05 ago 2011

Desta vez não teve perde ganha: 2 a 0



Com gols de Souza, Rafael Moura e um pênalti defendido por Diego Cavalieri, o Fluminense venceu o Internacional por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (4), no Engenhão, partida de estreia do novo terceiro uniforme. Com esta vitória, a segunda consecutiva, o Tricolor chegou aos 21 pontos, garantindo a 7ª colocação na tabela.

Determinadas a buscar a vitória, as duas equipes começaram o jogo lutando o tempo todo pela posse de bola e tentando diminuir os espaços do adversário. Mesmo sem criar grandes chances de gol, os visitantes estiveram melhores em campo até meados da primeira etapa, quando o Tricolor avançou a marcação e passou a ter mais o controle do jogo.

Apesar de aumentar a posse de bola, o Fluminense rodeava a área adversária sem conseguir invadir efetivamente a defesa do Inter. A dificuldade era tanta que a primeira grande chance veio em uma bola parada. Aos 27, Marquinho cobrou escanteio pela direita e Gum cabeceou com grande perigo para boa defesa de Muriel.

Ainda na primeira etapa, os comandados do técnico Abel Braga poderiam ter aberto o placar com Marquinho. No lance, aos 42, o meia recebeu lançamento na área e na hora da conclusão foi puxado. O árbitro não viu pênalti e a partida continuou sem gols. No último minuto, Tinga aproveitou um cruzamento da esquerda e bateu de primeira, obrigando Diego Cavalieri a fazer uma importante defesa no reflexo.

Veio a segunda etapa e o Fluminense continuou imprimindo o mesmo ritmo, mas ainda com alguma dificuldade para penetrar a área adversária, restando novamente as bolas áreas. Aos 11, Mariano levantou no segundo poste e encontrou Souza, que com um toque de cabeça tirou o goleiro e abriu o placar no Engenhão.

Mesmo na frente, o Tricolor continuou superior, buscando o segundo gol. Aos 22, porém, o árbitro viu pênalti em Leandro Damião. D´alessandro foi o encarregado da cobrança e Diego Cavalieri o responsável pela vibração da torcida, quando parou o chute e impediu o empate.

O jogo ganhou em velocidade e mesmo com o tempo se esgotando, o Fluminense não recuou. Até que aos 40, uma tabela rápida no ataque envolvendo Ciro, que substituiu Sobis, e Fernando Bob, que entrou no lugar de Diguinho, terminou em pênalti sobre o volante tricolor. Na sequência do lance, o zagueiro Wilson Matias ainda foi expulso. Na cobrança, Rafael Moura bateu firme e marcou o segundo para o Tricolor, garantindo a vitória.

No próximo domingo, às 16h, o Fluminense vai a Minas Gerais onde enfrenta o América-MG, na Arena do Jacaré.

  Sem Fred

Os jogadores do Fluminense dedicaram a vitória a Fred. Na noite de terça, ele e Rafael Moura teriam sido perseguidos por um grupo de torcedores na saída de um bar. Rafael Moura já deu entrevistas e publicou nota pela assessoria garantindo que não fez uso de bebida alcoólica. Fred ainda não se pronunciou. Antes da partida, pediu para não atuar devido a problemas psicológicos em função da perseguição.

 Texto e foto: site oficial do Fluminense


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.