10 set 2011

Mesmo com 7 desfalques, mais uma vitória e a sexta partida invicto



Com gol do artilheiro do Brasileirão, Borges – 16 tentos em 19 jogos pelo Peixe – e grande atuação de Neymar, que driblou, passou e correu muito, o Santos FC bateu o Cruzeiro por 1 a 0 e chegou ao sexto jogo seguido em perder na competição. O Peixe dominou o jogo todo e ainda teve dois gols anulados – Borges e Edu Dracena. Do lado mineiro, Montillo cobrou um pênalti para fora em uma das raras chegadas do time visitante. Além disso, o goleiro adversário, também Rafael, em noite inspirada, evitou o que poderia ter sido uma goleada. A equipe de Minas ainda teve dois expulsos após faltas em Neymar. O confronto, válido pela 23ª rodada do nacional, foi realizado neste sábado (10), na Vila Belmiro.

Assim, o Alvinegro Praiano chegou aos 29 pontos e subiu para a 12ª posição da tabela de classificação. A equipe ainda tem dois jogos adiados a realizar, contra Grêmio e Botafogo.

Agora, o time santista volta a entrar em campo em clássico contra o Corinthians, domingo (18), às 16 horas, no Pacaembu.

 Jogo

Com sete desfalques – Danilo e Adriano suspensos, Arouca, Ganso, Elano, Ibson e Pará, o Peixe entrou em campo com Rafael, Bruno Aguiar, Edu Dracena, Durval e Léo; Henrique, Alison e Felipe Anderson; Neymar, Alan Kardec e Borges.

A equipe santista sofreu uma baixa logo com um minuto. Alison, dos juniores, que estreava no profissional, sentiu em disputa com o cruzeirense e foi substituído por Anderson Carvalho.

O Alvinegro começou o jogo em cima do time mineiro e, logo aos cinco minutos, quase abriu o placar com Borges. Após bate rebate na área mineira em cobrança de falta da intermediária, o matador finalizou, mas o goleiro cruzeirense Rafael espalmou, fazendo linda defesa.

Dois minutos depois, Neymar tocou de calcanhar para Henrique dentro da área. O meio campista passou para Alan Kardec. O atacante chutou para mais uma grande defesa de Rafael.

O Peixe balançou as redes aos nove, mas o bandeira marcou impedimento. Após desvio em levantamento na área em cobrança de falta, Edu Dracena empurrou para o gol. Porém, o auxiliar marcou posição irregular.

Mas aos 12 não teve jeito. Em triangulação do ataque santista, Neymar enfiou para Alan Kardec, que invadiu a área e passou para Borges desviar para as redes. Foi o 16º gol do artilheiro do Brasileirão em 19 jogos com a camisa do Santos FC.

O segundo quase saiu aos 17. Felipe Anderson recebeu na entrada da área e fuzilou. Rafael, do Cruzeiro, espalmou em mais uma grande defesa.

O time santista acabou tendo mais um gol anulado aos 21 minutos. Neymar levantou na área em cobrança de falta. Borges veio de trás da zaga e desviou para as redes, mas o bandeira marcou mais um impedimento.

Aos 28, mais uma grande chegada do Peixe. Neymar cruzou rasteiro da linha de fundo e Alan Kardec finalizou de primeira. Mas a bola passou por cima da meta.

O Cruzeiro teve a chance de empatar três minutos depois. O árbitro marcou pênalti em disputa de Anderson Carvalho com Montillo. Na cobrança, o argentino bateu para fora.

Melhor no confronto, o Peixe seguia em cima e quase fez mais um aos 36. Anderson Carvalho recebeu lançamento e finalizou na saída de Rafael, que fez mais uma grande defesa.

O time mineiro voltou ao ataque aos 39. Após triangulação, Roger finalizou dentro da área. Rafael defendeu em dois tempos.

 Segundo tempo

Atrás o placar, o Cruzeiro foi para cima na volta para a segunda etapa. Após jogada de Montillo, Bobô ficou com a sobra e finalizou dentro da área, mas Rafael encaixou sem dar rebote.

A resposta santista veio aos sete minutos. Neymar levantou na área em cobrança de falta da intermediária e Rafael tirou de soco.

Aos 12, foi a vez do Rafael do Peixe aparecer. Bobô finalizou e o arqueiro espalmou fazendo linda defesa.

Aos 19 minutos, Borges pediu para ser substituído e Diogo entrou em campo.

Três minutos depois, o talento de Neymar apareceu e o Cruzeiro ficou com um a menos. O craque tentou chapéu de carretilha e foi derrubado por Léo, que recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Aos 28, Anderson Carvalho saiu para a entrada de Crystian, mais um Menino da Vila.

O Peixe voltaria ao ataque com perigo aos 36. Alan Kardec recebeu na área e finalizou, mas o arqueiro cruzeirense, em noite inspirada, fez mais uma grande defesa.

Já aos 40, Neymar recebeu na ponta esquerda, cortou para o meio e bateu cruzado. A bola passou tirando tinta da trave esquerda cruzeirense.

E o time mineiro ainda teve mais um expulso aos 44. Fabrício deu entrada dura em Neymar e recebeu o vermelho direto.

Já nos acréscimos, aos 46, em contra-ataque, Alan Kardec desviou de cabeça para Neymar, que foi travado no momento do chute.

 Texto: site oficial do Santos


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

11 fev 2018
Tupi termina a rodada em nono. Leão e jogadores destacam entrega

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse