10 out 2011

Borges faz – de novo – a diferença



No clássico contra o Palmeiras, neste domingo (09), na Vila Belmiro, o Santos FC tinha sete desfalques: Arouca, Edu Dracena, Elano, Felipe Anderson, Pará, PH Ganso e Neymar. Mesmo sem alguns de seus principais astros, o Peixe tinha em campo Borges, que fez jus ao posto de artilheiro do Brasileirão. Marcou aos 30 minutos e decretou a vitória santista por 1 a 0.

O goleador alvinegro marcou pela 20ª vez no torneio e se manteve como artilheiro isolado do Brasileirão com sete gols de vantagem em relação aos segundos colocados. No clássico, o Peixe ainda contou com atuações destacadas de Léo, que deu a assistência para o gol de Borges, Danilo e Alan Kardec. Com a vitória, o Santos FC chegou aos 38 pontos, ocupando a 12ª colocação.

 O Jogo

Apesar de duas equipes se alternarem no ataque, o Santos FC tinha maior posse de bola e pressionava mais. Após cobrança de escanteio aos três minutos, Bruno Rodrigo ajeitou de cabeça para Durval. Também de cabeça, o zagueiro mandou a bola a centímetros da trave direita de Deola.

A primeira chance palmeirense veio na principal jogada da equipe: a bola parada de Marcos Assunção. O volante cobrou falta diretamente para o gol e acertou a trave de Rafael.

O Santos FC seguia mais tempo com a bola e buscava imprimir velocidade no jogo. Em bom lance ainda no início da partida, Léo avançou com velocidade pela esquerda e cruzou para Danilo. O volante santista ariscou, mas o chute foi prensado por Thiago Heleno.

Em outra boa chance santista, foi a vez de Danilo dar assistência. Do meio do campo, ele lançou Ibson, que por pouco não alcançou a bola para completar.

No meio do segundo tempo, o jogo esfriou, mas voltou a ter emoção nos minutos finais. Aos 39 minutos, após boa jogada do ataque santista, Alan Kardec avançou dentro da área e bateu firme. A bola desviou na defesa e saiu por pouco.

Já aos 44 minutos, foi o Palmeiras que quase marcou. Em contra-ataque veloz, Maikon Leite arrancou pela direita e chutou cruzado. A bola passou rente à trave direita de Rafael.

Mas as emoções não pararam por aí. O Santos respondeu também em contra-ataque. Após cruzamento de Danilo pela direita, Alan Kardec subiu alto e cabeceou com consciência para o chão. A bola quicou e saiu tirando tinta do travessão.

 Segunda etapa

A primeira chance real do segundo tempo também saiu em um cabeceio de Alan Kardec. Após cruzamento de Léo, o atacante cabeceou bem, mas Deola fez milagre, tirando com apenas uma mão.

Aos 16 minutos, um lance polêmico. Ibson tentou cruzar para Borges, mas a bola passou pelo atacante e sobrou para Márcio Araújo, que se atrapalhou e tocou devagar na bola. Deola segurou e o árbitro sinalizou recuo de bola. Na cobrança do tiro livre indireto, a bola foi recuada para Henrique, que finalizou. Henrique afastou.

Três minutos depois, o Peixe voltou a ameaçar. Danilo cobrou falta da intermediária e encontrou Durval livre para o cabeceio, mas Deola faz grande defesa.

E de tanto insistir, o Santos acabou marcando aos 30 minutos. Até então discreto no jogo, Borges recebeu cruzamento de Léo e completou para marcar seu 20º gol do Campeonato Brasileiro.

Depois do gol, o Palmeiras tentou pressionar, mas o Santos FC se fechou bem. Ao estilo Muricy Ramalho, o Peixe voltou a vencer e interrompeu uma sequência de três derrotas consecutivas.

Texto: site oficial do Santos


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.