30 jun 2011

Site do Coelho reclama da arbitragem



Em um jogo igual, o América perdeu para o Flamengo por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, na Arena do Jacaré, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo igual, o Coelho saiu atrás no marcador, virou para 2 a 1, criou chances para ampliar, sofreu o empate, recuperou-se em campo e pressiova o adversário quando perdeu o volante Leandro Ferreira em uma expulsão injusta, o que acabou sendo determinante para a derrota americana.

O Flamengo saiu na frente aos 10 minutos, com Ronaldinho Gaúcho cobrando falta. O empate veio aos 37 com o artilheiro Alessandro e a virada numa cabeça do zagueiro Anderson, aos 45 minutos do primeiro tempo.

Os primeiros minutos foram de estudos, com o time americano chegando ao ataque pelas laterais do campo. Mas, aos 10 minutos, em cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho, o Flamengo abriu o placar.

O time americano tentou dar o troco em seguida em cobrança de falta batida pelo volante Amaral. O América marcava forte e não dava espaços para o Flamengo tocar a bola, com o volante Dudu anulando o Ronaldinho Gaúcho.

No no ataque, o time buscava o jogo com lateral Marcos Rocha. Aos 31 minutos Fábio Júnior tabelou com Marcos Rocha e chutou forte, para fora. Aos 35 , Marcos Rocha cruzou na cabeça de Fábio Júnior, que testou forte por cima do gol. E, aos 37, o gol de empate. Amaral cobrou falta dentro da área, a bola explodiu na trave e sobrou no pé do artilheiro Alessandro, que mandou para o fundo das redes.

O gol incendiou a torcida americana e o time foi no embalo. O América empurrou o time do Flamengo para a defesa. Aos 42 minutos, Alessandro chutou forte e obrigou o goleiro do Flamengo a se esticar para espalmar a bola para fora da área.

A virada veio aos 45 minutos, em outra jogada ensaiada. O volante Amaral cobrou falta pelo lado esquerda da grande área e o zagueiro Anderson se antecipando à zaga para cabecear para a rede: América 2 a 1.

Na saída para o intervalo, Amaral disse que espera que o time continuasse firme, para sair com a vitória no final. “O América vinha jogando melhor e parabéns para todo mundo. Merecíamos a virada. Agora é ter concentração para continuar jogando bem”.

EMPATE

O time voltou com a mesma formação para o segundo tempo e, em menos de um minuto, quase amplia. O volante Amaral chegou ao ataque e cruzou para a grande área, a bola desviou na zaga e sobrou para Marcos Rocha chutar firme, mas a zaga cortou. Aos 3 minutos, Gilson cruzou buscando Alessandro na área, mas o goleiro Felipe se antecipou e socou a bola para fora da área.

O América era só pressão no ataque e continuava seguro na defesa. O time a todo instante buscava o terceiro gol. Mas, aos 10 minutos, o Flamengo chegou ao empate com Deivid, que chutou cruzado de dentro grande área, sem chances para o goleiro Flávio.

APITO DECISIVO

Aos 22 minutos, o técnico Mauro Fernandes promoveu a primeira alteração na equipe trocando o armador Fabrício por Rodriguinho. Quando aumentou a pressão em busca do terceiro gol e envolvia o time carioca, a arbitragem pasou a atuar de força decisiva contra o América. Pesos diferentes para as lances iguais, inversões de faltas, até que, aos 27 minutos, o árbitro expulsou o volante Leandro Ferreira após falta cometida em Willians, na qual o adversário “valorizou” o lance.

A expulsão fez o técnico Mauro Fernandes mexer na equipe. Ele colocou o zagueiro Willian Rocha, que fazia sua estreia com a camisa Americana, no lugar de Fábio Júnior.

O América passou a apostar nos contra-ataques com o atacante Alessandro. Aos 34 minutos, o volante Amaral cobrou falta, mais uma vez na cabeça de Anderson, mas o goleiro Felipe defendeu no centro do gol.

Aos 36 minutos Botinelli chutou forte e Flávio mandou para escanteio em bela defesa. Um minuto depois, Willian Rocha entrou pela esquerda e chutou rasteiro. A bola passou raspando a trave.

O CASTIGO

Aos 39 minutos, Ronaldinho recebeu no centro da grande área e chutou colocado, sem chances para o goleiro Flávio: América 2 x 3 Flamengo. O gol não desanimou o Coelho, mas com um jogador a menos, ficou tudo mais difícil.

O técnico Mauro Fernandes ainda colocou o atacante Kempes no lugar do volante Amaral.

O time lutava muito e teve uma grande chance de empatar, aos 43 minutos. Novamente pela esquerda, Willian Rocha recebeu e chutou forte. O goleiro flamenguista “bateu roupa” e a bola sobrou “viva” na pequena área, mas a zaga Angelim se antecipou ao atacante Alessandro e conseguiu salvar antes da finalização do americano,

Aos 46 minutos, o último suspiro. Marcos Rocha cruzou na grande área, nas mãos do goleiro Felipe. O time lutou bravamente, mas não conseguiu empatar a partida.

AMÉRICA 2 x 3 FLAMENGO

América: Flávio; Marcos Rocha, Gabriel, Anderson e Gilson; Leandro Ferreira, Dudu, Amaral (Kempes) e Rodriguinho (Fabrício); Alessandro e Fábio Júnior (Willian Rocha). Técnico: Mauro Fernandes.

Flamengo: Felipe; Leo Moura, Ronaldo Angelim, Welinton e Junior Cesar; Willians (Bottinelli), Luiz Antônio (Negueba), Renato Abreu e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid (Diego Maurício). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

7ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

Data: quarta-feira, 29 de junho de 2011

Gols: Alessandro, 38, e Anderson, 45min do 1ºT – América; Ronaldinho, 10 min 1° T e 40min do 2ºT, Devid 10 min 2°T – Flamengo

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Joadir Leite Pimenta (MT)

Cartões amarelos: Amaral, Alessandro, Flávio (AME); Willians, Júnior César, Ronaldinho Gaúcho (FLA)

Cartão vermelho: Leandro Ferreira

Público pagante: 7.475

Renda: R$ 132.900

Texto: site oficial do América

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 nov 2017
Com vídeos! Sucesso dentro e fora da quadra, Copa Toque de Bola de Futsal promete emoção na reta final

22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.