22 ago 2011

Leonardo, vice nos Sertões: “É pedreira total. Último dia não tinha fim”



Fortaleza (CE), 22 de agosto de 2011

“Este foi o dia mais longo do rali dos Rally dos Sertões 2011. Apesar da especial ser a mais curta, para mim ela não tinha fim”, expressou o piloto Leonardo Vieira, sobre sua tensão e ansiedade para terminar o 19º Rally dos Sertões, o primeiro de sua carreira. “Para quem queria apenas completar a prova, terminá-la como vice-campeão é bom demais. Supera qualquer expectativa”. A 10ª e última etapa teve 271 quilômetros e partiu da cidade de Sobral, CE, com apenas 86 quilômetros de trecho cronometrado.

Mineiro de Juiz de Fora, o piloto disputou o título na categoria Quadriciclos a bordo de um Honda TRX 700, e acumulou ao longo dos dez dias de disputas o tempo de 43 horas 27 minutos e 03 segundos. De Goiânia, GO, a Caucaia, CE, pilotos e navegadores de motos, quadriciclos, carros e caminhões percorreram 4.041 quilômetros que atravessaram os Estados de Goiás, Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará.

“Só quem já fez um Rally dos Sertões sabe o que isso significa. É impossível descrever a sensação de passar pelo pórtico de chegada; quanto mais ser o segundo a passar por ele”, expressou o competidor, que representou muito bem a Prominas ATV Racing.

Vieira assumiu que tinha outra impressão do Rally dos Sertões. “Imaginava ser um rali mais liso e menos difícil. Mas é pedreira total, com muito trial e obstáculos que judiaram demais dos equipamentos”, confessou ele, que por conta de um pneu furado não conseguiu completar a 3ª etapa, e se distanciou do título. “É o verdadeiro ‘se’. Se não fosse este contratempo, certamente teríamos brigado mais de perto pela vitória do Sertões. Ainda assim, saio daqui mais experiente e realizado”, comentou o piloto, afirmando que preparo físico é fundamental para encarar estes difíceis dias, acelerando por trilhas e estradas de terras do sertão brasileiro.

Os outros dois integrantes da Prominas ATV Racing abandonaram o rali. Bruno Sperancini sofreu um acidente logo na primeira etapa, e teve uma fratura no braço, com rompimento dos tendões. E Charles Ercirio da Silva se despediu na 6ª etapa por problemas mecânicos.

Após sobreviver a todas as armadilhas do 19º Rally dos Sertões, Vieira não continha a alegria. “Só tenho a dizer que foi emocionante, tanto pelo visual, como pelas características de um certame como este. Lutei dia após dia, e cresci na disputa. Um novato que certamente incomodou os mais experientes”, disse ele, agradecendo aos seus patrocinadores. “Sem a confiança e parceria oferecida pelo Grupo Almar, Térmica, TraxTerra, Mendes e Mendes e Cortes Alvim Construtora, este sonho não teria sido possível, agradeceu o piloto.

A Prominas Racing ATV foi patrocinada no Rally dos Sertões por Prominas – Projetos e Serviços de Mineração, Minesight e naCerta Grafica Rápida.

Classificação Final – Quadriciclos

1º Tom Rosa, 39h 59min13

2º Leonardo Vieira, 43h 27min03

3º José Demontier Moura, 43h 44min02

4º Márcio Oliveira, 58h 17min47

5º André Suguita, 61h 00min01

 Texto: Liberdade de Ideias


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.