28 jul 2011

Virada, vitória e alívio



Depois de quatro rodadas de jejum, o Botafogo virou o jogo sobre o Avaí em 2 a 1, nesta quarta-feira, no Engenhão, e fez o técnico Caio Júnior respirar aliviado. O treinador sentia a pressão da torcida e cogitou-se até sua demissão.

Dirceu marcou para o Avaí logo de casa. Apesar dos muitos desfalques, a equipe da casa correu atrás da desvantagem. Maicossuel, outro que também estava recebendo críticas, e Herrera fizeram os gols da equipe da casa.

O jogo foi caracterizado por muitos erros cometidos pelas duas equipes. E a torcida do Botafogo, insatisfeita com a situação da equipe, não escondeu seu desagrado com o técnico Caio Júnior, hostilizado durante a maior parte do jogo. O Avaí teve maior posse de bola mas não soube transformar o domínio em gols.

Na próxima rodada o Botafogo vai enfrentar o Cruzeiro na Arena do Jacaré. O Avaí receberá o Corinthians, na Ressacada. O Botafogo soma 19 pontos, temporariamente na sexta colocação. O Avaí tem sete e é o penúltimo.

O jogo

Diante de um público muito pequeno, Botafogo e Avaí iniciaram a partida de forma cautelosa. Quando os dois times ainda estavam se estudando, o time visitante marcou o primeiro gol aos seis minutos. A bola foi levantada na área, Welton Felipe desviou e Dirceu entrou livre para tocar com o pé direito e colocar nas redes de Jefferson que não teve a menor chance de defesa.

O gol deixou o time alvinegro mais nervoso e aos oito minutos, depois de cometer três faltas, o atacante Herrera recebeu cartão amarelo. O time dirigido por Caio Junior mostrava muito nervosismo e não conseguia armar jogadas de ataque, insistindo nos cruzamentos que eram facilmente bloqueados pela defesa catarinense.

Aos 18 minutos, o Avaí saiu em velocidade e Pedro Ken foi lançado nas costas dos zagueiros alvinegros. O atacante catarinense entrou livre e chutou para fora, perdendo uma grande chance de ampliar o marcador.

A torcida tentava empurrar o time, mas os gritos de incentivo eram logo substituidos por vaias quando a equipe errava as jogadas. Aos 27 minutos, o Botafogo empatou a partida. Márcio Azevedo fez grande jogada pela esquerda, se livrou da marcação e rolou para Maicossuel que bateu de primeira no ângulo esquerdo do goleiro Felipe.

O Avaí não se abalou e aos 31 minutos, quase desempata em cabeçada de Welton Felipe que passou raspando. Na cobrança do tiro de meta, Jefferson saiu jogando errado e proporcionou nova chance ao Avaí. A bola acabou nos pés de William que chutou por cima quando estava livre diante do goleiro alvinegro.

O Botafogo desempatou aos 37 minutos. Elkeson cobrou falta na entrada da área e lançou para Herrera que tocou de cabeça fora do alcance do goleiro Felipe. A vantagem acalmou a equipe carioca que passou a tocar a bola com mais constância e saindo sempre com Márcio Azevedo que sempre levava vantagem sobre seus marcadores.

O Avaí voltou mais ofensivo e logo aos dois minutos, ao tentar aliviar o perigo, Gustavo chutou a bola em cima do volante Léo e a bola quase sobrou para o atacante Wiliam. O time catarinense seguiu pressionando em busca do gol de empate, e o Botafogo apenas se preocupar em afastar o perigo da sua área.

O time catarinense seguia trocando bolas na intermediária carioca e um chute de Pedro Ken obrigou Jéfferson a uma boa defesa. Para aumentar a força do ataque, o técnico Gallo trocou o meia Fabiano pelo atacante Rafael Coelho.

Já o Botafogo não conseguia trocar três passes e apelava para os lançamentos longos em direção aos atacantes sem o menor sucesso. Só aos 14 minutos é que o Botafogo chegou na área em cabeçada de Alexandre Oliveira que Felipe defendeu sem dificuldade. Aos 19 minutos,o Avaí chegou a marcar mas a arbitragem anulou o lance.

O técnico Caio Júnior decidiu substituir Maicossuel por Felipe Menezes e foi chamado de burro pela torcida botafoguense. Os protestos contra o treinador se intensificaram quando o treinador alvinegro tirou Herrera e colocou Alex.

As modificações feitas por Caio Júnior não surtiram efeito e o Avaí continuou com o domínio das ações, embora sem mostrar competência para aproveitar a maior posse de bola. Aos 34 minutos, o atacante Caio sofreu uma entorse violenta e acabou sendo obrigado a deixar o campo.

Com um jogador a menos e sem qualquer inspiração, o time alvinegro se limitava a defender o resultado. Aos 39 minutos, Pedro Ken cobrou falta com grande perigo para o gol de Jéfferson. O Botafogo teve uma grande chance de marcar o terceiro gol aos 43 minutos quando Alessandro e Elkeson arrancaram livres para a área catarinense mas o meia errou a conclusão.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-RJ 2 x 1 AVAÍ-SC

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 27 de julho de 2011 (Quarta-feira)

Horário: 19h30(de Brasília)

Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)

Assistentes: Jossemmar Moutinho (PE) e Thiago Brigido (CE)

Cartão Amarelo: Herrera, Márcio Azevedo, João Filipe(Bota); Marcos Paulo. Welton Felipe, Fabiano(Av)

Gols:

BOTAFOGO: Maicosuel aos 27 minutos e Herrera aos 37 minutos do primeiro tempo

AVAÍ: Dirceu aos seis minutos do primeiro tempo

BOTAFOGO: Jéfferson; Alessandro, João Filipe, Gustavo e Márcio Azevedo; Léo, Renato, Maicosuel(Felipe Menezes) e Elkeson; Herrera(Alex) e Alexandre Oliveira(Caio). Técnico: Caio Junior

AVAÍ: Felipe, Welton Felipe, Bruno e Dirceu; Daniel, Marcos Paulo(Batista), Pedro Ken, Fabiano(Rafael Coelho), Cleverson(Estrada) e Romano. Técnico: Alexandre Gallo.

 Texto: site da ESPN 

Foto: Agência Estado


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.