23 set 2011

Voltaço x Tupi: “É mata-mata, mas com as mesmas regras de sempre”



Volta Redonda (RJ), 24 de setembro de 2011

A delegação do Tupi Futebol Clube está em Volta Redonda (RJ) – onde chegou por 16h deste sábado, 24, – para a partida deste domingo, 25, 16h, contra o time local. É a primeira partida do mata-mata da Série D. Porém, embora com essas características decisivas (conhecidas também como “confronto de 180 minutos”), o técnico do Galo, Ricardo Drubscky, disse aos seus comandados que a equipe não pode perder de vista que “é uma partida de futebol com as mesmas regras de sempre”. Isso quer dizer, na avaliação do treinador Carijó, que o seu time não vai mudar suas características de jogo pensando em regulamento. “Temos uma maneira de jogar, que vem sendo desenvolvida e aplicada ao longo da competição. E não será esquecida em busca de um resultado que nos deixe em situação a ou b no segundo jogo contra o Volta Redonda, em Juiz de Fora”

Para a partida, marcada para o Estádio Raulino de Oliveira, às 16h, o Galo está escalado com Rodrigo (1), Felipe Cordeiro (2), Silvio (4), Wesley Ladeira (3) e Augusto (6); Denilson (5), Marcel (7), Luciano Ratinho (10) e Henrique (8); Allan (11) e Jefferson (9). No banco de reservas, Drubscky terá as seguintes opções: o goleiro Douglas Borges (12), o zagueiro Adalberto (13), o lateral-direito Marquinhos (14), o volante Assis (15), o meio-campista Vitinho (16) e os atacantes Dennis (17) e Chrys (18).

De acordo com a imprensa local, o Volta Redonda, do técnico Dário Lourenço, deve jogar com Mauro; Rodrigo, André Alves, Fernando Lombardi e Thiago Costa; Jonilson (Leandro Paraná), Léo, Donizete e Glauber; Luizinho e Vinicius Mineiro.

Vários nomes do Voltaço são conhecidos do torcedor que acompanha o futebol carioca. O treinador Dário Lourenço foi vice-campeão estadual no Rio com o Volta Redonda em 2005. Jonilson já defendeu grandes clubes do Rio e Glauber foi, entre outros, jogador do Botafogo.

Volta Redonda x Tupi será conduzido por um trio de arbitragem do Espírito Santo: Marcos André Penha, José Maciel Linhares e Vanderson Zenotti.

Titulares venceram por 5 a 0 no treino desta sexta, no Estádio Mário Helênio

O atacante Allan chegou (na manhã desta quinta-feira, 22), treinou (na tarde desta sexta, 23, e está confirmado no time titular que jogo no domingo, 25, em Volta Redonda (RJ), na abertura da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. No coletivo, disputado no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, o “xodó” da torcida mostrou serviço e marcou, de cabeça, um dos gols do time considerado principal – Luciano Ratinho (2) e Jefferson (2 – sendo um de penâlti) marcaram os outros tentos da vitória por 5 a 0.

Jefferson, a propósito – que entrou muito bem no intervalo da partida contra o Itumbiara – será o substituto de Ademilson, que nem viaja para a Cidade do Aço, em razão da contusão no joelho direito. O restante da equipe é a mesma que conseguiu a classificação para a segunda fase, com o retorno do zagueiro Sílvio, após cumprir suspensão automática.

Dessa forma, o técnico Ricardo Drubscky deve mandar a campo Rodrigo, Felipe Cordeiro, Silvio, Wesley Ladeira e Augusto; Denilson. Marcel, Luciano Ratinho e Henrique; Allan e Jefferson.

Drubscky já utilizou 21 jogadores

Com um elenco homogêneo nas mãos (onde, segundo palavras do próprio treinador, há 20 atletas em condições de ser titular) o técnico do Tupi, Ricardo Drubscky já utilizou 21 jogadores, nos oito jogos da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O Galo tem, em seu plantel oficial para a competição, 28 inscritos – e apenas os goleiros Douglas Borges e Victor Hugo (do time de juniores), os zagueiros Alisson, Neguete e Douglas Costa (também integrante do Galinho), o volante Lucas Silva e o atacante Allan (contratado na quinta-feira) ainda não entraram em campo.

Entre esses 21 atletas destaque para o goleiro Rodrigo e o lateral-esquerdo/meio-campista Augusto, que jogaram todas as oito partidas como titular. O meio-campista Henrique e o lateral-esquerdo/meio-campista também atuaram em todos os confrontos, mas apenas em seis (Henrique) e cinco (Michel) jogos como titular – nas demais eles entraram no decorrer da partida.

Na primeira fase – quatro vitórias, dois empates e duas derrotas – o Galo fez 10 gols (através de Luciano Ratinho – 4 vezes -, Cassiano, Augusto, Vitinho, Ademilson, Dennis e Chrys) e levou oito. Dois atletas foram expulsos de campo (Wesley Ladeira e Vitinho) e 11 advertidos com cartão amarelo: Luciano Ratinho (quatro vezes), Felipe Cordeiro e Silvio (três), Assis (dois), e Nando, Cassiano, Denilson, Augusto, Wesley Ladeira, Vitinho e Chrys.

 Texto e fotos: assessoria de imprensa do Tupi


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

11 fev 2018
Tupi termina a rodada em nono. Leão e jogadores destacam entrega

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse