18 abr 2011

Rallye: juizforanos vencem no Carioca Off Road



Carioca Off Road teve a segunda etapa realizada em Niterói

Niterói (RJ), 18 de abril de 2011

A 2ª etapa do Carioca Off-Road agitou a cidade de Niterói, RJ, neste sábado, 16 de abril. Durante a largada da prova, que começou às 10h, um grid composto por 63 duplas chamou a atenção do público que passou pelo Posto Ipiranga, localizado na Avenida Ewerton da Costa Xavier, no bairro de Itaipu. A competição é dividida em quatro categorias: Graduados, Turismo, Turismo Light e Universitários.

A Pró Rally Rio, empresa organizadora do evento, preparou uma planilha com aproximadamente 100 quilômetros (sendo 85 quilômetros para a Universitários). O roteiro foi composto também pelas regiões de Santa Izabel, Curuzu e Maricá.

“Carros 4×4 de diversas marcas e modelos enfrentaram um rali de regularidade bem completo, que teve diversos tipos de piso, passagens por reflorestamento de eucalipto, serra e praia. O trajeto foi bastante técnico e com alguns balaios, e por isso, alguns navegadores perderam referências e pontos preciosos”, declarou o diretor de prova, Cristiano Serpa.

A chegada da 2ª etapa foi em um belo lugar, à beira do Lago de Maricá, local que dá início a denominada “Região dos Lagos”.

Na Graduados, venceram Bráulio Ferreira e Breno Resende. Com este resultado, eles colocaram mais equilíbrio e emoção na busca pelo título do Carioca 2011. “O nível dos participantes está bastante alto, e não será fácil essa luta; mas viemos para ganhar o campeonato deste ano”, disse Ferreira.

Em segundo lugar, ficaram Pedro Agrele e Rodrigo Peterneli, e na terceira posição, Bruno Mezenga e Mirela Nespoli.

Entre os competidores da Turismo, os melhores foram Carlos Gonçalves e Evaldo Nespoli. “Tivemos alguns problemas com o carro na prova de Paty do Alferes, e ele ficou na oficina em manutenção até a véspera desta etapa. E pelo jeito nosso mecânico fez um bom trabalho”, contou Gonçalves.

João Luis Casagrande e Candido Magalhães, e Renato Ferreira e David Lan Kwai Pan, conquistaram a segunda e terceira colocação, respectivamente.

Na Turismo Light, mais uma vitória de Pedro Ivo de Almeida e Marcello Braz, que nesta etapa trocaram as funções. “Desta vez, eu pilotei e o Pedro fez uma boa navegação. E a receita também deu certo, e isso é excelente para nós, visto que ambos vestem muito bem os dois ‘bancos’. Essa dupla tem tudo para dar certo”, falou Braz.

Na segunda posição, vieram Marcelo Barbosa e Marcelo Pinheiro, com Odilon Mello e Vinicius Silva, em terceiro lugar.

Porta de entrada para o rali, a Universitários teve como dupla campeã, Rodrigo Lopes e Ricardo Barcellos. “A disputa foi nota dez, acirrada e com excelente grau técnico, que serviu como treinamento e preparação para subirmos de categoria”, avaliou Barcellos.

Isso também aconteceu com o piloto Carlos Matias, que participou da 1ª etapa nesta mesma categoria, e investiu em um equipamento 4×4, e competiu desta vez, na Turismo Light. Para compor o pódio da Universitários, Hugo Cardinot e Gustavo Moraes, em segundo, e Aurélio Salgado e Bruno Guimarães, em terceiro.

Mais informações: www.cariocaoffroad.com.br.

Resultados Carioca Off-Road – 2ª etapa

Graduados

1º Bráulio Ferreira/Breno Resende (Juiz de Fora, MG), 215 pontos perdidos

2º Pedro Agrele/Rodrigo Peternelli (Juiz de Fora, MG), 316 pontos perdidos

3º Bruno Mezenga/Mirela Nespoli (Niterói, RJ), 700 pontos perdidos

4º Ricardo Mazzei/Matheus Mazzei (Juiz de Fora, MG), 814 pontos perdidos

5º Luciano Amaral/Luis Fernando Pugliese (Juiz de Fora, MG), 1.361 pontos perdidos

Turismo

1º Carlos Gonçalves/Evaldo Nespoli (Niterói, RJ), 1.338 pontos perdidos

2º João Luis Casagrande/Candido Magalhães (Rio de Janeiro, RJ), 1.433 pontos perdidos

3º Renato Ferreira/David Lan Kwai Pan (Belo Horizonte, MG), 1.833 pontos perdidos

4º Elcio Mota/Claudio Nicolau (Macaé, RJ), 2.533 pontos perdidos

5º Marcello de Campos/Marcus Segond (Niterói, RJ), 2.939 pontos perdidos

Turismo Light

1º Marcello Braz/Pedro Ivo de Almeida, (Rio de Janeiro, RJ), 441 pontos perdidos

2º Marcelo Barbosa/Marcelo Pinheiro (Juiz de Fora, MG), 936 pontos perdidos

3º Odilon Mello/Vinicius Silva (Araruama, RJ), 1.010 pontos perdidos

4º Carlos Eduardo Carvalho/Leandro Pereira (Niterói, RJ), 1.336 pontos perdidos

5º Sérgio Fanzeres/Cristina Fanzeres (Niterói, RJ), 1.371 pontos perdidos

Universitários

1º Rodrigo Lopes/Ricardo Barcello (Rio de Janeiro, RJ), 4.242 pontos perdidos

2º Hugo Cardinot/Gustavo Moraes, (Nova Friburgo, RJ), 5.387 pontos perdidos

3º Aurélio Salgado/Bruno Guimarães (Juiz de Fora, MG), 5.863 pontos perdidos

4º Márcio Carneiro/Anderson Pinto (Rio de Janeiro, RJ), 23.383 pontos perdidos

5º Maria Pedras/Paulo Martins (Rio de Janeiro, RJ), 25.352 pontos perdidos

Texto: Liberdade de Ideias

Fotos: Mazzei Fotos


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse