18 out 2011

Sorteio define que Tupi joga a primeira em casa. Anapolina bate Tocantinópolis e fica com a vaga. Será?



Rio de Janeiro (RJ), 18 de outubro de 2011

O Tupi vai fazer o primeiro jogo em casa, no próximo dia 26, quarta-feira, na terceira fase da Série D. O jogo de volta, contra Anapolina (GO) ou Villa Nova (MG) será no campo do adversário, no dia 30. O sorteio dos mandos de campo foi realizado na tarde desta terça-feira, 18, na sede da CBF.

Veja abaixo, na íntegra, o texto publicado no portal da CBF:

“A Diretoria de Competições da CBF procedeu nesta terça-feira ao sorteio do mando de campo das terceira e quarta fases do Campeonato Brasileiro da Série D 2011.

No Grupo C3 (3ª fase), que terá os jogos nos dias 26 e 30 de outubro, o sorteio apontou como mandante no primeiro jogo o Tupi, que terá como adversário o vencedor do confronto entre Anapolina e Villa Nova.

No Grupo D2 (4ª fase), que terá os jogos nos dias 2 e 6 de novembro, o sorteio apontou como mandante no primeiro jogo o Oeste, que terá como adversário o primeiro colocado do Grupo C3.

A Diretoria de Competições divulga também a tabela das segunda, terceira e quarta fases. Anapolina x Villa Nova em Anápolis será nesta quinta-feira, 20, às 20h30, com arbitragem de Célio Amorim (SC). Villa Nova x Anapolina em Nova Lima, o jogo da volta, está marcado para domingo, 23, às 17h, tendo como árbitro Péricles Bassols Cortez (RJ)

Goleada e vaga

Em jogo remarcado pela CBF atendendo solicitação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Anapolina goleou por 6 a 1 o Tocantinópolis (TO) e com este resultado ficou com a segunda vaga do grupo do Tupi na fase de classificação da Série D do Campeonato Brasileiro. O primeiro tempo terminou 4 a 0. Na etapa final, o quinto gol foi marcado aos 12. O Tocantinópolis diminuiu aos 26 mas a “Xata” voltou a marcar aos 31 minutos, fechando a goleada em 6 a 1.

Veja também: Santa Cruz, Cuiabá e Oeste já trocaram de letra

Se o calendário divulgado pela CBF na semana passada for cumprido – há informações extra-oficiais que o Itumbiara vai recorrer judicialmente, agora o Anapolina será o adversário do Villa Nova, de Nova Lima, em duas partidas. Quem se sair melhor entre Anapolina e Villa Nova enfrenta o Tupi, prejudicado com a confusão e sem atuar desde que venceu o Volta Redonda por 4 a 2 numa classificação histórica, em 1º de outubro, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Se o Itumbiara não conseguir paralisar novamente a disputa no Tapetão, o Tupi enfrentará Anapolina ou Villa Nova em duas partidas, nos próximos dias 26 e 30.

O que aumenta a preocupação dos dirigentes e torcedores do Tupi é que nesta segunda-feira o Rio Branco, do Acre, conseguiu reverter na Justiça Comum uma decisão do STJD, que havia excluído o clube da Série C.

Agora, portanto, há duas perguntas que não querem calar. A primeira: não era proibido um clube entrar na Justiça Comum? E a segunda: e se o Itumbiara entrar na Justiça Comum para reverter a decisão do STJD, que determinou a realização desta nova partida? Afinal, agora o Itumbiara perdeu a vaga.

“O Tupi teme, sim, pela continuidade da competição”, admitiu ao blog, na noite desta segunda-feira, após as novas informações, o vice-presidente carijó, o médico José Roberto Maranhas. “Se um clube da Série C consegue reverter uma decisão na Justiça Comum, olha o precedente que foi aberto. O que vai impedir o Itumbiara de tentar a mesma coisa?”, questiona.

Aparentemente, na boca do povo, o time de Tocantins entrou em campo motivada com um prêmio de R$ 5 mil para cada jogador para evitar que a Anapolina pudesse marcar mais de quatro gols, que lhe daria a vaga na segunda fase. O prêmio viria do Itumbiara, o interessado direto nesta definição.

O time entrou com cinco jogadores que participaram do “cai-cai” e sem o técnico Pedro Mendes substituído por Neto, do time Sub-18, um ex-jogador da região.

“Viemos para cumprir a determinação da CBF. Não treinamos nenhum segundo. A diretoria dispensou os jogadores após aquele jogo adiado, então, estamos usando muitos juniores”, declarou Neto, antes do jogo.

O primeiro jogo entre a Rubra goiana e o Villa Nova será nesta quinta-feira, em Anápolis, e o jogo de volta será já neste domingo, em Nova Lima. Quem passar pega o Tupi, e deste confronto sai o adversário do Oeste-SP nas semifinais da Série D.

 Anapolina 6 x 1 Tocantinópolis

Local: Estádio Jonas Duarte, em Anápolis (GO)

Renda: R$ 22.810,00

Público: 3.971 pagantes

Árbitro: José de Caldas Souza (DF)

Assistentes: Ciro Junqueira (DF) e Benevides de Souza (DF)

Cartões amarelos: Gustavo e Ricardo Henrique (Tocantinópolis) e Cleiton (Anapolina)

Gols: André Luis, aos 32seg/1T, Valdânis 27’/1T, Juliano, aos 31’/1T, Alexandre Potita 33’/1T, Cleiton, aos 13’/2T e aos 31’/2T (Anapolina). Têti, aos 26’/2T (Tocantinópolis).

Anapolina: Edinho; Edson, Flávio, André Luís (Celso) e Jadilson; Dudu, Paulo Foiane e Juliano (Cleiton); Nonato, Alexandre Potita (Ismael Santos) e Valdânis. Técnico: Nivaldo Lancuno

Tocantinópolis: Régis; Gustavo (Júlio César), Ricardo Henrique, Anderson Rosa (Murilo) e Macedo; Robert, Uarnim (Vandinho), Carlinhos e Gil Bala; Raikard e Têti. Técnico: Neto.

  Série C: Rio Branco vence na Justiça Comum 

Parece que o imbróglio sobre a exclusão do Rio Branco-AC do Campeonato Brasileiro da Série C chegou ao fim. Após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), deliberar pela exclusão do time acreano do campeonato, o Poder Judiciário do Rio de Janeiro determinou, nesta segunda-feira, que o time seja reintegrado, no lugar do Luverdense-MT.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acatou a decisão judicial e confirmou, em seu site oficial, o comunicado sobre a volta do Rio Branco à Série C. Se a entidade máxima do futebol brasileiro não tivesse acatada a decisão, teria que arcar com uma multa diária de R$ 10 mil.

Com a decisão da CBF, a tabela da Série C anterior a toda a essa novela volta a valer e o jogo entre Luverdense e CRB, marcado para próxima quarta-feira, está cancelado. O time matogrossense também deverá apelar para a justiça comum, para reverter a situação.

 Entenda o caso

Os acreanos alegam que a decisão do STJD em excluir o Rio Branco viola artigos presentes na Constituição Federal, já o resultado final não é de exclusividade da Justiça Desportiva. Além disso, Rio Branco alega que quem entrou na Justiça Comum ainda na primeira fase para que o mesmo atuasse na Arena da Floresta foi a Federação local, e não o próprio clube, como vem sendo discutido.

Tal decisão também volta a mudar um rebaixamento na competição. No lugar do Rio Branco, que excluído havia sido “devolvido” à Série D, agora quem cai é o Araguaína. Fato é que os cartolas acreanos estão se aproveitando na força política nos bastidores para fazer do Brasileiro um verdadeiro “circo”.

O Luverdense, lutando por seus direitos, promete não deixar barato e já afirmou que acredita na Justiça e nas leis brasileiras.

  Goleada do Joinville coloca o Ipatinga na Série B

O Joinville goleou o Brasiliense, por 4 a 1, nesta segunda-feira à tarde, em Taguatinga (DF) e definiu os dois primeiros acessos dentro do Campeonato Brasileiro da Série C. Um deles é o próprio Joinville, líder isolado do Grupo F, com 10 pontos. O vice-líder Ipatinga, com nove pontos, também está garantido, com duas rodadas de antecedência, na Série B em 2012. Eles não podem mais ser alcançados por Chapecoense, com dois, e Brasiliense, com um.

O que chamou a atenção é que justamente o chamado “grupo da morte” foi definido rapidamente. Os quatro times eram considerados fortes. As duas próximas rodadas servirão apenas para definir o líder do grupo que vai decidir o título da temporada contra o líder do Grupo E.

Neste último jogo da quarta rodada da segunda fase, o Brasiliense precisava vencer de todo jeito. Tanto que tentou ser agressivos, mas acabou sendo vítima da velocidade e dos contragolpes do time catarinense que marcou com Raphael, contra, Ronaldo Capixaba (2) e Lima. O experiente Ruy fez o gol do time candango.

 Texto com informações do site www.futebolinterior.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse