30 jun 2011

Site do Coelho reclama da arbitragem



Em um jogo igual, o América perdeu para o Flamengo por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, na Arena do Jacaré, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo igual, o Coelho saiu atrás no marcador, virou para 2 a 1, criou chances para ampliar, sofreu o empate, recuperou-se em campo e pressiova o adversário quando perdeu o volante Leandro Ferreira em uma expulsão injusta, o que acabou sendo determinante para a derrota americana.

O Flamengo saiu na frente aos 10 minutos, com Ronaldinho Gaúcho cobrando falta. O empate veio aos 37 com o artilheiro Alessandro e a virada numa cabeça do zagueiro Anderson, aos 45 minutos do primeiro tempo.

Os primeiros minutos foram de estudos, com o time americano chegando ao ataque pelas laterais do campo. Mas, aos 10 minutos, em cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho, o Flamengo abriu o placar.

O time americano tentou dar o troco em seguida em cobrança de falta batida pelo volante Amaral. O América marcava forte e não dava espaços para o Flamengo tocar a bola, com o volante Dudu anulando o Ronaldinho Gaúcho.

No no ataque, o time buscava o jogo com lateral Marcos Rocha. Aos 31 minutos Fábio Júnior tabelou com Marcos Rocha e chutou forte, para fora. Aos 35 , Marcos Rocha cruzou na cabeça de Fábio Júnior, que testou forte por cima do gol. E, aos 37, o gol de empate. Amaral cobrou falta dentro da área, a bola explodiu na trave e sobrou no pé do artilheiro Alessandro, que mandou para o fundo das redes.

O gol incendiou a torcida americana e o time foi no embalo. O América empurrou o time do Flamengo para a defesa. Aos 42 minutos, Alessandro chutou forte e obrigou o goleiro do Flamengo a se esticar para espalmar a bola para fora da área.

A virada veio aos 45 minutos, em outra jogada ensaiada. O volante Amaral cobrou falta pelo lado esquerda da grande área e o zagueiro Anderson se antecipando à zaga para cabecear para a rede: América 2 a 1.

Na saída para o intervalo, Amaral disse que espera que o time continuasse firme, para sair com a vitória no final. “O América vinha jogando melhor e parabéns para todo mundo. Merecíamos a virada. Agora é ter concentração para continuar jogando bem”.

EMPATE

O time voltou com a mesma formação para o segundo tempo e, em menos de um minuto, quase amplia. O volante Amaral chegou ao ataque e cruzou para a grande área, a bola desviou na zaga e sobrou para Marcos Rocha chutar firme, mas a zaga cortou. Aos 3 minutos, Gilson cruzou buscando Alessandro na área, mas o goleiro Felipe se antecipou e socou a bola para fora da área.

O América era só pressão no ataque e continuava seguro na defesa. O time a todo instante buscava o terceiro gol. Mas, aos 10 minutos, o Flamengo chegou ao empate com Deivid, que chutou cruzado de dentro grande área, sem chances para o goleiro Flávio.

APITO DECISIVO

Aos 22 minutos, o técnico Mauro Fernandes promoveu a primeira alteração na equipe trocando o armador Fabrício por Rodriguinho. Quando aumentou a pressão em busca do terceiro gol e envolvia o time carioca, a arbitragem pasou a atuar de força decisiva contra o América. Pesos diferentes para as lances iguais, inversões de faltas, até que, aos 27 minutos, o árbitro expulsou o volante Leandro Ferreira após falta cometida em Willians, na qual o adversário “valorizou” o lance.

A expulsão fez o técnico Mauro Fernandes mexer na equipe. Ele colocou o zagueiro Willian Rocha, que fazia sua estreia com a camisa Americana, no lugar de Fábio Júnior.

O América passou a apostar nos contra-ataques com o atacante Alessandro. Aos 34 minutos, o volante Amaral cobrou falta, mais uma vez na cabeça de Anderson, mas o goleiro Felipe defendeu no centro do gol.

Aos 36 minutos Botinelli chutou forte e Flávio mandou para escanteio em bela defesa. Um minuto depois, Willian Rocha entrou pela esquerda e chutou rasteiro. A bola passou raspando a trave.

O CASTIGO

Aos 39 minutos, Ronaldinho recebeu no centro da grande área e chutou colocado, sem chances para o goleiro Flávio: América 2 x 3 Flamengo. O gol não desanimou o Coelho, mas com um jogador a menos, ficou tudo mais difícil.

O técnico Mauro Fernandes ainda colocou o atacante Kempes no lugar do volante Amaral.

O time lutava muito e teve uma grande chance de empatar, aos 43 minutos. Novamente pela esquerda, Willian Rocha recebeu e chutou forte. O goleiro flamenguista “bateu roupa” e a bola sobrou “viva” na pequena área, mas a zaga Angelim se antecipou ao atacante Alessandro e conseguiu salvar antes da finalização do americano,

Aos 46 minutos, o último suspiro. Marcos Rocha cruzou na grande área, nas mãos do goleiro Felipe. O time lutou bravamente, mas não conseguiu empatar a partida.

AMÉRICA 2 x 3 FLAMENGO

América: Flávio; Marcos Rocha, Gabriel, Anderson e Gilson; Leandro Ferreira, Dudu, Amaral (Kempes) e Rodriguinho (Fabrício); Alessandro e Fábio Júnior (Willian Rocha). Técnico: Mauro Fernandes.

Flamengo: Felipe; Leo Moura, Ronaldo Angelim, Welinton e Junior Cesar; Willians (Bottinelli), Luiz Antônio (Negueba), Renato Abreu e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid (Diego Maurício). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

7ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

Data: quarta-feira, 29 de junho de 2011

Gols: Alessandro, 38, e Anderson, 45min do 1ºT – América; Ronaldinho, 10 min 1° T e 40min do 2ºT, Devid 10 min 2°T – Flamengo

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Joadir Leite Pimenta (MT)

Cartões amarelos: Amaral, Alessandro, Flávio (AME); Willians, Júnior César, Ronaldinho Gaúcho (FLA)

Cartão vermelho: Leandro Ferreira

Público pagante: 7.475

Renda: R$ 132.900

Texto: site oficial do América

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse