12 jun 2011

Empate e bronca com arbitragem



Em partida válida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético empatou por 1 a 1 com o Bahia, neste domingo, no estádio Pituaçu, em Salvador-BA. Além do pênalti inexistente que originou o gol da equipe baiana, marcado por Souza, o árbitro Marcos André Gomes da Penha (ES) anulou um gol legítimo de Dudu Cearense nos minutos finais do jogo. O gol do Galo foi marcado por Neto Berola.

Com a igualdade na capital baiana, o Alvinegro chegou a sete pontos e permaneceu no G4, em 4º lugar.

O JOGO

O Galo comandou as ações no início da partida e levou perigo pela primeira vez no cruzamento de Toró pela direita, cortado pela defesa baiana. Em seguida, Mancini recebeu bom lançamento de Leandro pela esquerda e cruzou na medida para Magno Alves cabecear por cima do gol.

Em mais uma tentativa atleticana, Magno Alves cruzou pela direita e Mancini cabeceou para fora. Aos dez minutos, Mancini invadiu a grande área pela esquerda e concluiu na trave. Na continuação da jogada, Toró cruzou e Magno Alves finalizou por cima do gol.

Aos 16 minutos, Richarlyson sofreu falta na intermediária e Mancini cobrou direto para o gol, exigindo boa defesa do goleiro Marcelo Lomba. Logo depois, foi a vez de Magno Alves arriscar de fora da área para mais uma defesa de Lomba.

Até os 19 minutos de jogo, o Galo havia finalizado sete vezes, contra nenhuma do Bahia. O primeiro gol atleticano quase saiu aos 31 minutos, quando Magno Alves tabelou com Toró e cabeceou rente à trave.

O Atlético voltou a levar perigo no cruzamento de Mancini pela esquerda, mas a defesa baiana conseguiu fazer o corte antes da chegada de Giovanni. Aos 38 minutos, depois de cobrança de escanteio pela direita, Leonardo Silva marcou de bicicleta, mas o gol foi anulado pelo árbitro, que marcou falta do zagueiro atleticano.

SEGUNDO TEMPO

O Atlético retornou do intervalo sem alterações e sofreu um gol aos cinco minutos, em pênalti inexistente convertido por Souza. O Atlético tentou reagir na finalização de Richarlyson, defendida por Marcelo Lomba.

O Atlético seguiu buscando incessantemente o empate. Aos onze minutos, Magno Alves recebeu passe de Mancini na grande área pela direita e chutou cruzado para nova intervenção do goleiro. Na tentativa seguinte, Leandro cruzou rasteiro pela esquerda e Neto Berola concluiu por cima do gol.

Aos 12 e 15 minutos, respectivamente, Toró foi substituído por Neto Berola e Giovanni deixou o campo para a entrada de Daniel Carvalho. O Galo seguiu pressionando e teve chance na enfiada de bola de Daniel Carvalho para Neto Berola, que foi travado no momento da finalização.

Aos 25 minutos, Richarlyson se contundiu e foi substituído por Dudu Cearense. Seis minutos depois, Daniel Carvalho cruzou da intermediária e Neto Berola cabeceou no canto direito do goleiro para empatar o jogo: 1 x 1.

Em grande oportunidade para virar o placar, Magno Alves recebeu ótimo passe de Daniel Carvalho na grande área e o goleiro Marcelo Lomba saiu bem do gol para fazer a defesa. Aos 39 minutos, Neto Berola sofreu falta a um passo da grande área, Daniel Carvalho cobrou e Dudu Cearense, em posição legal, desviou para o gol, mas a arbitragem assinalou, de forma equivocada, impedimento do volante atleticano.

O Galo teve o atacante Neto Berola expulso aos 41 minutos, por falta cometida na intermediária. Já nos descontos, Mancini recebeu ótimo lançamento de Daniel Carvalho e concluiu por cima do gol. Em seguida, Leandro invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado para fora.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 x 1 ATLÉTICO

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 12/06/2011

Estádio: Pituaçu

Cidade: Salvador-BA

Gols: Souza (50’), Neto Berola (76’)

Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)

Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Thiago Brígido (CE)

Cartões amarelos: Richarlyson, Leonardo Silva, Daniel Carvalho (Atlético); Diones, Jobson, Titi (Bahia)

Cartão vermelho: Neto Berola (Atlético)

Bahia: Marcelo Lomba; Jancarlos, Titi, Thiego (Paulo Miranda) e Ávine; Diones (Camacho), Fahel, Ricardinho e Lulinha; Jóbson e Souza (Jones). Técnico: René Simões.

Atlético: Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Leonardo Silva, Réver e Leandro; Richarlyson (Dudu Cearense), Toró (Neto Berola), Serginho e Giovanni (Daniel Carvalho); Mancini e Magno Alves. Técnico: Dorival Júnior.

Texto: site oficial do Atlético Mineiro


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.