27 out 2014

Condé lamenta derrota, mas reitera: “O Tupi superou as metas”



Técnico carijó na Série C, Léo Condé chegou ao Tupi no início de abril para comandar o clube pela terceira vez em sua carreira com um discurso sóbrio e que coincidia com os interesses do torcedor: o de “plantar o pé no torneio nacional”. Entretanto, o objetivo, como ressaltou o treinador após a derrota para o Paysandu no sábado, 25, não foi apenas conquistado, mas ultrapassado.

 Acesse aqui para ver galeria exclusiva de fotos de Tupi x Paysandu do Toque de Bola 

“O Tupi superou as metas. Todos sabem das dificuldades de tocar o futebol, mas com empenho e sabedoria a gente conseguiu formar uma equipe competitiva. O principal objetivo era manter o time na Série C, mas quando você vem para o mata-mata, a expectativa é grande para conseguir o acesso. A gente trabalha pra vencer, mas ai vem o adversário no cruzamento com uma equipe de camisa, tradição, que representa o estado do Pará e está acostumado a jogar os grandes jogos. Nos 20 minutos iniciais, se estivéssemos em um dia bom, teríamos marcado o gol”, avaliou Condé.

Tupi x Paysandu: treinador carijó lamenta que equipe não tenha mantido nos jogos do mata-mata o padrão apresentado na fase de classificação

Tupi x Paysandu: treinador carijó lamenta que equipe não tenha mantido nos jogos do mata-mata o padrão apresentado na fase de classificação

O técnico voltou a bater na tecla de que profissionais e torcida carijó têm que buscar a permanência na Série C e, posteriormente, almejar novamente o acesso: “Em um momento desses temos que ter cuidado pra não transferir possibilidade para algum jogador. Quando ganha, ganha todo mundo, quando perde, também. O time pressionou o tempo inteiro e a bola não entrou. O frio na barriga estava em todos. Fazia tempo que o Tupi não chegava com possibilidade de subir. Temos que acostumar o time e a torcida a disputar decisões e buscar grandes classificações. Uma hora vai subir, devemos acostumar com a competição com esse formato que cada vez será mais difícil”, pediu Condé, lembrando do regulamento da Série C, diferente das duas primeiras divisões nacionais. Nele, uma campanha de destaque, como a do Galo Carijó na primeira fase, só dá a vantagem de disputar as partidas de volta do mata-mata com mando de campo.

“Já sabíamos do regulamento, poderíamos ter passado em quarto lugar e vencido o primeiro também. De qualquer forma, tomara que a Série C melhore, com movimentos como o bom senso lutando por isso. Que a Serie C tenha um formato igual aos da (Série) A e B”, opinou.

 

Texto: Bruno Kaehler

Foto: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 ago 2018
Caixa reforçado! Copa do Brasil traz nova receita ao Tupi em 2019

20 ago 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: veja resultados e tabelas

17 ago 2018
Fripai campeã geral, masculino e feminino. Veja números finais dos Jogos SESI JF

17 ago 2018
Tite convoca Seleção para amistosos e desfalca times brasileiros

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse