28 ago 2011

Bom empate, na raça e graças a Felipe



Não foi o melhor resultado e nem de perto o que os jogadores e a torcida queriam. Mas, diante da situação apresentada no clássico diante do Vasco, o empate em 0 a 0 não pode ser classificado como ruim. Jogando com um a menos desde o primeiro tempo, o Flamengo foi valente, mostrou muita disposição e conseguiu sair de campo com um pontinho. Ponto que mantém o time na segunda posição do Brasileirão, tirando ainda um pouco da diferença para o Corinthians, que perdeu.

O Flamengo está com 36 pontos e, na próxima quarta-feira (28.08), enfrentará, pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro, o Avaí, em Florianópolis.

Na primeira etapa, os dois times saíram para o jogo, buscando o gol a todo momento. Logo aos quatro minutos, Eder Luis assustou a meta de Felipe e, no minuto seguinte, o Flamengo respondeu. Ronaldinho deu passe açucarado para Léo Moura que chutou para grande defesa de Fernando Prass.

Pouco tempo depois, aos nove minutos, Alex Silva sofreu uma torção no joelho e teve que deixar o gramado para a entrada de Ronaldo Angelim. Ainda meio atordoado com a saída de seu zagueiro titular, o Flamengo passou por momentos de dificuldade, mas Felipe apareceu bem e fez duas grandes defesas em cabeçadas de Alecsandro e Romulo.

Apesar de ter mais posse de bola, o Flamengo errava muitos passes e não conseguia criar chances de gol claras. Enquanto isso, Felipe sofreu com duas faltas perigosas cobradas por Juninho Pernambucano, uma delas originada em jogada onde o zagueiro Welinton acabou expulso.

Ronaldinho ainda cobrou falta com perigo antes de terminar o primeiro tempo, mas Fernando Prass defendeu. Veio a segunda etapa e a partida ganhou emoção e velocidade. O Flamengo voltou para campo com Negueba e Luiz Philipe nos lugares de Bottinelli e Deivid. Mas, com um jogador a mais, o Vasco passou a chegar com mais perigo.

Juninho e Dedé assustaram a meta de Felipe aos 14 e 15 minutos. Somente aos 25 o Flamengo respondeu. Léo Moura de cabeça quase abriu o placar. Mesmo sem contar mais com o treinador Ricardo Gomes, que passou mal e teve que sair de ambulância de campo, o Vasco mexeu. Colocou mais um atacante, Leandro e paritu para cima do time rubro-negro.

O domínio cruzmaltino passou a ser mais evidente, mas apenas uma chance clara de gol foi criada, com Elton, de calcanhar. O atacante vascaíno concluiu bem para o gol, mas Felipe fez grande defesa. Vale destacar a garra dos jogadores do Flamengo, que compensou a diferença numérica em campo: 0 a 0.

Texto: site oficial do Flamengo


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

18 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

16 set 2017
Diretoria do Tupi estuda manter preços promocionais para o jogo de volta

16 set 2017
Aílton cita título brasileiro de 96 pelo Grêmio, contra a Lusa, para animar jogadores

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.