28 ago 2011

Bom empate, na raça e graças a Felipe



Não foi o melhor resultado e nem de perto o que os jogadores e a torcida queriam. Mas, diante da situação apresentada no clássico diante do Vasco, o empate em 0 a 0 não pode ser classificado como ruim. Jogando com um a menos desde o primeiro tempo, o Flamengo foi valente, mostrou muita disposição e conseguiu sair de campo com um pontinho. Ponto que mantém o time na segunda posição do Brasileirão, tirando ainda um pouco da diferença para o Corinthians, que perdeu.

O Flamengo está com 36 pontos e, na próxima quarta-feira (28.08), enfrentará, pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro, o Avaí, em Florianópolis.

Na primeira etapa, os dois times saíram para o jogo, buscando o gol a todo momento. Logo aos quatro minutos, Eder Luis assustou a meta de Felipe e, no minuto seguinte, o Flamengo respondeu. Ronaldinho deu passe açucarado para Léo Moura que chutou para grande defesa de Fernando Prass.

Pouco tempo depois, aos nove minutos, Alex Silva sofreu uma torção no joelho e teve que deixar o gramado para a entrada de Ronaldo Angelim. Ainda meio atordoado com a saída de seu zagueiro titular, o Flamengo passou por momentos de dificuldade, mas Felipe apareceu bem e fez duas grandes defesas em cabeçadas de Alecsandro e Romulo.

Apesar de ter mais posse de bola, o Flamengo errava muitos passes e não conseguia criar chances de gol claras. Enquanto isso, Felipe sofreu com duas faltas perigosas cobradas por Juninho Pernambucano, uma delas originada em jogada onde o zagueiro Welinton acabou expulso.

Ronaldinho ainda cobrou falta com perigo antes de terminar o primeiro tempo, mas Fernando Prass defendeu. Veio a segunda etapa e a partida ganhou emoção e velocidade. O Flamengo voltou para campo com Negueba e Luiz Philipe nos lugares de Bottinelli e Deivid. Mas, com um jogador a mais, o Vasco passou a chegar com mais perigo.

Juninho e Dedé assustaram a meta de Felipe aos 14 e 15 minutos. Somente aos 25 o Flamengo respondeu. Léo Moura de cabeça quase abriu o placar. Mesmo sem contar mais com o treinador Ricardo Gomes, que passou mal e teve que sair de ambulância de campo, o Vasco mexeu. Colocou mais um atacante, Leandro e paritu para cima do time rubro-negro.

O domínio cruzmaltino passou a ser mais evidente, mas apenas uma chance clara de gol foi criada, com Elton, de calcanhar. O atacante vascaíno concluiu bem para o gol, mas Felipe fez grande defesa. Vale destacar a garra dos jogadores do Flamengo, que compensou a diferença numérica em campo: 0 a 0.

Texto: site oficial do Flamengo


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.