06 fev 2014

Wallyson compara emoção de gols ao nascimento do filho



Destaque da Copa Libertadores em 2011, quando foi o artilheiro da competição pelo Cruzeiro com sete gols marcados, Wallyson não apresentou o mesmo futebol desde que sofreu uma grave lesão no tornozelo esquerdo, no mesmo ano. Na partida desta quarta, 5, realizada no Maracanã, no entanto, o atacante viveu um dos momentos mais marcantes de sua vida profissional. Diante de 50 mil torcedores, o Glorioso goleou o Deportivo Quito por 4 a 0, com uma atuação brilhante de Wallyson, que marcou três gols, deixou o campo ovacionado e comparou a emoção ao dia de nascimento de seu filho.

“É um dia que vai ficar marcado pra mim, pois não é todo dia que você faz três gols no Maracanã. Vivi um dia assim no nascimento do meu filho e agora pude viver emoção semelhante. Importante até pela história que o Maracanã tem. Fico feliz de fazer parte disso”, descreveu Wallyson, sem esconder a felicidade após a noite de gala diante de 50 mil torcedores.

Depois de ficar no banco de reservas na primeira partida, quando o Botafogo foi derrotado por 1 a 0 pelo Deportivo Quito, o atacante ganhou a chance entre os titulares para dar mais mobilidade ao ataque alvinegro. Logo no primeiro tempo, já mostrou seu cartão de visitas e abriu o placar com um belo chute de perna direita, depois de aproveitar a sobra dentro da área equatoriana.

O artilheiro da Libertadores de 2011 ainda deixou sua marca duas vezes no segundo tempo, selando a classificação do Botafogo para a fase de grupos. O rendimento exemplar também rendeu elogios do treinador Eduardo Hungaro, que apostou no atacante, mesmo com poucos treinos, e espera que o desempenho de Wallyson continue assim.

“O Wallyson é um jogador que mostrou, em poucos treinos, que daria para gente uma situação diferente na linha ofensiva, mas foi um jogador que chegou depois e a gente precisava, dentro desse planejamento de dois jogos, utilizá-lo. A situação aconteceu para que ele começasse o jogo, ele teve uma bela atuação, fez três gols, então esperamos que ele continue assim”, explicou Eduardo Hungaro.

Com a ótima atuação em um início promissor pelo clube, a permanência de Wallyson é um tema que, futuramente, pode ser estudada com maiores detalhes, já que o atleta está emprestado ao Alvinegro carioca pelo Deportivo Maldonado, clube uruguaio que detém os direitos econômicos do atacante. O vínculo com o Botafogo vai até o fim do ano.

Texto com informações da ESPN

Foto: Getty Images


Voltar

Uma Resposta to “Wallyson compara emoção de gols ao nascimento do filho”

Deixe uma resposta


Mais notícias



07 fev 2018

Comissão Técnica da seleção divulga escala de jogos e treinos no Brasil e na Europa


05 fev 2018

Com grama artificial e mando “vendido”, mas sem árbitro de vídeo, Série A tem tabela divulgada


02 fev 2018

Árbitro francês que chutou zagueiro brasileiro pega “geladeira”

Notícias


17 fev 2018

Baeta perde na estreia do Módulo 2


17 fev 2018

Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa


16 fev 2018

Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT


16 fev 2018

JF Vôlei encara “parceiro-pedreira” Sada Cruzeiro na abertura da rodada


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse