14 ago 2011

Perde mais que ganha



No próximo desafio, quarta, 17, contra o Figueirense, a equipe conta com o apoio dos torcedores para retomar o caminho das vitórias, depois do tropeço frente ao Grêmio, neste domingo (14), no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. O Tricolor foi superado por 2 a 1: Fred abriu o placar e Marquinhos, com dois gols, virou para os gaúchos.

– Vamos jogar as próximas duas partidas no Engenhão e precisamos voltar a vencer, além de trabalhar para conseguir melhores resultados fora de casa – destacou o camisa 9 do Fluzão, que voltou ao time balançando as redes.

O Fluminense permanece na 9ª colocação, com 21 pontos em 15 jogos.

Jogo no Olímpico: como foi?

Com o lindo terceiro uniforme, o Flu entrou em campo com muita disposição, maior posse de bola e estudando o posicionamento dos comandados de Celso Roth, mas foi do Grêmio o primeiro lance de perigo. Aos 9 minutos, Lúcio lançou na área e Valencia cabeceou pra fora. No escanteio, Márcio Rosário anulou o ataque. O Fluminense respondeu, imediatamente: Mariano avançou pela direita e chutou, perigosamente, à direita de Victor.

Aos 16 minutos, o meia Marquinhos começou a mostrar que em seus pés estavam as principais armas gremistas. Falta pela esquerda e a área do Fluzão estava lotada, mas o meia tentou surpreender e bateu direto. Diego Cavalieri saltou e fez grande defesa. Já pelo lado carioca, era Carlinhos quem levava preocupação ao adversário. Tanto que, aos 24, o lateral tabelou com Marquinho e cruzou na cabeça do artilheiro Fred: 1 a 0.

Quando o Fluminense já desenhava o segundo gol, aos 30, Lúcio trabalhou a bola na entrada da área e tocou para Marquinhos, na frente de Cavalieri, que nada pôde fazer: 1 a 1. Carlinhos continuou atuando como um verdadeiro ala e, em ótima jogada pela esquerda, trouxe para a perna direita e bateu. Victor deu rebote e Rafael Sobis emendou, mas o goleiro desviou o chute.

Já nos acréscimos – 45 minutos e 25 segundos, o árbitro Paulo César Oliveira apontou falta, na entrada da área. Marquinhos bateu, com perfeição, no ângulo e o Grêmio virou o placar.

A segunda etapa trouxe um time com sede de gol – o Fluminense – e outro esperando o fim do jogo – o Grêmio. Apesar desta discrepância de interesses, apenas dois lances colocaram o Fluzão perto do empate. Aos 9 minutos, Carlinhos levou a bola do meio de campo até a linha de fundo, com muita velocidade. Levantou na área e Fred escorou para fora. Aos 31, mais uma vez Carlinhos. Ele foi derrubado e, na cobrança da falta, Victor socou para fora da área. Araújo pegou, de primeira, e a bola raspou a trave.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 14 de agosto de 2011 – Domingo – 18h30

Grêmio 2 x 1 Fluminense – Estádio Olímpico – Porto Alegre (RS)

Arbitragem: Paulo César Oliveira (Fifa-SP), Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)

Grêmio: Victor; Adilson, Vilson, Saimon e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Lúcio e Marquinhos (Willian Magrão); Leandro (Miralles) e André Lima (Brandão). Técnico: Celso Roth

Fluminense: Diego Cavalieri; Mariano, Digão, Márcio Rosário e Carlinhos; Valencia, Fernando Bob, Souza (Martinuccio) e Marquinho (Araújo) ; Rafael Sobis (Rafael Moura) e Fred. Técnico Abel Braga

Cartões amarelos: Leandro, Fábio Rochemback, Marquinhos, Adilson e Brandão (Grêmio); Digão e Fernando Bob (Fluminense)

Gols: Fred (24′ do 1º tempo), Marquinhos (30′ e 45′ do 1º)

 Texto: site oficial do Fluminense


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.