26 mar 2011

Sport derrota o Baeta por 3 a 0 no Procópio Teixeira



Juiz de Fora (MG), 26 de março de 2011

Uma tarde para reviver os melhores momentos do futebol juiz-forano. Esse era o sentimento de muitas pessoas que compareceram ao Estádio Procópio Teixeira neste sábado, 26, para acompanhar o duelo entre Sport e Tupynambás pela segunda rodada da seletiva para o Campeonato Mineiro de juniores. Nas arquibancadas, bom e animado público. Em campo, vitória indiscutível do Verdão por 3 a 0, todos os gols marcados na segunda etapa. Com o triunfo, o alviverde assumiu a liderança da Chave C, com seis pontos e quatro gols de saldo, um gol a mais que o Tupi, que tem a mesma pontuação.

Mesmo jogando no campo do adversário, foi o Tupynambás quem começou o jogo tomando a iniciativa. Logo aos dois minutos, Thomas chutou de fora da área e obrigou o goleiro João Paulo a fazer grande defesa. Pouco a pouco o Verdão foi se soltando. Tanto que, aos 17 minutos, o zagueiro Luiz Felipe chegou a balançar a rede do Baeta. Mas o árbitro, acertadamente, anulou o gol alegando impedimento. No último minuto do primeiro tempo, Jorge Lucas aproveitou contra-ataque, saiu dos marcadores e tocou por cima do goleiro Artur, mas a bola foi para fora. A jogada arrancou aplausos da torcida do Sport.

Assim como na primeira etapa, foi o Baeta quem começou melhor no segundo tempo. Aos dez minutos, Gediel entrou na área, saiu da marcação e chutou. João Paulo salvou o Periquito. Em seguida, o jogo ficou truncado, com muitas faltas. Até que aos 23 minutos, Vitor foi até a linha de fundo e cruzou para a área. Jorge Lucas dominou dentro da grande área e rolou para Hugo, que tinha acabado de entrar, encher o pé e marcar um golaço: Sport 1 a 0. O Baeta sentiu o gol e, cinco minutos depois, o Verdão ampliou em jogada ensaiada. Falta na intermediária. Zé ameaçou chutar e só levantou para a área. Geovanni Azalim aproveitou o descuido da defesa e ampliou, tocando por baixo de Artur.

A vantagem no placar deu ainda mais tranquilidade para os jogadores do Periquito, que administraram o resultado. Ainda deu tempo de marcar mais uma vez. Aos 45 minutos, Bruno César foi à linha de fundo e cruzou para Samuel deixar o dele: 3 a 0.

Após o jogo, o técnico José Luis comentou a derrota logo na primeira partida da seletiva. “O campeonato está apenas começando. O Sport soube aproveitar os nossos vacilos. Vamos trabalhar essas situações em que deixamos a desejar. No próximo sábado, teremos um jogo em casa e temos que vencer para entrar na briga”, destacou o comandante baeta.

Do outro lado, o sentimento era só de alegria. O técnico do Sport, Rafael Novaes, credenciou a vitória à união dos jogadores. Ele destacou também a força que veio das arquibancadas. “Foi um público ótimo e um espetáculo muito bonito. Não houve expulsões, brigas… Temos que deixar a rivalidade ficar de lado e deixar os meninos jogar”, disse.

Outro ponto forte apresentado pelo Alviverde foi o preparo físico, tanto que foi no segundo tempo que o Sport conseguiu a vitória. Para o preparador físico Hebert Soares, a condição que os atletas demonstraram em campo é fruto do planejamento que a comissão técnica tem seguido. “Começamos a trabalhar no início de fevereiro. Estamos trabalhando em dois períodos, com a alimentação no clube. Isso favoreceu bastante os atletas, que estão com nível físico bastante elevado”, comentou.

No próximo sábado, 2, às 13h30, os times juniores de Tupi e Sport duelam no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio em partida preliminar ao jogo entre Tupi e América, pelo Campeonato Mineiro de profissionais. No mesmo dia, mas às 15h, o Tupynambás tenta a primeira vitória na competição diante do 1º de Maio, no Estádio José Paiz Soares.

Ficha técnica:

Sport: João Paulo; Carlos (Marcos), Douglas, Luiz Felipe e Vitor; Júlio, Zé, Philip (Hugo) e Geovanni Azalim (Bruno César); Michel e Jorge Lucas (Samuel). Técnico: Rafael Novaes.

Tupynambás: Artur; Lucas, Caio, Thiago e Danilo; Dálgan, Gediel, Erick e Thomas (André); Danilinho e Rafael. Técnico: José Luis.

Árbitro: Carlos Inácio Vitor
Assistente 1: Adjaílson Severo
Assistente 2: Marciano de Lima

Gols: Hugo (23’ do 2º T), Geovanni Azalim (28’ do 2º T) e Samuel (45’ do 2º T).

Texto: Thiago Stephan


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

23 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 6

21 abr 2018
Gol de Adê, 43 anos, aos 43 minutos! Baeta vence e sobe

19 abr 2018
Baeta confiante para buscar o “combo”: vitória, acesso e vaga na final

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.