12 jun 2011

Borges de novo



Com o time cheio de desfalques e com um a menos em todo o segundo tempo, o Santos foi valente e, aos 44 minutos do segundo tempo, arrancou um empate contra o Cruzeiro em Minas Gerais neste sábado (11/06), em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2011. O time poupou os titulares para a primeira partida da decisão da Libertadores da América, que acontece na próxima quarta-feira.

O resultado interfere pouco na sequência do time na competição, mas mostra a força do elenco santista. A partir de agora, o time volta a atenção para o primeiro jogo da decisão contra o Peñarol, no Uruguai, já com o time titular em campo.

O Jogo

Jogando em casa, o Cruzeiro tomou a iniciativa e partiu para cima do Santos nos primeiros minutos, mas o volume de jogo do time mineiro não foi suficiente para desmontar a marcação santista, bem armada pelo técnico Muricy Ramalho. Mesmo com muitos desfalques, o técnico santista conseguiu montar um time equilibrado e bem postado em campo.

A primeira chance do Peixe foi com Tiago Alves. Aranha lançou Borges, que tocou para Tiago. O atacante se livrou da marcação, mas bateu para fora. O Cruzeiro respondeu. Fabrício chutou forte de fora da área e obrigou Aranha a fazer boa defesa.

Aos 22, Roger Gaúcho recebeu bom passe na entrada da área. Ele se livrou da marcação e bateu. A bola desviou no zagueiro do Cruzeiro e saiu, mas o juiz assinalou tiro de meta. Aos 30, o mesmo Roger driblou Henrique e emendou para o gol. Fábio fez boa defesa. Montillo também levou perigo ao gol de Aranha. Aos 34, ele arriscou de fora e fez o goleiro santista trabalhar.

O primeiro tempo acabou com igualdade no marcador e poucas chances dos dois lados.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com mais velocidade e movimentação dos jogadores, mas ainda assim os dois times pouco produziam. Até que aos quatro minutos, o zagueiro Vinícius Simon recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Para recompor o setor defensivo, o técnico Muricy Ramalho tirou Tiago Alves e promoveu a estreia do garoto Wallace, zagueiro que veio das categorias de base do Peixe. Mas em um lance infeliz, logo em seu primeiro lance, o promissor zagueiro fez pênalti no atacante cruzeirense. Montillo bateu e abriu o placar para o time da casa.

Com um a mais em campo e no placar, o time mineiro cresceu, aumentou a posse de bola e as chances de gol. O Santos continuou se defendendo bem, e encurtando os espaços do adversário.

E aos 44 minutos, em cobrança de falta pela esquerda e Borges, de cabeça, empatou a partida. Empate suado e com sabor de vitória para o time do Santos.

Texto: site oficial do Santos

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse