01 set 2011

Borges comanda reação histórica: 3 a 3 no Beira-Rio



Com o brilho de Borges, o Santos FC conseguiu um empate histórico com o Internacional, nesta quarta-feira (31), no Beira-Rio. Aos 26 minutos do segundo tempo, o Peixe perdia por 3 a 0 e o jogo parecia decidido. Porém, Borges descontou de cabeça aos 30 minutos, deu o passa para Alan Kardec marcar o segundo para os santistas e converteu o tento de empate aos 42 minutos.

Ao marcar duas vezes, Borges se isolou na artilharia do Brasileirão, com 14 gols. Com o resultado, o Peixe chegou aos 23 pontos e manteve-se na 14ª colocação no Brasileirão.

O confronto do Santos FC contra o Botafogo, pela próxima rodada do Brasileirão (21ª), foi adiado em razão da convocação de Danilo, Neymar e PH Ganso para o amistoso da Seleção Brasileira contra Gana. O time de Mano Menezes joga no dia 5 de setembro, em Londres.

Assim, o Peixe volta a jogar pelo Brasileirão somente na próxima quarta-feira (07), contra o Avaí, na Ressacada, pela 22ª rodada.

O Jogo

O Internacional abriu o placar logo aos sete minutos de jogo. Após cruzamento, Bolívar cabeceou para o chão, sem chances de defesa para Rafael.

Após o gol, o Santos FC teve mais posse de bola, mas se expôs para o contra-ataque. Nei apareceu pela direita e cruzou na cabeça de Leandro Damião, que ampliou de cabeça.

Depois do segundo gol colorado, o jogo esfriou. O Santos FC teve boa chance aos 35 minutos, quando Léo invadiu a área, arriscou, mas mandou por cima do travessão.

Nos últimos cinco minutos, o Santos FC teve duas chances com Danilo. Na primeira, o volante quase marcou um gol olímpico. Muriel afastou o perigo. Na segunda, ele arriscou de fora da área, mas novamente o goleiro colorado defendeu. Assim, a primeira etapa terminou com a vitória parcial do Internacional por 2 a 0.

Segunda etapa

O Peixe voltou do intervalo com uma alteração. Precisando buscar o resultado, Muricy Ramalho trocou Pará por Alan Kardec.

A primeira chance do segundo tempo foi do Internacional, com Leandro Damião. O centro avante cabeceou forte, mas mandou para fora.

Aos 18 minutos, o Peixe teve boa chance. A zaga do Inter entregou de presente para PH Ganso, que arriscou de fora da área, mas mandou pela linha de fundo. Quatro minutos depois, foi a vez de Borges girar bonito e finalizar. Muriel fez difícil defesa.

Mas o Internacional chegou ao terceiro gol, aos 26 minutos. O arbitro marcou falta de Edu Dracena em Bolivar. Oscar cobrou no canto esquerdo, sem chances para Rafael.

Porém, o Santos não estava morto e empatou o jogo em 10 minutos. Aos 30, Alan Kardec cruzou Borges cabeceou para o fundo do gol. Foi o 13º gol do artilheiro do Brasileirão.

No segundo gol santista, as funções se inverteram. Borges brigou pela bola na direita e cruzou para Alan Kardec, que bateu rasteiro e diminuiu para o Peixe.

O técnico Muricy Ramalho fez mais duas substituições para buscar o resultado. O meia Felipe Anderson entrou na vaga de Adriano e o jovem Crystian substituiu Léo, na lateral esquerda.

O improvável empate do Peixe aconteceu com Borges, o astro da noite. Ele roubou a bola dentro da área, cortou para o meio e seu 14º gol na competição

Texto: site oficial do Santos


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 fev 2018
JF Vôlei tem semana de desafios seguidos em busca da reação na Superliga

17 fev 2018
Baeta perde na estreia do Módulo 2

17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse