03 jul 2011

Mauro Fernandes nega conversa com Goiás



Após o jogo deste sábado (1 a 0 para o Santos), no Pacaembu, o técnico Mauro Fernandes garantiu que não está negociando sua transferência para o Goiás, desmentindo informações veiculadas pela imprensa goiânia. Ele afirma que só deixa o América se a diretoria determinar.

“Eu nem sei de onde inventaram essa ida minha para o Goiás. Primeiramente, eu devo respeito ao presidente, à diretoria, aos jogadores, à minha comissão técnica e à torcida. Jamais estaria dirigindo uma equipe negociando com outra. Em momento algum eu falei com a presidência que estaria deixando a equipe. Minha dignidade e personalidade não permitem que eu faça qualquer coisa sem lealdade com a equipe que eu trabalho”.

O treinador disse que, na semana passada, foi procurado pelo Goiás e nem quis conversa, e que informou à diretoria sobre esse assédio. “No América não tem nada escondido. Falei com o Salum sobre o Goiás, mas faz tudo com muito respeito e profissionalismo. Continuo no América até que o Salum me diga que não dá mais”.

Ansiedade

Mauro Fernandes lamenta que as entrevistas ao final das partidas estejam sendo repetitivas. A equipe vem apresentando sempre um bom jogo, mas faltando o resultado favorável. “Os jogadores começam a ficar ansiosos e a vitória começa a escapar de maneira inexplicável. Já são seis jogos sem vencer e é hora do América buscar uma vitória para tirar essa ansiedade. Sem ansiedade começamos a jogar com um equilíbrio na competição”, prevê o treinador.

Para o técnico, a equipe está jogando de igual para igual com todas que disputam o campeonato “A equipe do América não deve nada para a maioria das equipes, e tenho certeza que vamos sair dessa, pois estamos comprometidos com o América e ficamos chateados com a situação. Mas, pode ter certeza que quando a vitória aparecer vamos embalar e aí vai ser difícil de nos segurar”, diz Mauro Fernandes.

Alessandro chateado

O atacante Alessandro saiu de campo chateado pelo resultado, mas vendo a equipe jogar mais uma vez bem e de igual para igual com outra grande equipe do futebol brasileiro, mas sem conseguir o resultado. “O Santos ficou todo fechado no segundo tempo e isso dificultou para que fizéssemos o gol. Mais uma vez tivemos volume de jogo e espero que na próxima batalha, contra o Palmeiras, a gente possa ser feliz”, disse o atacante.

Text0: site oficial do América Mineiro


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

14 nov 2017
Goleiro-artilheiro Edson tem domingo único e Passo da Pátria é campeão da zona rural da Copa Prefeitura Bahamas

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.