16 ago 2011

JEMG: treinador que chamou aluno de burro no pedido de tempo é demitido do colégio



Pouso Alegre (MG), 16 de agosto de 2011

O professor flagrado pela TV Panorama, de Juiz de Fora, durante os Jogos Escolares de Minas Gerais, que, num pedido de tempo, chamou, aos gritos, seu atleta de “burro”, foi demitido do colégio onde trabalhava, em Pouso Alegre. A informação foi divulgada na manhã desta terça-feira, 16, pelo Bom Dia Minas, exibido para todo o estado.

Ele já havia sido punido pela administração dos Jogos, com suspensão por quatro anos de qualquer competição promovida pelo Programa Minas Olímpica/Jogos Escolares de Minas Gerais – JEMG e de competições organizadas pela Secretaria de Esportes e da Juventude – SEEJ e Secretaria de Estado de Educação – SEE.

As imagens da TV Panorama ganharam o estado e depois foram exibidas em rede nacional. Depois de gritar com o aluno e ser expulso pelo árbitro, o técnico deu declarações dizendo que, se ele estava ali, era porque tinha a confiança da direção do colégio e dos pais dos alunos-atletas. Chegou a ironizar, dizendo que, se ele estivesse errado, que teriam que punir também técnicos como Bernardinho, da seleção masculina de vôlei, e Muricy, tetracampeão brasileiro de futebol.

Segundo informações da TV Globo Minas, o colégio entendeu que o comportamento do treinador não foi adequado. Ainda segundo a emissora, ele admitiu, junto à direção da instituição, que houve exagero, mas não deu foi encontrado para dar novas explicações à imprensa.

A questão reacende a discussão: qual o limite no tratamento de um treinador de uma equipe estudantil ao se dirigir aos seus atletas? Ele exagerou mesmo? Ou foi uma reação normal, de quem queria vencer a partida, no calor da disputa? Qual a opinião do leitor do nosso blog? Participe de nossa enquete. Se preferir, envie sua opinião por e-mail, no campo específico ao final deste post, dedicado aos comentários dos leitores.

Você acha que o colégio de Pouso Alegre acertou, ao demitir o treinador que chamou o aluno de burro em pedido de tempo nos JEMG?

Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja o que diz a nota oficial publicada pela coordenação dos JEMG, relativa à punição (medida anterior à decisão do colégio):

NOTA OFICIAL Nº 08/2011

O Coordenador Técnico-Geral do Programa Minas Olímpica/Jogos Escolares de Minas Gerais – JEMG/2011, no uso de suas atribuições, comunica:

Resultado do julgamento da Comissão Disciplinar:

Processo 002/201.

O professor Ricardo Paula Luna, do Colégio São José do município de Pouso Alegre, fica impedido de participar do Programa Minas Olímpica/Jogos Escolares de Minas Gerais – JEMG e de competições organizadas pela Secretaria de Esportes e da Juventude – SEEJ e Secretaria de Estado de Educação – SEE, pelo período de 1440 (um mil quatrocentos e quarenta) dias.

Juiz de Fora, 13 de agosto de 2011.

Professor Gilson Santana Júnior

Professor Emílio Caram Júnior

Coordenador Técnico-Geral do PMO/JEMG/2011

Supervisor Técnico do PMO/JEMG/2011

CREF6/MG 015672-G/MG

CREF6/MG 015829-G/MG


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.