23 set 2011

Voltaço x Tupi: “É mata-mata, mas com as mesmas regras de sempre”



Volta Redonda (RJ), 24 de setembro de 2011

A delegação do Tupi Futebol Clube está em Volta Redonda (RJ) – onde chegou por 16h deste sábado, 24, – para a partida deste domingo, 25, 16h, contra o time local. É a primeira partida do mata-mata da Série D. Porém, embora com essas características decisivas (conhecidas também como “confronto de 180 minutos”), o técnico do Galo, Ricardo Drubscky, disse aos seus comandados que a equipe não pode perder de vista que “é uma partida de futebol com as mesmas regras de sempre”. Isso quer dizer, na avaliação do treinador Carijó, que o seu time não vai mudar suas características de jogo pensando em regulamento. “Temos uma maneira de jogar, que vem sendo desenvolvida e aplicada ao longo da competição. E não será esquecida em busca de um resultado que nos deixe em situação a ou b no segundo jogo contra o Volta Redonda, em Juiz de Fora”

Para a partida, marcada para o Estádio Raulino de Oliveira, às 16h, o Galo está escalado com Rodrigo (1), Felipe Cordeiro (2), Silvio (4), Wesley Ladeira (3) e Augusto (6); Denilson (5), Marcel (7), Luciano Ratinho (10) e Henrique (8); Allan (11) e Jefferson (9). No banco de reservas, Drubscky terá as seguintes opções: o goleiro Douglas Borges (12), o zagueiro Adalberto (13), o lateral-direito Marquinhos (14), o volante Assis (15), o meio-campista Vitinho (16) e os atacantes Dennis (17) e Chrys (18).

De acordo com a imprensa local, o Volta Redonda, do técnico Dário Lourenço, deve jogar com Mauro; Rodrigo, André Alves, Fernando Lombardi e Thiago Costa; Jonilson (Leandro Paraná), Léo, Donizete e Glauber; Luizinho e Vinicius Mineiro.

Vários nomes do Voltaço são conhecidos do torcedor que acompanha o futebol carioca. O treinador Dário Lourenço foi vice-campeão estadual no Rio com o Volta Redonda em 2005. Jonilson já defendeu grandes clubes do Rio e Glauber foi, entre outros, jogador do Botafogo.

Volta Redonda x Tupi será conduzido por um trio de arbitragem do Espírito Santo: Marcos André Penha, José Maciel Linhares e Vanderson Zenotti.

Titulares venceram por 5 a 0 no treino desta sexta, no Estádio Mário Helênio

O atacante Allan chegou (na manhã desta quinta-feira, 22), treinou (na tarde desta sexta, 23, e está confirmado no time titular que jogo no domingo, 25, em Volta Redonda (RJ), na abertura da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. No coletivo, disputado no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, o “xodó” da torcida mostrou serviço e marcou, de cabeça, um dos gols do time considerado principal – Luciano Ratinho (2) e Jefferson (2 – sendo um de penâlti) marcaram os outros tentos da vitória por 5 a 0.

Jefferson, a propósito – que entrou muito bem no intervalo da partida contra o Itumbiara – será o substituto de Ademilson, que nem viaja para a Cidade do Aço, em razão da contusão no joelho direito. O restante da equipe é a mesma que conseguiu a classificação para a segunda fase, com o retorno do zagueiro Sílvio, após cumprir suspensão automática.

Dessa forma, o técnico Ricardo Drubscky deve mandar a campo Rodrigo, Felipe Cordeiro, Silvio, Wesley Ladeira e Augusto; Denilson. Marcel, Luciano Ratinho e Henrique; Allan e Jefferson.

Drubscky já utilizou 21 jogadores

Com um elenco homogêneo nas mãos (onde, segundo palavras do próprio treinador, há 20 atletas em condições de ser titular) o técnico do Tupi, Ricardo Drubscky já utilizou 21 jogadores, nos oito jogos da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O Galo tem, em seu plantel oficial para a competição, 28 inscritos – e apenas os goleiros Douglas Borges e Victor Hugo (do time de juniores), os zagueiros Alisson, Neguete e Douglas Costa (também integrante do Galinho), o volante Lucas Silva e o atacante Allan (contratado na quinta-feira) ainda não entraram em campo.

Entre esses 21 atletas destaque para o goleiro Rodrigo e o lateral-esquerdo/meio-campista Augusto, que jogaram todas as oito partidas como titular. O meio-campista Henrique e o lateral-esquerdo/meio-campista também atuaram em todos os confrontos, mas apenas em seis (Henrique) e cinco (Michel) jogos como titular – nas demais eles entraram no decorrer da partida.

Na primeira fase – quatro vitórias, dois empates e duas derrotas – o Galo fez 10 gols (através de Luciano Ratinho – 4 vezes -, Cassiano, Augusto, Vitinho, Ademilson, Dennis e Chrys) e levou oito. Dois atletas foram expulsos de campo (Wesley Ladeira e Vitinho) e 11 advertidos com cartão amarelo: Luciano Ratinho (quatro vezes), Felipe Cordeiro e Silvio (três), Assis (dois), e Nando, Cassiano, Denilson, Augusto, Wesley Ladeira, Vitinho e Chrys.

 Texto e fotos: assessoria de imprensa do Tupi


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

23 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 6

21 abr 2018
Gol de Adê, 43 anos, aos 43 minutos! Baeta vence e sobe

19 abr 2018
Baeta confiante para buscar o “combo”: vitória, acesso e vaga na final

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.