11 fev 2014

Wallyson e Tanque: 2 a 0. Poder de Fogo sobre o time do Papa



A fórmula Botafogo, torcida e Maracanã tem se mostrado imbatível. Nesta terça-feira, o time não tomou conhecimento do San Lorenzo, atual campeão argentino, e venceu por 2 a 0 na estreia da fase de grupo da Libertadores. Na berlinda após duas atuações fracas, Tanque Ferreyra abriu o placar. No segundo tempo, Wallyson, que já virou xodó da torcida, deu números finais ao confronto.

Agora, o Botafogo focará suas atenções na disputa do Carioca, já que só volta a entrar em campo pela Libertadores no dia 26 de fevereiro, contra o União Española, no Chile. Os reservas do Alvinegro já terão jogo nesta quinta-feira, contra o Bonsucesso, em Moça Bonita.

A partida se iniciou com ambas as equipes buscando o controle do jogo. O Botafogo fazia marcação bastante agressiva, o que impedia o toque de bola do San Lorenzo. Assim, os donos da casa buscavam girar a bola com velocidade para desarmar a retranca argentina. Algumas boas jogadas foram criadas nos primeiros minutos, mas o ataque não conseguia dar sequência aos lances, o que gerou certa ansiedade na torcida.

O primeiro lance de perigo surgiu aos 15min. Edílson cobrou falta com violência, a bola desviou na zaga e sobrou para Lodeiro, que dominou no peito e chutou de dentro da área para a defesa de Torrico. O lance acordou o San Lorenzo, que passou a atacar com mais frequência. Blandi era o jogador mais perigoso. Ele aceitou o confronto com Dória e mesmo assim levava perigo ao gol de Jefferson.

O time do San Lorenzo valorizava cada bola parada para demorar alguns minutos para reiniciar o jogo. A torcida do Botafogo cobrava bastante essa situação, enquanto o árbitro Roberto Silveira-URU parecia ser complacente com a situação. Mas foi aos 27min, que os torcedores explodiram contra a arbitragem, após o uruguaio marcar uma falta de Wallyson, que ficaria cara a cara com Torrico.

Menos mal que dois minutos após a fúria veio a alegria. E que alegria. Tanque Ferreyra, que vinha sofrendo com as críticas da torcida desencantou com a camisa do Botafogo. O atacante aproveitou rebote de Torrico em chute de longe de Jorge Wagner para chutar no alto e estufar as redes: 1 a 0.

Após o gol, o San Lorenzo mostrou estar confortável na partida, mesmo em desvantagem no placar. O time argentino passou a tocar a bola com inteligência em seu campo ofensivo. E eles só não empataram 42min, porque Blandi não finalizou bem e mandou para fora quando estava cara a cara com Jefferson.

E o segundo tempo não poderia ter iniciado melhor para o Botafogo. Logo aos 7min, Wallyson recebeu na entrada da área e chutou forte no canto esquerdo de Torrico, que nada pôde fazer: 2 a 0. Neste momento, a torcida entrou em transe por cerca de 10min, cantando sem parar. E o Alvinegro correspondia dentro de campo.

Com toques envolventes, o Botafogo esperava uma oportunidade para matar a partida. O San Lorenzo mostrou que ainda queria jogo e igualou as ações dentro de campo. Apesar do time argentino pressionar por grande parte do fim do jogo, o Alvinegro se segurou na defesa, com grandes atuações de Dória, Gabriel e Jefferson, principalmente.Vitória que deixa o clube de General Severiano na liderança parcial do grupo 2.

BOTAFOGO 2 x 0 SAN LORENZO-ARG

Data e hora: 11/02/2014 (terça-feira), às 20h (horário de Brasília)

Local: Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Roberto Silvera (URU)

Auxiliares: Miguel A. Nievas e Nicolas Taran (URU)

Renda: R$ 1.595.480,00

Público: 28.116 / 32.201

Cartões amarelos: Ángel Correa, Emanuel Más e Gentilleti (SAN) Gabriel (BOT)

Gols: Tanque Ferreyra, aos 29min do primeiro tempo; Wallyson, aos 7min do segundo tempo

BOTAFOGO: Jefferson; Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro (Júnior César), Jorge Wagner e Wallyson (Wallyson); Tanque Ferreyra (Henrique). Técnico: Eduardo Hungaro

SAN LORENZO-ARG: Torrico, Buffarini, Cetto, Gentiletti, Emanuel Más; Ortigoza, Mercier, Kalinski (Romagnoli), Ángel Corrêa e Piatti (Villalba); Blandi (Matos). Técnico: Edgardo Bauza

Texto e informações: www.uol.com.br/esporte

Foto: site ESPN Brasil


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



19 out 2017

CBF anuncia “dindim” do Brasileirão: campeão leva R$ 18 milhões e 16º lugar terá R$ 744 mil


10 out 2017

Copa do Mundo Sub-17: Brasil repete dobradinha e bate Coréia do Norte


05 out 2017

Que “legado”! Polícia Federal prende Nuzman e diretor da Rio-2016

Notícias


19 out 2017

Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube


19 out 2017

Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição


18 out 2017

Fajardo: “Copa Toque de Bola é espetacular”. Treinador estuda propostas, se não for o “salvador anti-queda”


16 out 2017

Longa hegemonia: ADJF conquista 16º título masculino nos Jogos do Interior de Minas. Feminino é vice


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.