08 jul 2011

Empate fora de casa



Depois de vencer o Atlético-GO, o Palmeiras viajou até Sete Lagoas (MG) para enfrentar o América-MG no estádio Arena do Jacaré na noite desta quinta-feira (07), em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para a partida, o técnico Luiz Felipe Scolari contou com duas baixas no elenco: o atacante Kleber, que ainda se recupera de um edema na coxa esquerda e o goleiro Marcos, poupado para o clássico de domingo (10), contra o Santos. Já o atacante Adriano não ficou sequer no banco de reservas, pois foi negociado na tarde desta quinta-feira (07) com o Dailan Shide, da China.

Destaque do Campeonato Paulista com uma média de apenas 0,45 gol sofrido por jogo, o goleiro Deola fez sua estreia no Brasileirão. O último jogo do camisa 22 como titular foi no empate em 1 a 1 contra o Corinthians, na semifinal do Paulista, onde registrou a 60ª partida com a camisa alviverde.

Em um jogo bastante equilibrado e muito disputado no meio de campo, o Palmeiras empatou com o América-MG em 1×1 e volta para São Paulo com um ponto na bagagem, ocupando a 5ª posição do Campeonato.

Sem poder contar com um dos seus principais atacantes, Felipão apostou suas fichas no jovem Maikon Leite – que estreou com o pé direito diante do Atlético-GO – e, Wellington Paulista aproveitou a chance para atuar como titular da equipe.

A partida começou bastante equilibrada e muito faltosa, o que deixou o jogo bastante truncado no meio de campo e sem grandes oportunidades para ambas as equipes. Aos 12min, Maurício Ramos impediu o contra-ataque de Fábio Junior e levou o primeiro cartão amarelo.

Com dificuldades para sair jogando, o Palmeiras passou a maior parte do tempo no campo defensivo. Aos 18min, a zaga alviverde afastou mal e Marcos Rocha chutou forte, quase abrindo o marcador na Arena do Jacaré.

Este lance pareceu ter acordado a equipe palmeirense. Nos minutos seguintes, o Verdão chegou mais forte ao gol adversário e criou oportunidades com Luan, Maikon Leite e Marcos Assunção. Aos 30min, Amaral soltou uma bomba em cobrança de falta e assustou a torcida do Palmeiras, mas Deola defendeu com firmeza.

A primeira boa chance do Alviverde saiu aos 35min dos pés de Luan, que arriscou um belo chute de longe e obrigou o goleiro Flávio a espalmar para escanteio. 4min mais tarde, Márcio Araújo foi derrubado perto da grande área e Marcos Assunção ajeitou a bola para a cobrança, que passou um pouco acima do travessão e desperdiçou o último lance do primeiro tempo.

Antes mesmo do segundo tempo começar, o árbitro Pablo dos Santos Alves mostrou cartão amarelo para Thiago Heleno, que na subida ao gramado reclamou das faltas não aplicadas em Wellington Paulista. O zagueiro estava pendurado e com este cartão está fora do clássico de domingo (10), contra o Santos.

Para o segundo tempo, os times voltaram sem mudanças no elenco, mas o Palmeiras imprimiu maior velocidade nos contra-ataques. Aos 13min, Felipão mexeu na equipe fazendo duas alterações de uma vez: Patrik e Dinei entraram no lugar de Lincoln e Wellington Paulista, respectivamente. Em resposta, o técnico do América-MG colocou Netinho e sacou Fabrício.

Mal tinha entrado e Dinei quase fez o dele. Em um cruzamento de Cicinho, o atacante cabeceou, mas Flávio fez uma ótima defesa. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Luan pegar a sobra e finalizar para o gol. A bola saiu à esquerda do goleiro.

Aos 20min, o time do América-MG puxou um contra-ataque com Kempes, que tabelou com Rodriguinho e deu um belo passe para Alessandro. A troca de passes confundiu a zaga palmeirense e Alessandro aproveitou para marcar o primeiro gol do jogo.

Após o gol, o Palmeiras mudou a atitude dentro de campo e passou a ser mais ofensivo e imprimia velocidade nas saídas de bola. De tanto insistir, o Verdão chegou ao empate aos 30min com Maurício Ramos que, apesar de caído na pequena área, conseguiu balançar as redes. América-MG 1×1 Palmeiras.

Aos 32min, Felipão mexeu pela última vez na equipe colocando João Vitor no lugar do Cicinho. Cinco minutos depois, quase que Luan marcou o dele, mas a bola desviou no caminho e saiu pela linha de fundo.

Já no final da partida, Maikon Leite foi derrubado na pequena área. O árbitro paralisou a partida, mas para mostrar cartão amarelo para o atacante, pois achou que tinha cavado um pênalti que não existiu. Nos acréscimos, o camisa 7 tabelou com Dinei e soltou uma bomba, mas apenas assustou o goleiro Flávio.

Com o empate, o Palmeiras ocupa a 5ª posição na tabela, com 15 pontos ganhos. Neste domingo (10), o Verdão irá enfrentar o Santos no estádio do Pacaembu, às 18h30, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Data: 07 de junho de 2011 (quinta-feira)

Horário: 21h (horário de Brasília)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)

Assistentes: José Maciel Linhares (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)

Cartões amarelos: (América-MG) Fabrício, Kempes e Marcos Rocha (Palmeiras) Maurício Ramos, Thiago Heleno e Maikon Leite

Gols:

América-MG: Alessandro aos 20 minutos do segundo tempo.

Palmeiras: Maurício Ramos aos 30 minutos do segundo tempo

AMERÍCA-MG: Flávio, Marcos Rocha, Anderson, Gabriel e Gilson; Leandro Ferreira, Amaral, Fabrício (Netinho) e Rodriguinho (Léo); Alessandro e Fábio Júnior (Kempes)

Técnico: Mauro Fernandes

PALMEIRAS: Deola; Cicinho (João Vitor), Maurício Ramos, Thiago Heleno e Chico; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Lincoln (Patrik) e Luan; Maikon Leite e Wellington Paulista (Dinei)

Técnico: Luiz Felipe Scolari

 Texto: site oficial do Palmeiras


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.