31 jul 2011

Tupi empata com o Gama em 1 a 1 e segue líder da chave



Gama (DF), 2 de agosto de 2011

O Tupi está de volta aos trabalhos. Confira a programação da semana de treinamentos do galo carijó:

Terça-feira, 2 de agosto:

9h – Treino físico, em Santa Terezinha

Quarta-feira, 3 de agosto

15h30 – coletivo, contra o time de juniores, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

Quinta-feira, 4 de agosto

9h – Treino físico, no Instituto Granbery

14h30 – Trabalho de musculação, na Academia Higéia

Sexta-feira, 5 de agosto

9h – Treino tático/técnico, em Santa Terezinha

15h30 – Treino tático/técnico, em Santa Terezinha

Sábado, 6 de agosto

9h – Treino físico em Santa Terezinha

  Empate e liderança

O Tupi conseguiu um bom resultado na tarde/noite deste domingo, 31, ao empatar com o Gama em 1 a 1, no Estádio Bezerrão, em Gama (DF). Willian Sarroá fez o gol do time local, aos 20 minutos do primeiro tempo, acertando um belo chute de fora da área. Na segunda etapa, Luciano Ratinho, aos 16, empatou. Com o resultado – e a vitória do Tocantinópolis sobre o Itumbiara, por 3 a 2 – o Tupi se isolou na liderança do Grupo A5, com cinco pontos, seguido do Anapolina e Tocantinópolis (que têm quatro), Gama, dois, e Itumbiara, que ainda não pontuou. O Galo volta a jogar no dia 13 de agosto, em Juiz de Fora, contra o Anapolina.

No primeiro tempo, a equipe do Tupi foi envolvida pela boa atuação do meio-campista Tallys, que armou as principais jogadas de ataque do Gama, principalmente pela direita, com o lateral-direito Dudu. O gol, no entanto, saiu numa jogada isolada. Na intermediária, Willian Sarroá brigou pela bola e arriscou o chute, vencendo o goleiro Rodrigo. As nelhores chances do Galo também surgiram pela direita em avanços de Felipe Cordeiro ou jogadas de Henrique. Os dois proporcionaram a melhor dessas oportunidade, após tabelarem, mas o goleiro França interceptou bem o chute de Henrique.

No segundo tempo, com a entrada de Cassiano no lugar de Assis, o Tupi passou a atuar no esquema 4.4.2, com o recuo de Augusto para a função de segundo volante. A mexida deu resultado e o Galo chegou ao gol de empate, aos 16 minutos. A jogada começou na cobrança de escanteio. O zagueiro Silvio tentou de cabeça, mas foi Felipe Cordeiro que limpou a jogada e fez novo cruzamento. A bola chegou a Luciano Ratinho na entrada da área, ele – mesmo com vários atletas na área – encaixou a bola no canto inferior direito do goleiro França.

A partir desse gol, a partida ganhou um ritmo frenético, com contra-ataques de parte a parte, mas as defesas atuaram com muito mais eficiência que os ataques. Quando os zagueiros permitiam, os goleiros se mostraram atentos. Destaque, nesse quesito, para Rodrigo, goleiro do Tupi, que fez um verdadeiro milagre numa cabeçada à queima-roupa, de dentro da pequena área, de Willian.

O Tupi jogou com Rodrigo, Felipe Cordeiro, Sílvio, Wesley Ladeira e Michel; Assis (Cassiano), Denilson, Augusto, Luciano Ratinho (Vitinho) e Henrique (Marquinhos); Ademilson. Técnico: Ricardo Drubscky.

O Gama, com França: Badhiuga, André Nunes e Índio; Dudu, Thompson, Didão, Tallys e Edinaldo (Adriano); Wiliam Sarroá e Thiago Félix. Técnico: Adelson de Almeida

O árbitro: Pathrice Maia (RJ), auxiliado por Carlos Emanuel e Luciano Benevides (ambos do DF)

Renda e público: não divulgados

Gols: Willian Sarroá, aos 20 do primeiro tempo; Luciano Ratinho aos 16 do segundo

Cartão amarelo: Luciano Ratinho

    Veja algumas declarações dos jogadores do Tupi após a partida, na transmissão da Rádio Globo. 

“Foi um jogo difícil, não fizemos um bom primeiro tempo, mas no segundo conseguimos nos impor. Agora teremos 15 dias para trabalhar, descansar e buscar a vitória diante da torcida” (zagueiro Sílvio).

“O time deles com três zagueiros soltou os laterais e criou dificuldades no primeiro tempo. No segundo, melhoramos, e acho que o empate ficou de bom tamanho” (lateral Michel)

“Ficamos com a sensação que poderíamos ter saído com a vitória, mas fora de casa foi bom resultado” (goleiro Rodrigo, destaque nos minutos finais com duas grandes defesas).

“Agradeço aos meus familiares e a minha namorada. O gol deles foi uma falha de marcação nossa, mas empate fora de casa é bom também, agora temos 15 dias para treinar e melhorar” (zagueiro Wesley Ladeira, apontado pela equipe da Rádio Globo como destaque do time, ao lado de Rodrigo)

Outros aspectos citados por jogadores e integrantes da Comissão Técnica foi o fato de o atacante Ademilson ter suportado os 90 minutos de partida, mesmo voltando de contusão muscular.

No intervalo, o treinador Ricardo Drubscky reconheceu que na etapa inicial o time não conseguiu “agredir” o adversário. Além de lançar Cassiano na vaga de Assis no intervalo, as outras alterações na etapa final foram após os 30 minutos: Vitinho na vaga de Luciano Ratinho e Maquinhos no lugar de Henrique.

Drubscky: “Resultados fora de casa nos deixam aptos para conseguir classificação”

Ao analisar o empate entre Tupi e Gama (1 a 1 – mais um bom resultado do Galo jogando fora de casa), o técnico Ricardo Drubscky disse que essas boas atuações externas deixam a equipe apta a conseguir a classificação para a segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. “Isso faz com que a equipe sinta uma carga positiva e entre de vez na competição, que é bastante equilibrada e difícil. Essa é a realidade do futebol brasileiro”, afirmou o comandante Carijó.

Para o treinador, a igualdade no placar foi justa. “Não jogamos mal no primeiro tempo, não fugimos do nosso sistema de jogo, mas é fato que não conseguimos ‘agredir’ o adversário. Na segunda etapa, a equipe cresceu e melhorou, conseguindo o gol que nos leva a ter a certeza que estamos no caminho certo”, analisou.

Para Luciano Ratinho, autor do gol do Galo, o empate, aos 16 minutos do segundo tempo, veio no momento certo. “Era a hora. Se passasse mais um pouco poderia complicar nossa situação, pois seria natural acontecer uma certa afobação da nossa parte”. Sobre o resultado em si, o experiente meio-campista comentou: “Foi bom. A Série D é isso, jogos muito equilibrados”.

A delegação Carijó chegou a Juiz de Fora às 5h desta segunda-feira, 1°, depois de um retorno em três etapas: Gama-Brasília (de ônibus), Brasília – Rio de Janeiro (de avião) e Rio de Janeiro-Juiz de Fora (de ônibus).

Informações: Assessoria de Imprensa do Tupi e Rádio Globo Juiz de Fora

Equipe PG J V E D GP GC SG
1  Tupi (MG) 14 8 4 2 2 10 8 2
2  Itumbiara (GO) 13 8 4 1 2 13 10 3
3  Anapolina (GO) 13 8 4 1 3 13 11 2
4  Gama (DF) 9 8 2 3 3 8 9 -1
5  Tocantinópolis (TO) 7 8 2 1 5 10 16 -6
1ª Fase
Data-Hora Resultados Cidade
17/07 16:00    Tocantinópolis 1 x 2 Anapolina   Gurupi
18/07 16:00    Itumbiara 1 x 3 Tupi   Itumbiara
23/07 16:00    Tupi 0 x 0 Tocantinópolis   Juiz de Fora
24/07 16:00    Anapolina 1 x 1 Gama   Anápolis
31/07 17:00    Gama 1 x 1 Tupi   Gama
31/07 16:00    Tocantinópolis 3 x 2 Itumbiara   Gurupi
07/08 17:00    Gama 2 x 1 Tocantinópolis   Gama
07/08 16:00    Anapolina 2 x 3 Itumbiara   Anápolis
13/08 16:00    Tupi 3 x 1 Anapolina   Juiz de Fora
11/08 20:30    Itumbiara 2 x 0 Gama   Itumbiara
21/08 16:00    Tocantinópolis 1 x 3 Gama   Gurupi
28/08 16:00    Anapolina 2 x 1 Tupi   Anápolis
18/08 20:30    Itumbiara 1 x 0 Anapolina   Itumbiara
27/08 18:00    Gama 1 x 1 Itumbiara   Gama
03/09 16:00    Tupi 1 x 0 Gama   Juiz de Fora
01/09 20:30    Itumbiara 3 x 0 Tocantinópolis   Itumbiara
11/09 16:00    Gama 0 x 1 Anapolina   Gama
11/09 16:00    Tocantinópolis 3 x 0 Tupi   Gurupi
18/09 16:00    Anapolina 4 x 1 Tocantinópolis   Anápolis
18/09 16:00    Tupi 1 x 0 Itumbiara   Juiz de Fora

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.