15 jul 2011

Tupi terá três capitães na Série D. Time indefinido para estreia



Juiz de Fora (MG), 15 de julho de 2011

O técnico do Tupi Ricardo Drubscky vai implantar uma espécie de “rodízio” de capitães no Tupi, durante a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. A intenção do comandante Carijó é dar opções de liderança do grupo, tanto dentro de campo, durante as partidas, quanto fora das quatro linhas na interlocução com a diretoria. “Ser capitão é mais que ter a faixa no braço. Com o trio, além de aumentarmos a representatividade vamos nos precaver contra os imprevistos que surgem durante um torneio, como contusões ou suspensão por cartões amarelos”, acredita o treinador.

Os jogadores que vão se revezar na honra de ser o capitão Carijó no campeonato são os mais experientes do grupo: o atacante Ademilson, 36 anos, o meio-campista Luciano Ratinho, 31 e o zagueiro Sílvio, 26 anos.

  Dúvidas: Ademilson, Felipe Cordeiro e Francis

O Tupi realizou, na tarde desta sexta-feira, 15, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, o último coletivo-apronto para a estreia na Série D do Campeonato Brasileiro. Agora, é partir rumo a Itumbiara (a cerca de 950 km de Juiz de Fora), com embarque previsto para às 7h deste sábado (17/07), vencer a ansiedade e começar com o pé direito a competição. “Essa ansiedade é normal, independente do torneio. O importante é que o trabalho foi feito e a expectativa é a melhor possível”, disse o técnico Ricardo Drubscky.

O Galo segue para o interior de Goiás com dúvidas. O centroavante Ademilson foi mais uma vez poupado no treino desta sexta, em razão do incômodo no músculo posterior da coxa direita. E o lateral-direito Felipe Cordeiro deixou a atividade logo no início, depois de disputar uma bola com o atacante Francis. Ele sente dores na região lombar.

Para complicar a situação, o centroavante Dennis ainda não teve a sua situação regularizada pela CBF. Por via das dúvidas, o treinador do Galo testou formações diferentes da que vinha sendo utilizada nos três últimos jogos-treino: utilizando o atacante Cassiano, adiantando Augusto e colocando no time principal mais um volante, no caso Marcel, além de Marquinhos na lateral-direita.

Durante a viagem da delegação Carijó, que será feita de ônibus, o Itumbiara estará em campo (às 16h, em Anápolis – compromisso pela Segunda Divisão do Campeonato Goiano). Para Ricardo Drubscky, essa é o trunfo principal do adversário. “Eles estão em plena atividade, disputando uma competição oficial desde o início de junho. Além disso, eles tem um bom treinador, Roberto Davino, que conhece do assunto e e monta boas equipes”, analisou.o comandante Carijó.

 Informações e foto: Assessoria de Imprensa do Tupi


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 jan 2018
Que fase, Tupi! Reis e Udson, contundidos, não enfrentam o América

22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse