28 jul 2011

Flu segue no perde e ganha



Foi um longo período longe da Cidade Maravilhosa, mas a espera acabará, no próximo fim de semana. Após 21 dias e três partidas sem jogar no Rio de Janeiro – a última aconteceu no dia 10 de julho, o Fluminense voltará ao Engenhão, às 16h deste domingo (31), para enfrentar o Ceará, pela 13ª rodada do Brasileirão. Os ingressos já estão à venda (clique aqui e confira os detalhes).

Nesta quarta-feira (27), o Tricolor perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG, gol do atacante André, no Ipatingão. A equipe segue com 15 pontos, na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, em 11 partidas. O volante Diguinho e o meia Deco levaram o terceiro cartão amarelo contra o clube mineiro e estão suspensos.

 

Jogo difícil em Minas

A partida foi nervosa do início ao fim. Tanto que foram aplicados seis amarelos. O Atlético-MG tentou uma pressão inicial, mas o Fluminense trabalhava melhor a bola. Aos 4 minutos, Souza e Diguinho conseguiram boa trama no ataque, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O meio-campo continuou amarrado, até que a qualidade dos armadores começou a desequilibrar. Aos 18, Deco tocou de letra para Carlinhos, que dividiu com Patric. O atleticano afastou, mas Souza retomou na entrada da área e chutou, com muito perigo. Jogando em casa e contando com a torcida, que lotou o Ipatingão, o Atlético-MG assustou, aos 27, em cobrança de falta de Richarlyson, que Magno Alves cabeceou para fora. Seis minutos depois, o lance mais agudo do 1° tempo: Marquinho recebeu de Souza e fez ótima individual pela esquerda. A bola sobra para Deco, que bateu, de primeira, para a defesa de Giovanni.

Na 2ª etapa, os goleiros impediram um placar elástico. Aos 9 minutos, Souza bateu a falta e Fred chutou à queima-roupa. Giovanni operou um milagre e impediu o gol tricolor. Aos 16, em falta cobrada por Magno Alves, foi a vez de Diego Cavalieri salvar o Fluminense. O arqueiro do Galo apareceu bem, mais uma vez, aos 28: Diguinho abriu para o chute, na entrada da área, e estava pronto para abrir o placar, mas a bola correu demais e o goleiro Giovanni se atirou para evitar o gol.

Aos 31 minutos, o lance decisivo: Magno Alves cruzou na área e o estreante André, que havia entrado no lugar de Jônatas Obina, cabeceou sem chances para Diego Cavalieri: 1 a 0 Atlético-MG. A partir daí, só deu Fluzão. Aos 41, Fred recebeu lançamento na área e ajeitou, com o peito, para Marquinho. O camisa 7 desferiu chute forte, raspando a trave esquerda. Já nos acréscimos, a baliza mostrou que estava torcendo pelo time da casa: Mariano cruzou, Rafael Sobis chutou e o goleiro espalmou. Fred aproveitou o rebote e ela riscou a trave, antes de sair.

 FICHA TÉCNICA

Atlético-MG 1 x 0 Fluminense

Campeonato Brasileiro – 12ª rodada

Estádio Municipal João Lamego Netto (Ipatingão) – Ipatinga (MG)

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (DF) / Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa/RS) e Marrubson Melo Freitas (DF)

Renda: R$ 73.990,00 / Público pagante: 16.100

Atlético-MG: Giovanni; Patric, Werley, Lima e Guilherme Santos (Wesley); Richarlyson, Toró, Caio e Dudu Cearense (Luiz Eduardo); Jônatas Obina (André) e Magno Alves. Técnico: Dorival Júnior

Fluminense: Diego Cavalieri; Mariano, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Diguinho (Rafael Moura), Souza (Rafael Sobis), Deco (Fernando Bob) e Marquinho; Fred. Técnico: Abel Braga

Gol: André (31’ do 2° tempo)

Cartões amarelos: Dudu Cearense e Wesley (Atlético-MG); Deco, Diguinho, Marquinho e Fernando Bob (Fluminense)

 Reforços argentinos treinam nesta quinta

Chegou a hora da Torcida Tricolor ver em campo os dois reforços argentinos do Fluminense. Manuel Lanzini e Alejandro Martinuccio vão treinar pela primeira vez nas Laranjeiras, na tarde desta quinta-feira, por volta das 15h. As atividades serão abertas aos sócios do clube (nas sociais) e a todos os tricolores (nas arquibancadas, acessadas pela Rua Pinheiro Machado).

Lanzini, chamado de “La Joia” (A Joia) desde as categorias da base do River Plate, tem apenas 18 anos e está debutando no futebol brasileiro. Já Martinuccio, conhecido como “El Negro” (O Negro) por ter a pele morena, tem maior experiência internacional. Ele começou no River, mas se profissionalizou no Nueva Chicago, também da Argentina. Contratado pelo Peñarol, do Uruguai, foi considerado um dos melhores jogadores da Copa Libertadores da América de 2011, levando seu time à final da competição.

A dupla chegou ao clube juntamente com Rafael Sobis, que já foi integrado ao grupo e fez sua estreia no último domingo, contra o Palmeiras. “La Joia” e “El Negro” farão um tipo de pré-temporada, com ênfase à preparação física, antes de atuarem em uma partida oficial.

Textos e foto: site oficial do Fluminense

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.