10 fev 2018

Com Leão no banco e Salino de capitão, Tupi faz 3 a 0 na Patrocinense



A apreensão, palavra que melhor definia o clima do torcedor juiz-forano, acabou sendo substituída por alívio. Pelo menos parcial.

Titulares e reservas relacionados para enfrentar Patrocinense: Ricardo Leão e Léo Salino foram as principais novidades

O Tupi, com o treinador interino Ricardo Leão e na estreia de Leo Salino, que já recebeu a braçadeira de capitão, superou a Patrocinense por 3 a 0 na noite pré-carnavalesca desta sexta-feira, dia 9, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Mineiro – pelo menos até o complemento da sexta rodada, neste sábado.

 Leão, auxiliar técnico convocado para nesta partida substituir Alexandre  Barroso, se mostrou ativo e comandou a vitória de sua equipe. Em campo, Salino foi fundamental para o rendimento do time.

O nervosismo da torcida diminuiu logo nos instantes iniciais. O primeiro tempo foi de total domínio do Carijó, que criou ótimas chances em velocidade e, com boas trocas de passe, obrigou o goleiro Neguete a fazer pelo menos quatro grandes defesas.

Logo aos cinco minutos o árbitro assinalou pênalti para o Tupi, sofrido por Vitinho e convertido por Tchô, com muita categoria. O gol no início fez com que a equipe de Patrocínio se perdesse na partida, resultando no total controle do jogo para o alvinegro.

  Reis foi o atleta mais perigoso, com  três finalizações contra o gol adversário, que tinha o goleiro alvi-rubro em noite muito inspirada.

Na segunda etapa o ritmo inicial foi o mesmo, e após pressionar, o Tupi chegou ao segundo gol com o atacante Renato Kayzer, aos 12 minutos, em passe de Vitinho.

Com a vantagem, o Carijó se acomodou, recuou e sofreu com algumas chegadas do Patrocinense. Os ataques do adversário pararam na boa marcação dos zagueiros e de Leo Salino.

Após ótimo contra-ataque, o lateral Patrick Brey marcou o terceiro, completando cruzamento de Afonso aos 46 minutos do segundo tempo, dando números finais à partida.

Com a vitória, o Carijó chega aos mesmos seis pontos da Patrocinense e sobe quatro posições na tabela, ocupando a oitava colocação. A equipe de Patrocínio caiu uma posição: é a nona colocada. 

As escalações foram as seguintes:
Tupi: Vilar; Afonso, Welington, Matheus e Patick Brey, Leo Costa, Leo Salino (Kalu), Tchô (Diogo); Vitinho (Udson), Kayzer e Reis. Treinador: Ricardo Leão.
Patrocinense: Negueti, Diego Borges, Rodolfo Mol, Bruno Moreno, Leomir (Berger), Tarracha, Thiago (Gênesis), Arcanjo (Diogo Peixoto), Ademir e Marcelo Régis. Treinador: Rogério Henrique.

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Warllen Breno da Paixão Salgado

Público pagante: 339

Público presente: 594

Renda: R$ 6420,00

Confira de jogos da sexta rodada do Campeonato Mineiro:
Uberlândia 0 x 3 América

Tupi 3 x 0 Patrocinense

Democrata 0 x 2 Cruzeiro

Jogos de sábado:

11h Boa x Tombense (em Varginha)

16h Villa Nova x URT (em Nova Lima)

16h30 Atlético x Caldense (em Belo Horizonte)

Rescisão

 O Tupi informou no início da manhã deste sábado, dia 10, que o clube rescindiu o contrato de dois jogadores. O volante Pará e o atacante Rodrigo não defendem mais o clube.


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


16 jun 2018
Valeu, Galo! Tupi é eliminado mas faz jogo equilibrado com Corinthians

15 jun 2018
Copa JF aponta dois campeões no domingo

15 jun 2018
Copa 2018: veja quem está fazendo história. Fichas técnicas dos jogos

15 jun 2018
Em dia com as Curtinhas da Copa? Difícil ser brasileiro e alemão na Rússia

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.