08 set 2011

São dois pra lá, dois pra cá



A fim de manter a vantagem como visitante, o Palmeiras viajou até Curitiba para enfrentar o Atlético-PR na noite desta quarta-feira (07) pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. No 1º turno, o Verdão saiu com a vitória após vencer o time paranaense por 1 a 0, com gol de Chico, que começou o jogo como titular no lugar de Márcio Araújo.

Para o confronto, o elenco alviverde contou com a volta do zagueiro Thiago Heleno (recuperado de uma amigdalite) e do atacante Kleber, que levou uma pancada no joelho direito, mas já está recuperado. O único desfalque para a partida foi o Maurício Ramos, que levou o terceiro cartão amarelo e cumpriu suspensão automática.

No esquema 4-4-2 e com o time mais ofensivo, o Verdão foi superior durante toda a partida, mas não conseguiu a vitória fora de casa. Com gols de Henrique e Fernandão para o Palmeiras, e Guerrón e Marcinho – de pênalti – para o Atlético-PR, a partida terminou em 2 a 2 e o Palmeiras voltou para São Paulo com um ponto na bagagem.

Partindo para cima logo no início da partida, o Palmeiras entrou em campo com vontade de levar os três pontos na bagagem. Logo aos 4min de bola rolando, Fernandão carregou até a linha de fundo, mas foi parado pelo zagueiro. Na sobra, Kleber tentou uma jogada com Gabriel Silva que cruzou nas mãos do goleiro.

Mostrando raça e vontade, o Verdão foi pra cima do Atlético-PR e, aos 9min, Assunção cobrou falta venenosa na direção de Henrique, que subiu para cabecear, mas Renan Rocha aliviou para os atleticanos.

Na primeira vez, não deu. Mas na segunda, o recém convocado para a seleção brasileira não desperdiçou. Aos 14min, Marcos Assunção cobrou falta pela direita, Kleber recebeu na linha de fundo e cruzou para Henrique subir sozinho e marcar o primeiro gol da partida.

Com mais chances claras de gol, o Verdão seguiu melhor durante todo o primeiro tempo pressionando o time da casa. Mas, aos 34min, o Atlético-PR cobrou escanteio e Guerrón deixou tudo igual em Curitiba. Logo em seguida, Cleber Santana fez falta em Luan, levou cartão amarelo, reclamou do juiz e foi expulso de campo.

Mesmo com o jogo nervoso, o Palmeiras manteve a superioridade na partida. Mas, mesmo assim, a primeira etapa terminou tudo igual: Atlético-PR 1×1 Palmeiras.

Na volta dos vestiários, Felipão mexeu na equipe e colocou Leandro Amaro no lugar de Thiago Heleno, que levou cartão amarelo durante o primeiro tempo e saiu para ser poupado.

Com um a mais em campo e não muito diferente do início da partida, o Verdão começou a segunda etapa pressionando e assustando os atleticanos. Aos 6min, Kleber tentou uma jogada pela direita, cruzou na área, mas a zaga desviou para escanteio com o braço. O auxiliar indicou apenas escanteio e, por reclamação, o camisa 30 levou o terceiro cartão amarelo e não jogará contra o Internacional.

Dois minutos depois, Assunção cobrou escanteio pela direita, Luan subiu, cabeceou e obrigou o goleiro a fazer boa defesa. Mas, Renan Rocha não afastou completamente o perigo e Fernandão aproveitou o rebote para ampliar para o Palmeiras.

Aos 24min, Guerrón aproveitou o chutão da zaga, passou pela defesa palmeirense e só conseguiu ser parado por Marcos. O árbitro Marcelo de Lima Henrique assinalou pênalti contra o Palmeiras. Na cobrança, Marcinho bateu forte no canto direito e o goleiro alviverde pulou para o lado contrário. Atlético-PR 2×2 Palmeiras.

Após o gol, Felipão fez duas alterações na equipe. Ricardo Bueno substituiu Fernandão e Patrik deixou o gramado para a entrada de Tinga. O Palmeiras aproveitou a vantagem que tinha em campo e tentou ousar, em busca de garantir o gol da vitória.

Sem sucesso, o jogo terminou tudo igual na Arena da Baixada. Com o resultado, o Verdão soma 37 pontos na tabela e cai para a 7ª posição na tabela.

O próximo confronto será contra o Internacional, domingo (11), às 16h, no estádio do Pacaembu, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 2 x 2 PALMEIRAS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 7 de setembro de 2011, quarta-feira

Público: 12.219 pessoas

Renda: R$ 201.330,00

Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (Fifa-RJ) e Rodrigo F. Henrique Correa (RJ)

Cartões amarelos: Marcelo Oliveira, Deivid, Cléber Santana, Kléberson e Mádson (Atlético-PR); Thiago Heleno, Kléber, João Vítor, Marcos, Cicinho e Tinga (Palmeiras)

Cartão vermelho: Cléber Santana (Atlético-PR)

Gols:

ATLÉTICO-PR: Guerrón, aos 34 minutos do primeiro tempo; Marcinho (pênalti), aos 25 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Henrique, aos 14 minutos do primeiro tempo; Fernandão, aos sete minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Rafael Santos e Héracles; Deivid, Cléber Santana, Marcelo Oliveira (Mádson) e Marcinho; Adaílton (Kléberson) e Guerrón (Pablo). Técnico: Antônio Lopes

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Henrique, Thiago Heleno (Leandro Amaro) e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção e Patrik (Tinga); Luan, Kleber e Fernandão (Ricardo Bueno). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

 Texto: site oficial do Palmeiras


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 fev 2018
Copa do Brasil tem jogo com nove gols no segundo tempo. Veja resultados

22 fev 2018
Veja como é a promoção carijó envolvendo ingresso de Tupi x Atlético

22 fev 2018
JF Vôlei abre 2 a 0 sobre vice-líder Sesc, mas sofre virada e perde uma posição

21 fev 2018
Tupi x Atlético em JF: ingressos, transporte, acesso, estacionamento

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.