26 mar 2011

Sport derrota o Baeta por 3 a 0 no Procópio Teixeira



Juiz de Fora (MG), 26 de março de 2011

Uma tarde para reviver os melhores momentos do futebol juiz-forano. Esse era o sentimento de muitas pessoas que compareceram ao Estádio Procópio Teixeira neste sábado, 26, para acompanhar o duelo entre Sport e Tupynambás pela segunda rodada da seletiva para o Campeonato Mineiro de juniores. Nas arquibancadas, bom e animado público. Em campo, vitória indiscutível do Verdão por 3 a 0, todos os gols marcados na segunda etapa. Com o triunfo, o alviverde assumiu a liderança da Chave C, com seis pontos e quatro gols de saldo, um gol a mais que o Tupi, que tem a mesma pontuação.

Mesmo jogando no campo do adversário, foi o Tupynambás quem começou o jogo tomando a iniciativa. Logo aos dois minutos, Thomas chutou de fora da área e obrigou o goleiro João Paulo a fazer grande defesa. Pouco a pouco o Verdão foi se soltando. Tanto que, aos 17 minutos, o zagueiro Luiz Felipe chegou a balançar a rede do Baeta. Mas o árbitro, acertadamente, anulou o gol alegando impedimento. No último minuto do primeiro tempo, Jorge Lucas aproveitou contra-ataque, saiu dos marcadores e tocou por cima do goleiro Artur, mas a bola foi para fora. A jogada arrancou aplausos da torcida do Sport.

Assim como na primeira etapa, foi o Baeta quem começou melhor no segundo tempo. Aos dez minutos, Gediel entrou na área, saiu da marcação e chutou. João Paulo salvou o Periquito. Em seguida, o jogo ficou truncado, com muitas faltas. Até que aos 23 minutos, Vitor foi até a linha de fundo e cruzou para a área. Jorge Lucas dominou dentro da grande área e rolou para Hugo, que tinha acabado de entrar, encher o pé e marcar um golaço: Sport 1 a 0. O Baeta sentiu o gol e, cinco minutos depois, o Verdão ampliou em jogada ensaiada. Falta na intermediária. Zé ameaçou chutar e só levantou para a área. Geovanni Azalim aproveitou o descuido da defesa e ampliou, tocando por baixo de Artur.

A vantagem no placar deu ainda mais tranquilidade para os jogadores do Periquito, que administraram o resultado. Ainda deu tempo de marcar mais uma vez. Aos 45 minutos, Bruno César foi à linha de fundo e cruzou para Samuel deixar o dele: 3 a 0.

Após o jogo, o técnico José Luis comentou a derrota logo na primeira partida da seletiva. “O campeonato está apenas começando. O Sport soube aproveitar os nossos vacilos. Vamos trabalhar essas situações em que deixamos a desejar. No próximo sábado, teremos um jogo em casa e temos que vencer para entrar na briga”, destacou o comandante baeta.

Do outro lado, o sentimento era só de alegria. O técnico do Sport, Rafael Novaes, credenciou a vitória à união dos jogadores. Ele destacou também a força que veio das arquibancadas. “Foi um público ótimo e um espetáculo muito bonito. Não houve expulsões, brigas… Temos que deixar a rivalidade ficar de lado e deixar os meninos jogar”, disse.

Outro ponto forte apresentado pelo Alviverde foi o preparo físico, tanto que foi no segundo tempo que o Sport conseguiu a vitória. Para o preparador físico Hebert Soares, a condição que os atletas demonstraram em campo é fruto do planejamento que a comissão técnica tem seguido. “Começamos a trabalhar no início de fevereiro. Estamos trabalhando em dois períodos, com a alimentação no clube. Isso favoreceu bastante os atletas, que estão com nível físico bastante elevado”, comentou.

No próximo sábado, 2, às 13h30, os times juniores de Tupi e Sport duelam no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio em partida preliminar ao jogo entre Tupi e América, pelo Campeonato Mineiro de profissionais. No mesmo dia, mas às 15h, o Tupynambás tenta a primeira vitória na competição diante do 1º de Maio, no Estádio José Paiz Soares.

Ficha técnica:

Sport: João Paulo; Carlos (Marcos), Douglas, Luiz Felipe e Vitor; Júlio, Zé, Philip (Hugo) e Geovanni Azalim (Bruno César); Michel e Jorge Lucas (Samuel). Técnico: Rafael Novaes.

Tupynambás: Artur; Lucas, Caio, Thiago e Danilo; Dálgan, Gediel, Erick e Thomas (André); Danilinho e Rafael. Técnico: José Luis.

Árbitro: Carlos Inácio Vitor
Assistente 1: Adjaílson Severo
Assistente 2: Marciano de Lima

Gols: Hugo (23’ do 2º T), Geovanni Azalim (28’ do 2º T) e Samuel (45’ do 2º T).

Texto: Thiago Stephan


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

11 fev 2018
Tupi termina a rodada em nono. Leão e jogadores destacam entrega

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse