01 set 2011

Fluzão está vivo: 2 a 1



Foi na técnica e na garra. O Fluminense precisava mais do que nunca da vitória no jogo desta quarta-feira (31/08). Por tudo. Para fugir da crise, por Pinheiro, pelo os tricolores, pela paz e por Abel, que faz aniversário nesta quinta-feira (01/09). E ela veio. A tão esperada vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo no Morumbi foi para dizer que o Fluminense, atual campeão brasileiro, está de volta ao campeonato. Os gols de Lanzini e Rafael Sobis, credenciaram o Tricolor, o único e original, a voltar para a briga no topo da tabela. Com o resultado, o Fluminense pulou para oitavo lugar com 28 pontos e agora enfrentará o Atlético-GO no sábado (03/09), às 18h, em Volta Redonda. Lugar de tricolor sábado é no Raulino de Oliveira.

– A diferença desta vez para as últimas que falei para vocês (imprensa) é que hoje estou feliz. Nesse jogo, nós jogamos bem e vencemos. Em alguns jogos não jogamos tão mal e acabamos perdendo. Estou feliz porque os jogadores mereciam esta vitória há muito tempo. Nós lutamos, corremos, criamos as chances e vencemos um jogo importante – declarou Abel sobre a bela atuação do time em São Paulo.

O JOGO

Com disposição e muita organização tática, o Fluminense dominou inteiramente o primeiro tempo. Com Marquinho na lateral-esquerda no lugar de Carlinhos gripado e com um esquema de três volantes, o técnico Abel Braga optou por Fernando Bob ao lado de Diogo e Edinho. Lanzini jogou solto e distribuiu bem as jogadas no meio campo tricolor. Fred cumpriu o seu papel de líder e de referência na área, prendendo e chamando o jogo no ataque. Tanto que o primeiro tempo foi amplamente dominado pelo Fluminense.

Logo aos oito minutos, Lanzini mostrou seu cartão de visitas e apareceu sozinho dentro da área, mas o zagueiro são-paulino Wellington recuperou-se e conseguiu evitar a finalização da joia tricolor. A pressão do Flu permaneceu e aos 18 minutos, Marquinho chutou da entrada da área, a bola desviou em Rhodolfo e sobrou para Lanzini colocar no fundo da rede, 1 a 0. Ocoma vantagem no placar, o time recuou a marcação e propôs-se a chamar o São Paulo para o jogo. Aos 31 minutos, mais uma vez Lanzini, puxou um contra-ataque rápido e por pouco não acertou um passe para Ciro que o colocaria na cara do gol.

A zaga campeã brasileira formada por Gum e Leandro Euzébio, voltou a jogar junto depois de um longo período devido a contusão deste último. Foi um “Deja Vu” tricolor que relembrou a solidez defensiva mostrada no ano passado. No meio, Diogo anulou Lucas e Edinho fez o mesmo com Rivaldo. As bolas não chegavam em Dagoberto e muito menos em Willian José, que entrou no intervalo.

Na segunda etapa, o Fluminense manteve sua proposta de jogo, continuou recuado se oferecendo em jogar nos contra-ataques esperando os paulistas no seu campo. Aos 19 minutos, Diogo conseguiu belo cruzamento pela direita, Fred na segunda trave ajeitou de cabeça para trás, com carinho para Rafael Sobis, que acabara de entrar no lugar de Ciro marcar de primeira o segundo gol do Flu, 2 a 0.

Aos 29 minutos, o árbitro Elmo Resende marcou pênalti duvidoso de Leandro Euzébio em Dagoberto. Rogério Ceni cobrou no meio e descontou para o São Paulo. Mas nada que estragasse a vitória do verdadeiro Tricolor. Aos 38, Fred ainda obrigou Ceni a fazer bela defesa em falta cobrada da intermediária. Mas já não dava tempo para nada. Final de jogo no Morumbi, 2 a 1 para o Fluminense e a vitória da paz. A que grita em tom de desabafo, aliviando a angústia no peito dos milhares de tricolores em todo Brasil.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 x 2 FLUMINENSE

Estádio: Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi)

Local: São Paulo/SP

Horário: 21h50

Público e renda: 7.910 pagantes / R$ 185.130,00

Arbitragem: Elmo Resende (GO), auxiliado por Roberto Braatz e Cristian Passos

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, João Felipe, Rodolpho e Juan; Wellington, Casemiro (Cañete), Cícero e Rivaldo (Willian José); Lucas e Dagoberto (Marlos) – Técnico: Adilson Batista

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Marquinho; Edinho, Diogo, Fernando Bob (Digão) e Lanzini (Souza); Ciro (Rafael Sobis) e Fred – Técnico: Abel Braga

Gols: Lanzini (18 min / 1ºT) e Rafael Sobis (20 min / 2ºT) – FLU / Rogério Ceni (29 min / 2ºT)

Cartão amarelo: Leandro Euzébio, Fred – FLU / Juan, Wellington, Jean e Rogério Ceni – São Paulo

Cartão vermelho: Jean (São Paulo)

 Texto: site oficial do Fluminense


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


25 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 7

24 abr 2018
Série C: Tupi perde seis posições e recebe Operário-PR sábado

24 abr 2018
Mais uma do Toque de Bola: baixe o seu wallpaper do acesso do Baeta!

23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.