25 maio 2011

Brasil x Argentina em JF: escala rumo ao penta mundial



Rio de Janeiro (RJ), 25 de maio de 2011

Independentemente da idade, a rivalidade entre Brasil e Argentina está aflorada na mente e nos corações dos atletas destes países. Esta disputa estará novamente em jogo no próximo fim de semana, quando as seleções brasileiras juvenis masculinas de Brasil e Argentina estarão frente a frente em Juiz de Fora (MG) para três jogos. Os amistosos serão realizados nos dias 27, 28 e 29 de maio, sempre às 19h, no ginásio de Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Juiz de Fora.

As partidas servem de preparação para a disputa do Campeonato Mundial, a ser disputado no Rio de Janeiro, entre os dias 1º e 10 de agosto. O Brasil é o atual campeão mundial juvenil e lutará pelo quinto título da história (93, 01, 07 e 09).

Na última vez que enfrentou a Argentina, o Brasil saiu vitorioso. Foi no ano passado, quando os times estiveram frente a frente na decisão do Campeonato Sul-Americano da categoria, no Chile. A equipe verde-amarela venceu por 3 sets a 0.

“A rivalidade entre as equipes é grande. A Argentina, junto com o Brasil, representará a América do Sul no Mundial. Por isso e também devido à proximidade entre as equipes, conseguimos fechar estes amistosos. Para o Brasil, serão jogos importantes para começarmos a formar a equipe e dar ritmo de jogo para o grupo”, explica Leonardo de Carvalho, técnico da seleção brasileira juvenil masculina.

O técnico do Brasil utilizará os amistosos para começar a formar a equipe para a disputa do Campeonato Mundial. Em março, Leonardo convocou um grupo de jogadores que não tinha passado ainda pelas seleções de base para fazer testes no Aryzão, o Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema.

Depois, montou um grupo mesclado com jogadores mais experientes e disputou uma série de amistosos na Europa. A equipe, mesmo sem ter sua força máxima, jogou na Eslováquia, na Espanha e na Polônia. Foram sete jogos – duas vitórias e cinco derrotas.

No entanto, o treinador está somente há uma semana com a equipe completa, depois da chegada dos atletas que disputaram a Superliga pelos seus clubes. “Estamos com o time completo desde a última segunda-feira. Fizemos dois jogos treino com a seleção brasileira adulta militar. Apesar de termos perdido as partidas, foram jogos equilibrados”, conta Leonardo.

O técnico tem 17 jogadores à disposição no atual grupo: Ary (oposto), Bernardo (meio de rede), Felipe Quaresma (levantador), Guilherme Gentil (líbero), Kachel (líbero), Hugo (ponta), Luan (oposto), Lucas Loh (ponta), Marcelo Hister (ponteiro), Matheus (meio de rede), Otávio (meio de rede), Rafael Guimarães (meio de rede), Rafael Araújo (oposto), Renan (ponta), Lucarelli (ponta), Victor Hugo (meio de rede) e Vitor Gelli (levantador).

Depois dos amistosos contra a Argentina, o Brasil treinará durante duas semanas em Saquarema, para, em seguida, fazer mais uma excursão pela Europa. O time enfrentará a Rússia, atual campeã européia, e a Sérvia, equipe que, em 2009, quando jogou a categoria infanto-juvenil, foi campeã mundial.

Treino contra a UFJF

 Na noite desta terça, 24, a seleção brasileira juvenil treinou contra a equipe de vôlei masculino da UFJF.

Foram disputados cinco sets no coletivo. A seleção juvenil, comandada por Leonardo Carvalho, venceu três sets, enquanto o time da UFJF, treinado por Maurício Bara, ganhou dois.

“É um orgulho jogar com a seleção. Isso é motivo de felicidade e também de reconhecimento”, disse Bara, que prepara a equipe para a disputa da Liga Nacional (segunda divisão da Superliga) e da Copa Rio. Fãs de vôlei acompanharam o coletivo. O estudante de Educação Física, Márcio Vidigal Miranda Júnior, destacou a oportunidade: “É ótimo para motivar a prática desportiva. Sem contar que ver um esporte de alto nível de perto assim dá até um friozinho na barriga”.

A seleção chegou em Juiz de Fora na noite de domingo, 22. Desde segunda-feira, 23, realiza dois treinos diários. Pela manhã, os treinamentos são físicos e técnicos. No fim da tarde, coletivos. Nas próximas sexta-feira, 27, sábado, 28, e domingo, 29, a Seleção Brasileira fará amistosos contra a Seleção Argentina.

Os jogos serão no Centro Olímpico da UFJF, às 19h, com entrada franca. Na noite de segunda-feira, 30, será encerrado o período preparatório em Juiz de Fora. Antes do Mundial, a equipe brasileira terá treinamentos no Centro de Desenvolvimento de Voleibol em Saquarema (RJ) e também na Rússia e na Sérvia, com jogos contra as seleções locais. A delegação que está em Juiz de Fora é composta por 27 pessoas, sendo 17 atletas. Até o Mundial, cinco serão cortados da equipe.

O prefeito Custódio Mattos acompanhou o coletivo disputado entre a Seleção Brasileira de vôlei masculino juvenil e o time da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O treinamento foi realizado no ginásio do Centro Olímpico, no campus universitário. O Prefeito e o secretário de Esportes, Renato Miranda, foram recebidos pelo supervisor de seleções masculinas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBF), Marcos Lerbach, que presenteou Custódio com uma camiseta de treinamento da seleção.

Empolgado com o coletivo, o Prefeito parafraseou o poeta Murilo Mendes: “Juiz de Fora é cercada de pianos e também de vôlei por todos os lados”, justificando que os juiz-foranos são aficionados pelo esporte. “Mais uma vez Juiz de Fora está se inserindo no calendário nacional do esporte. Isso é importante para que consigamos ser base camp da Copa do Mundo de 2014 e da Olimpíada de 2016”.

Custódio ouviu do supervisor da CBV elogios ao Ginásio Poliesportivo, que está sendo construído junto ao Estádio Municipal. Lerbach disse que o que faltava à cidade era justamente um ginásio como o que está em construção, que poderá sediar grandes eventos, inclusive jogos da Liga Mundial de Vôlei. O Prefeito comemorou: “O ginásio vai colocar Juiz de Fora no calendário das maiores competições nacionais e internacionais.”

Quem também elogiou o novo Ginásio Poliesportivo foi a gerente de Operações da CBV, Brenda Mariano. “Estamos muito animados com o ginásio. Vi as maquetes e posso garantir que ele atende às necessidades de competições internacionais. E como estamos sendo recebidos de maneira calorosa, com pessoas assistindo a todos os treinamentos, pensamos em, no futuro, unir o útil ao agradável, voltando a Juiz de Fora”.

Já o secretário de Esportes destacou os benefícios de a cidade estar sediando os treinamentos da Seleção Brasileira de vôlei masculino juvenil: “A médio prazo, isso potencializa a candidatura de Juiz de Fora para as agendas da Copa e das Olimpíadas. A curto prazo, fixa o nosso potencial de ação junto à CBV”. Miranda revelou, ainda, que a cidade pode receber outras seleções juvenis durante os preparativos para o Campeonato Mundial da categoria, que será realizado em agosto, no Rio de Janeiro.

Seleção Juvenil feminina vence a Itália

A seleção brasileira juvenil feminina de vôlei alcançou a terceira vitória contra a equipe da Itália. Em partida amistosa, o time comandado por Luizomar de Moura superou, nesta segunda, 23, as italianas por 3 sets a 0 (25/22, 25/23 e 25/22). Os amistosos servem como preparação das equipes para o Campeonato Mundial da categoria, que será realizado entre os dias 21 e 30 de julho, no Peru.

Depois de jogar na Rússia e na República Tcheca, a passagem do Brasil pela Itália causou dois desfalques na equipe. As atacantes Gabriela e Samara torceram os tornozelos no início de preparação em solo italiano. Apesar das contusões não serem graves, as jogadoras não tiveram condições de atuar nos três amistosos.

Mesmo com as dificuldades, Luizomar de Moura acredita que a equipe vive um momento importante na preparação para o Mundial. “Com as contusões da Samara e da Gabriela, estamos vivendo uma situação importante dentro da preparação do grupo. As meninas que entraram na equipe conseguiram manter o nível. Essas adversidades fortalecem o grupo”, destacou Luizomar de Moura.

Meio de rede da equipe brasileira, a central Ana Beatriz destacou a qualidade técnica do adversário. “No início desta etapa, o Luizomar tinha nos falado de que nosso time seria muito estudado e analisado pelas adversárias. A Itália, assim como o Brasil, investe muito na base. Vencer estes três jogos e evoluir como grupo foram as nossas maiores conquistas”, disse Ana Beatriz.

A excursão da equipe pela Europa está sendo positiva. Até o momento, foram nove partidas disputadas e nove vitórias. Foram três resultados positivos contra a Rússia, outros três contra a República Tcheca e mais três contra a Itália.

No Mundial, no Peru, o Brasil lutará pelo sétimo título da categoria. Até agora, são seis conquistas (87, 89, 01, 03, 05 e 07). O time verde-amarelo também lutará para recuperar a hegemonia mundial, depois de terminar em terceiro lugar no último Mundial, em 2009.

O Brasil começou a partida com Priscila, Sthefanie, Bia, Marjorie, Fernanda e líbero Thais. Entraram: Duda, Juliana e Sonaly.

Textos e foto da seleção: Assessoria de Imprensa – Confederação Brasileira de Vôlei

Texto do treino de terça-feira: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL)


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse