28 out 2012

Fogo, São Paulo e Inter vencem. Grêmio empata. Vasco e Palmeiras perdem



O sábado que quase completou a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro – ainda resta Atlético Mineiro x Flamengo, na quarta-feira, 31, foi de alegria para Botafogo, São Paulo, Internacional e Corinthians,  e tristeza para Vasco, Palmeiras, Atlético-GO e Sport. O único jogo sem  gols foi Figueirense x Portuguesa.

  Em cima e em baixo da tabela, pouca diferença  

A cinco rodadas e uma partida do encerramento, os quadros dos primeiros e últimos colocados não têm se alterado muito. Pelo título, brigam Fluminense e Atlético – neste momento, o tricolor carioca tem nove pontos e uma partida a mais em relação ao principal concorrente ao título.

Na briga pela vaga para a Taça Libertadores, o São Paulo, em quarto lugar, abriu agora oito pontos de vantagem sobre o Vasco, e ameaça a posição do Grêmio – dois pontos a menos. O Vasco, aliás, já foi ultrapassado por Internacional e Botafogo e caiu para o sétimo lugar. Inter e Bota ainda sonham com a vaga para a Libertadores. Serão quatro, desde que nenhum brasileiro conquiste a  Copa Sul-Americana – Grêmio e São Paulo ainda estão no páreo da Sul-Americana.

Na parte de baixo, o Palmeiras, revoltado com um gol anulado na derrota de 2 a 1 para o Internacional – o delegado da partida teria avisado ao árbitro que o toque final para o gol foi com a mão, do argentino Barcos, segue na zona de degola, e precisa de pelo menos duas rodadas para reverter a situação. Atlético-GO, lanterna, e Figueirense, penúltimo colocado, já estão virtualmente rebaixados – no caso da equipe goianiense, está com 14 pontos a menos que o primeiro time fora do Z-4, o Bahia.

Seedorf  deixa o campo chorando

No Engenhão, o Botafogo confirmou o favoritismo e a boa fase ao golear o Atlético-GO por 4 a 0. O veterano Seedorf e o jovem Bruno Mendes, que marcaram na rodada anterior, diante do Figueirense – 2 a 0, voltaram a balançar as redes. Os outros gols foram de Dória, o zagueiro-revelação da base, e o meia Gabriel, também “cria” do próprio clube.

Só não houve muita comemoração após a partida porque Seedorf sofreu lesão muscular na coxa direita, ainda no primeiro tempo, e deixou o campo chorando. Preocupação para as cinco partidas restantes. Com o gol de sábado, Bruno Mendes atingiu cinco gols em seus primeiros cinco jogos pelo Botafogo, sendo que o primeiro gol foi marcado depois de ele ter entrado no final da partida – diante do Grêmio, no Olímpico. Pela primeira vez no Brasileiro, o time de Oswaldo de Oliveira passou por duas partidas sem sofrer gol.

Após a partida, o holandês explicou que as lágrimas vieram da ‘sensação de vazio’ por não poder ajudar o clube em um momento decisivo da competição. O clube carioca ainda sonha com a Libertadores. “Nesse momento, passa na mente os jogos que vão vir, a sensação de não poder participar. Essa era a preocupação que eu tinha, por saber que esse é um momento importante para o time. Não poder ajudar dá uma sensação de vazio”, disse Seedorf, que completou.

“A gente vai fazer um exame, uma ressonância e esperar que não seja muito grave. A gente não pode esquecer que estou jogando desde o agosto do ano passado, então o corpo às vezes quer descansar”, finalizou o jogador de 36 anos.

Vasco em queda

No Pacaembu, o Vasco perdeu a quinta partida consecutiva: 1 a 0 para o Corinthians, gol marcado no segundo tempo pelo atacante peruano Paolo Guerrero, aos 13 minutos do segundo tempo. O time cruzmaltino só ameaçou no primeiro tempo, e teve a tarefa mais dificultada com a decisão da Comissão Técnica do clube paulista, que decidiu utilizar a formação considerada titular, já testando a equipe para o Mundial de Clubes, em dezembro.

– Eu lamento, é triste acabar a temporada assim. Quando cheguei ao clube, no ano passado, a situação era bem melhor, no início deste ano também. Ver essa harmonia corintiana e a gente não ter isso, é isso que eu lamento – disse o meia Juninho Pernambucano à Rádio Globo.

 Palmeiras perde em -mais um – jogo polêmico

No Estádio Beira-Rio, o Internacional venceu o Palmeiras de virada por 2 a 1. Luan abriu o placar para os paulistas, mas Fred empatou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Rafael Moura marcou o gol da virada, de cabeça. Já aos 17 minutos do segundo tempo, Marcos Assunção bateu escanteio e o centroavante argentino mandou, de mão, para o fundo das redes. O árbitro Francisco Carlos Nascimento, que estava de frente para a jogada, se preparava para validar o lance quando foi chamado para uma espécie de conferência com assistentes e o delegado do jogo, Gerson Baluta. Após tomar conhecimento da irregularidade, o juiz anulou o tento.

–   O delegado deu os três pontos para o Inter – esbravejou o técnico Gilson Kleina ainda no gramado.

  Lucas faz 3 e São Paulo bate o Leão

Na Ilha do Retiro, o primeiro tempo praticamente decidiu o jogo. O Sport abriu o placar com Gilberto, de cabeça. Lucas, com um chute forte e colocado, empatou e abriu seu “show particular”: depois de dois meses de jejum, balançou a rede três vezes. O segundo gol, o da virada paulista, começa em jogada na direita. O goleiro Saulo segura, e em seguida solta a bola nos pés de Lucas: 2 a 1. O calvário do goleiro do Sport segue com o terceiro gol: passe de Luís Fabiano, e a zaga tenta evitar o gol de Cortês, mas a bola encobre o goleiro e ganha de novo as redes. Na etapa final, Lucas ampliou para 4 a 1 e Hugo desconta, cobrando pênalti: 4 a 2, placar final.

   Grêmio só empata

No Estádio Pituaçu, em Salvador, os gols de Bahia e Grêmio surgiram no primeiro tempo. Gabriel marcou para os anfitriões em jogada rápida. Pouco depois, Kleber igualou, após sobra do goleiro em chute de Elano.

Ao definir o empate como ruim pela circunstância do jogo, porém, bom pela situação da tabela, o treinador do Grêmio, Wanderley Luxemburgo, reclamou do atacante Leandro, que perdeu duas chances claras de gol.

– Leandro é um menino, sempre falo isso, mas tem de ser cobrado como qualquer jogador. Ele prefere o drible à jogada do gol. Prefere o bonito. Tem de gostar é do gol. Ele tentou driblar no primeiro lance. Na outra, tentou um toquinho para tirar do goleiro. Pior de tudo foi um outro lance em que tirou o pé. Fiquei p… Fizemos uma estratégia para aproveitar a situação do Bahia, complicada na tabela. Era a ideal para ganhar. É por isso que tem de matar. Não matamos e quase morremos pois fomos agredidos no contragolpe. Quase perdemos –analisou o comandante tricolor.

Texto final: Toque de Bola, com informações de globoesporte.com e espn.com.br

Foto: reprodução site ESPN Brasil

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 FLUMINENSE/RJ  FLUMINENSE/RJ 77 38 22 11 5 61 33 28
2 ATLÉTICO/MG  ATLÉTICO/MG 72 38 20 12 6 64 37 27
3 GRÊMIO/RS  GRÊMIO/RS 71 38 20 11 7 56 33 23
4 SÃO PAULO/SP  SÃO PAULO/SP 66 38 20 6 12 59 37 22
5 VASCO/RJ  VASCO/RJ 58 38 16 10 12 45 44 1
6 CORINTHIANS/SP  CORINTHIANS/SP 57 38 15 12 11 51 39 12
7 BOTAFOGO/RJ  BOTAFOGO/RJ 55 38 15 10 13 60 50 10
8 SANTOS/SP  SANTOS/SP 53 38 13 14 11 50 44 6
9 CRUZEIRO/MG  CRUZEIRO/MG 52 38 15 7 16 47 51 -4
10 INTERNACIONAL/RS  INTERNACIONAL/RS 52 38 13 13 12 44 40 4
11 FLAMENGO/RJ  FLAMENGO/RJ 50 38 12 14 12 39 46 -7
12 NÁUTICO/PE  NÁUTICO/PE 49 38 14 7 17 44 50 -6
13 CORITIBA/PR  CORITIBA/PR 48 38 14 6 18 53 60 -7
14 PONTE PRETA/SP  PONTE PRETA/SP 48 38 12 12 14 37 44 -7
15 BAHIA/BA  BAHIA/BA 47 38 11 14 13 37 41 -4
16 PORTUGUESA/SP  PORTUGUESA/SP 45 38 10 15 13 38 41 -3
17 SPORT/PE  SPORT/PE 41 38 10 11 17 39 56 -17
18 PALMEIRAS/SP  PALMEIRAS/SP 34 38 9 7 22 39 54 -15
19 ATLÉTICO/GO  ATLÉTICO/GO 30 38 7 9 22 37 67 -30
20 FIGUEIRENSE/SC  FIGUEIRENSE/SC 30 38 7 9 22 39 72 -33

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse