade e dos contragolpes do time catarinense que marcou com Raphael, contra, Ronaldo Capixaba (2) e Lima. O experiente Ruy fez o gol do time candango.

 Texto com informações do site www.futebolinterior.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.