12 jun 2011

Tabu mantido, mas sem derrota



O tabu não caiu, mas o Flamengo conseguiu voltar para o Rio de Janeiro com um ponto na bagagem. Depois de sair perdendo, o Rubro-negro carioca mostrou valentia e conseguiu chegar ao empate, em 1 a 1, com o Atlético-PR, neste domingo (12.06), na Arena da Baixada.

Com o ponto conquistado, o Flamengo fica com seis pontos no Brasileirão 2011. O próximo confronto rubro-negro pela competição será diante do Botafogo, no próximo domingo (19.06), no Engenhão.

No primeiro tempo, o Flamengo até começou melhor. Marcando no campo adversário, o time comandado por Luxemburgo sufocava o Atlético-PR, que não conseguia emplacar nenhuma jogada. Em contrapartida, o Rubro-negro carioca também não levava perigo ao gol adversário, apesar de deter a bola na maioria do tempo.

Aos 11 minutos, na única boa chance do Flamengo na primeira etapa, Renato Abreu mandou um balaço numa cobrança de falta, mas o goleiro do Atlético-PR apareceu bem e colocou para escanteio.

Do outro lado, Felipe também viu seu gol ameaçado em bolas paradas. Aos 25, após um escanteio, o zagueiro Manoel, do Atlético-PR, cabeceou a queima roupa e o arqueiro do Flamengo defendeu, no reflexo.

Já no final da primeira etapa, aos 39, Felipe defendeu bem o chute do atacante Nieto e, em seguida, Willians salvou o Flamengo num escanteio.

No intervalo, Luxemburgo tentou dar mais movimentação e presença ao ataque do Flamengo e sacou Bottinelli e Wanderley para a entrada de Diego Maurício e Deivid. No entanto, as mudanças não surtiram o efeito esperado.

A partida continuou muito truncada e o Atlético-PR acabou se valendo da única chance que teve. Em falta na entrada da área, Madson cobrou bem e marcou: 1 a 0.

Aos 24, também de falta, o Flamengo teve sua primeira chance de gol na segunda etapa. Ronaldinho sofreu falta e ele mesmo cobrou, mas a bola passou um pouco acima do travessão.

E se não deu certo no início do segundo tempo, as modificações de Luxa funcionaram pouco depois dos 30 minutos. Diego Maurício brigou pela bola com o zagueiro Rafael Santos, ganhou e avançou, sozinho para a área do Atlético-PR. Inteligente, ‘Drogbinha’ viu Deivid entrando sozinho e tocou. O camisa 9 apenas tocou para dentro das redes: 1 a 1.

O Flamengo até tentou chegar ao gol da vitória, mas não conseguiu superar a defesa do Atlético-PR. O Furacão chegou a mandar uma bola no travessão, mas o placar não se modificou mesmo. Fim de jogo e um ponto conquistado.

Texto: site oficial do Flamengo


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.