03 jul 2011

O Pacaembu é do Peixe de novo: 1 a 0



Dez dias depois de levantar o Tri-campeonato da Libertadores da América, o Santos voltou ao Pacaembu neste sábado, e venceu o América-MG por 1 a 0 em jogo atrasado, válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo com Elano, PH Ganso e Neymar servindo a seleção brasileira.

Com a vitória, O Peixe chegou a oito pontos, em décimo primeiro na tabela, mas com um jogo a menos. O próximo confronto é contra o Palmeiras, dia 10/07, no mesmo Pacaembu.

O Jogo – Primeiro Tempo

Jogando no Pacaembu, palco da histórica final da Libertadores da América, o Santos começou a partida contra o América-MG a todo vapor, pressionando a saída de bola da equipe adversária. Aos três minutos o Peixe chegou pela primeira vez com perigo. Borges ficou cara a cara com o golieor Flávio, mas chutou para fora.

Mas aos sete minutos, a bola entrou. Danilo cobrou falta, o zagueiro do América subiu para afastar mas mandou contra o próprio gol! Um a zero Peixe!

O Coelho, como é conhecido o time de Minas Gerais, chegou pela primeira vez com perigo aos 12 minutos. O lateral esquerdo Gilson cruzou, e o direito, Marcos Rocha, assustou de cabeça.

Em um lance isolado no meio campo, o meia Danilo sentiu dores e deixou o campo. Ele ainda voltou alguns minutos, mas teve de ser substituído. Para o lugar dele, o técnico Muricy Ramalho colocou Rodrigo Possebon.

Mesmo com desfalques importantes, o Santos controlava bem a partida e envolvia o adversário. Aos 35 um lance polêmico. Rychely faz boa jogada pela direita e cruza, mas o zagueiro Anderson desvia a bola com o braço. O juiz mandou seguir.

Aos 38 Pará arriscou em cobrança de falta, mas a bola passou por cima do travessão.

O mesmo Pará teve uma boa chance para fazer o segundo santista. O lateral fez tabela com Borges e saiu sozinho na cara do goleiro Flávio, mas chutou na rede pelo lado de fora.

Segundo Tempo

Logo na primeira investida de ataque, Alex Sandro tentou arrancar pela esquerda e sentiu. Muricy mais uma vez mexeu no time, e tirou o lateral para colocar Charles em campo.

O Santos continuava melhor, mas o primeiro lance de perigo da segunda etapa foi do Coelho. Fabrício carregou e mandou uma bomba de fora da área e a bola passou raspando a trave direita de Rafael.

Com a saída de Danilo e Alex Sandro, o time mineiro equilibrou a partida. Aos 12 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para o veterando Fábio Jr., que se jogou na bola e quase empatou o jogo.

Aos 23 o Santos voltou a assustar. Arouca tabelou com Roger, mas chutou para fora.

Depois deste lance, o América-MG se mandou para o ataque e pressionou o Peixe. Mas o técnico Muricy Ramalho montou um forte esquema defensivo tirando o meia Roger Gaúcho para a entrada do zagueiro Bruno Rodrigo, e segurou até o último instante as investidas do time mineiro.

Fim de jogo, três pontos na conta, e mais uma vitória do Santos no Pacaembu. Agora, o time se concentra para o próxima embate, o clássico contra o Palmeiras, dia 10/07, no Pacaembu.

Texto: site oficial do Santos

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.