28 jul 2011

Virada, vitória e alívio



Depois de quatro rodadas de jejum, o Botafogo virou o jogo sobre o Avaí em 2 a 1, nesta quarta-feira, no Engenhão, e fez o técnico Caio Júnior respirar aliviado. O treinador sentia a pressão da torcida e cogitou-se até sua demissão.

Dirceu marcou para o Avaí logo de casa. Apesar dos muitos desfalques, a equipe da casa correu atrás da desvantagem. Maicossuel, outro que também estava recebendo críticas, e Herrera fizeram os gols da equipe da casa.

O jogo foi caracterizado por muitos erros cometidos pelas duas equipes. E a torcida do Botafogo, insatisfeita com a situação da equipe, não escondeu seu desagrado com o técnico Caio Júnior, hostilizado durante a maior parte do jogo. O Avaí teve maior posse de bola mas não soube transformar o domínio em gols.

Na próxima rodada o Botafogo vai enfrentar o Cruzeiro na Arena do Jacaré. O Avaí receberá o Corinthians, na Ressacada. O Botafogo soma 19 pontos, temporariamente na sexta colocação. O Avaí tem sete e é o penúltimo.

O jogo

Diante de um público muito pequeno, Botafogo e Avaí iniciaram a partida de forma cautelosa. Quando os dois times ainda estavam se estudando, o time visitante marcou o primeiro gol aos seis minutos. A bola foi levantada na área, Welton Felipe desviou e Dirceu entrou livre para tocar com o pé direito e colocar nas redes de Jefferson que não teve a menor chance de defesa.

O gol deixou o time alvinegro mais nervoso e aos oito minutos, depois de cometer três faltas, o atacante Herrera recebeu cartão amarelo. O time dirigido por Caio Junior mostrava muito nervosismo e não conseguia armar jogadas de ataque, insistindo nos cruzamentos que eram facilmente bloqueados pela defesa catarinense.

Aos 18 minutos, o Avaí saiu em velocidade e Pedro Ken foi lançado nas costas dos zagueiros alvinegros. O atacante catarinense entrou livre e chutou para fora, perdendo uma grande chance de ampliar o marcador.

A torcida tentava empurrar o time, mas os gritos de incentivo eram logo substituidos por vaias quando a equipe errava as jogadas. Aos 27 minutos, o Botafogo empatou a partida. Márcio Azevedo fez grande jogada pela esquerda, se livrou da marcação e rolou para Maicossuel que bateu de primeira no ângulo esquerdo do goleiro Felipe.

O Avaí não se abalou e aos 31 minutos, quase desempata em cabeçada de Welton Felipe que passou raspando. Na cobrança do tiro de meta, Jefferson saiu jogando errado e proporcionou nova chance ao Avaí. A bola acabou nos pés de William que chutou por cima quando estava livre diante do goleiro alvinegro.

O Botafogo desempatou aos 37 minutos. Elkeson cobrou falta na entrada da área e lançou para Herrera que tocou de cabeça fora do alcance do goleiro Felipe. A vantagem acalmou a equipe carioca que passou a tocar a bola com mais constância e saindo sempre com Márcio Azevedo que sempre levava vantagem sobre seus marcadores.

O Avaí voltou mais ofensivo e logo aos dois minutos, ao tentar aliviar o perigo, Gustavo chutou a bola em cima do volante Léo e a bola quase sobrou para o atacante Wiliam. O time catarinense seguiu pressionando em busca do gol de empate, e o Botafogo apenas se preocupar em afastar o perigo da sua área.

O time catarinense seguia trocando bolas na intermediária carioca e um chute de Pedro Ken obrigou Jéfferson a uma boa defesa. Para aumentar a força do ataque, o técnico Gallo trocou o meia Fabiano pelo atacante Rafael Coelho.

Já o Botafogo não conseguia trocar três passes e apelava para os lançamentos longos em direção aos atacantes sem o menor sucesso. Só aos 14 minutos é que o Botafogo chegou na área em cabeçada de Alexandre Oliveira que Felipe defendeu sem dificuldade. Aos 19 minutos,o Avaí chegou a marcar mas a arbitragem anulou o lance.

O técnico Caio Júnior decidiu substituir Maicossuel por Felipe Menezes e foi chamado de burro pela torcida botafoguense. Os protestos contra o treinador se intensificaram quando o treinador alvinegro tirou Herrera e colocou Alex.

As modificações feitas por Caio Júnior não surtiram efeito e o Avaí continuou com o domínio das ações, embora sem mostrar competência para aproveitar a maior posse de bola. Aos 34 minutos, o atacante Caio sofreu uma entorse violenta e acabou sendo obrigado a deixar o campo.

Com um jogador a menos e sem qualquer inspiração, o time alvinegro se limitava a defender o resultado. Aos 39 minutos, Pedro Ken cobrou falta com grande perigo para o gol de Jéfferson. O Botafogo teve uma grande chance de marcar o terceiro gol aos 43 minutos quando Alessandro e Elkeson arrancaram livres para a área catarinense mas o meia errou a conclusão.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-RJ 2 x 1 AVAÍ-SC

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 27 de julho de 2011 (Quarta-feira)

Horário: 19h30(de Brasília)

Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)

Assistentes: Jossemmar Moutinho (PE) e Thiago Brigido (CE)

Cartão Amarelo: Herrera, Márcio Azevedo, João Filipe(Bota); Marcos Paulo. Welton Felipe, Fabiano(Av)

Gols:

BOTAFOGO: Maicosuel aos 27 minutos e Herrera aos 37 minutos do primeiro tempo

AVAÍ: Dirceu aos seis minutos do primeiro tempo

BOTAFOGO: Jéfferson; Alessandro, João Filipe, Gustavo e Márcio Azevedo; Léo, Renato, Maicosuel(Felipe Menezes) e Elkeson; Herrera(Alex) e Alexandre Oliveira(Caio). Técnico: Caio Junior

AVAÍ: Felipe, Welton Felipe, Bruno e Dirceu; Daniel, Marcos Paulo(Batista), Pedro Ken, Fabiano(Rafael Coelho), Cleverson(Estrada) e Romano. Técnico: Alexandre Gallo.

 Texto: site da ESPN 

Foto: Agência Estado


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse