21 jul 2011

Muita luta, mas derrota



Não faltaram empenho e determinação durante todo o jogo, mas o Botafogo foi castigado com um gol no fim de cada tempo e perdeu por 2 a 0 para o Corinthians, nesta quarta-feira, em São Januário. O próximo adversário é o Atlético-PR, sábado, na Arena da Baixada. Herrera, suspenso, não poderá atuar.

O primeiro tempo foi de um futebol em alta intensidade, com muita marcação e velocidade. Faltava espaço para jogar e, sobretudo, para criar. Logo, eram poucas as chances de gol.

O Botafogo começou melhor, com a posse de bola dentro do campo adversário. Porém, até pela forte marcação do Corinthians, era difícil entrar para finalizar. Nos escanteios, a zaga rival conseguiu afastar a maioria. Na que sobrou, Fábio Ferreira, aos 20 minutos, finalizou por cima.

Novidade de Caio Júnior, o atacante Caio entrou bem e levou perigo na etapa inicial. A velocidade característica era a principal arma para levar o Botafogo ao ataque. Quando sofreu falta na entrada da área, Renato, aos 26, bateu por cima.

Faltava um pouco mais de rigor à arbitragem, que ignorou faltas claras sobre Herrera e Caio. Em uma delas, o jovem atacante teve o pé puxado por Fábio Santos na entrada da área, em lance ignorado. E faltou ainda sorte, quando Herrera acertou um belo chute de fora da área, aos 40, mas a bola carimbou a trave.

O Corinthians apresentava eficiência defensiva, mas pouco ameaçava. Foram dois chutes de fora da área, sem acertar o alvo. No único lance em que Jefferson trabalhou, com duas boas defesas, Liedson estava impedido. Porém, a sorte que o Botafogo não teve apareceu para o adversário aos 43. Danilo bateu errado, a bola sobrou para Jorge Henrique, que lançou para Fábio Santos bater cruzado e Liedson abrir o placar.

No segundo tempo, a desvantagem fez o Botafogo tentar se lançar mais ao ataque, mas estava difícil entrar na defesa adversária. Em um contra-ataque, Weldinho recebeu de Paulinho e bateu rente à trave. Já aos 16, Jefferson fez defesa providencial em chute de Willian.

Caio Júnior promoveu mudanças e o Botafogo cresceu no jogo. Entraram Alexandre Oliveira e Marcio Azevedo, saíram Caio e Lucas Zen. O time passou a jogar dentro do campo adversário e ameaçou em jogadas de bola parada, como um escanteio, aos 24, em que Elkeson bateu fechado e Júlio César teve que se virar para evitar gol olímpico.

O Corinthians teve mais uma boa chance, mas Jefferson fez grande defesa em chute de Willian. Aos 31, o Botafogo esteve perto do empate, quando Herrera foi mais esperto que Leandro Castán, mas não levou sorte, com Júlio César conseguindo tirar a bola no susto.

E a sorte parecia não estar mesmo do lado do Botafogo. Aos 33, Elkeson cruzou, Marcelo Mattos desviou e Alexandre Oliveira cabeceou na trave. Na sobra, Fábio Ferreira mandou por cima, mas o jogo já estava parado, por impedimento de Alexandre Oliveira. Menos mal que, do outro lado, Emerson ficou livre à frente de Jefferson e acertou o travessão.

A pressão se intensificou, com o Botafogo todo no campo adversário. Eram cruzamentos na área e finalizações de longe. Em uma delas, aos 40, Elkeson bateu forte e Júlio César teve um problema mais sério em um dedo da mão esquerda. A partida ficou mais de quatro minutos parada. Ainda assim, o juiz deu apenas cinco de acréscimo. Tempo em que o Glorioso foi ao ataque com tudo, mas acabou castigado com gol de Paulinho no fim.

BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Lucas Zen (Marcio Azevedo); Marcelo Mattos, Renato, Caio (Alexandre Oliveira), Elkeson e Maicosuel (Thiago Galhardo); Herrera. Técnico: Caio Júnior.

 Texto: site oficial do Botafogo

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

14 nov 2017
Goleiro-artilheiro Edson tem domingo único e Passo da Pátria é campeão da zona rural da Copa Prefeitura Bahamas

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.