19 jun 2011

Cruzeiro troca Cuca por Joel Santana



Belo Horizonte (MG), 19 de junho de 2011

A Diretoria do Cruzeiro anunciou na tarde deste domingo que Alexi Stival, o Cuca, não é mais o treinador da equipe. No último sábado, após o retorno da Delegação da Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, onde o time empatou em 1 a 1 com o América-MG, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Cuca conversou com o Diretor de Futebol Dimas Fonseca e voltou a colocar o cargo à disposição da Diretoria. Dimas pediu para que o treinador refletisse melhor sobre a sua decisão.

Na manhã deste domingo, Cuca se reuniu com Dimas Fonseca na Toca da Raposa II e manteve a decisão de deixar o comando técnico do time, acreditando que uma mudança se fazia necessária. O Diretor de Futebol entrou em contato com o Presidente Zezé Perrella para expor a situação, e a Diretoria aceitou o pedido de Cuca.

Em seguida, houve um contato com o técnico Joel Santana, através do empresário Léo Rabelo, e ficou definido que Joel assinará contrato para treinar o time do Cruzeiro até 31 de dezembro. O novo treinador será apresentado à imprensa nesta segunda-feira, às 14h30, pelo Presidente Zezé Perrella, na Toca II. Às 15h30, Joel Santana será apresentado ao grupo de atletas.

A próxima partida do Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro será no sábado, contra o Coritiba, às 21h, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Cuca no Cruzeiro

Cuca chegou ao Cruzeiro no dia 9 de junho de 2010, quando foi apresentado na Toca da Raposa II. Naquela ocasião, o treinador tinha como objetivo fazer o time, que ocupava a 11ª colocação, brigar na parte de cima do Campeonato Brasileiro. Com uma sequência de vitórias, a equipe estrelada chegou a liderar, mas terminou o Brasileirão com o vice-campeonato e uma vaga para a fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2011.Em 60 partidas no comando do time, foram 37 vitórias, 11 empates e 12 derrotas, 119 gols marcados e 52 sofridos. Cuca foi campeão mineiro em 2011 e vice-campeão brasileiro no ano passado.

Nesta temporada, o Cruzeiro fez a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores e terminou o Campeonato Mineiro BMG com a liderança da fase de classificação. Na principal competição sul-americana, o time cruzeirense, que venceu o primeiro jogo das oitavas de final, fora de casa, em Manizales, na Colômbia, por 2 a 1, acabou surpreendido pelo Once Caldas-COL na Arena do Jacaré, no jogo de volta. A derrota por 2 a 0 eliminou o Cruzeiro precocemente da Libertadores.

Já no Estadual, o time passou de forma convincente pelo América, de Teófilo Otoni, nas semifinais, com duas goleadas (8 a 1 no jogo de ida e 5 a 1 na partida de volta). Na final, o Cruzeiro encarou o Atlético-MG e ficou com o título, após derrota por 2 a 1 na primeira partida e vitória por 2 a 0 no jogo decisivo, com gols de Wallyson e Gilberto.

No Campeonato Brasileiro, o time estrelado não repetiu as boas atuações anteriores e, em cinco rodadas (15 pontos disputados), conseguiu apenas três empates na Arena do Jacaré (com Palmeiras-SP, Santos e América-MG, todos por 1 a 1), obtendo três pontos, além de ter sido superado por Figueirense (1 a 0) e Fluminense (2 a 1), ambos fora de casa.

Texto: site oficial do Cruzeiro


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 set 2017
Aílton se emociona e não define permanência: “Estou disposto a ouvir proposta”

21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.