12 jun 2011

Borges de novo



Com o time cheio de desfalques e com um a menos em todo o segundo tempo, o Santos foi valente e, aos 44 minutos do segundo tempo, arrancou um empate contra o Cruzeiro em Minas Gerais neste sábado (11/06), em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2011. O time poupou os titulares para a primeira partida da decisão da Libertadores da América, que acontece na próxima quarta-feira.

O resultado interfere pouco na sequência do time na competição, mas mostra a força do elenco santista. A partir de agora, o time volta a atenção para o primeiro jogo da decisão contra o Peñarol, no Uruguai, já com o time titular em campo.

O Jogo

Jogando em casa, o Cruzeiro tomou a iniciativa e partiu para cima do Santos nos primeiros minutos, mas o volume de jogo do time mineiro não foi suficiente para desmontar a marcação santista, bem armada pelo técnico Muricy Ramalho. Mesmo com muitos desfalques, o técnico santista conseguiu montar um time equilibrado e bem postado em campo.

A primeira chance do Peixe foi com Tiago Alves. Aranha lançou Borges, que tocou para Tiago. O atacante se livrou da marcação, mas bateu para fora. O Cruzeiro respondeu. Fabrício chutou forte de fora da área e obrigou Aranha a fazer boa defesa.

Aos 22, Roger Gaúcho recebeu bom passe na entrada da área. Ele se livrou da marcação e bateu. A bola desviou no zagueiro do Cruzeiro e saiu, mas o juiz assinalou tiro de meta. Aos 30, o mesmo Roger driblou Henrique e emendou para o gol. Fábio fez boa defesa. Montillo também levou perigo ao gol de Aranha. Aos 34, ele arriscou de fora e fez o goleiro santista trabalhar.

O primeiro tempo acabou com igualdade no marcador e poucas chances dos dois lados.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com mais velocidade e movimentação dos jogadores, mas ainda assim os dois times pouco produziam. Até que aos quatro minutos, o zagueiro Vinícius Simon recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Para recompor o setor defensivo, o técnico Muricy Ramalho tirou Tiago Alves e promoveu a estreia do garoto Wallace, zagueiro que veio das categorias de base do Peixe. Mas em um lance infeliz, logo em seu primeiro lance, o promissor zagueiro fez pênalti no atacante cruzeirense. Montillo bateu e abriu o placar para o time da casa.

Com um a mais em campo e no placar, o time mineiro cresceu, aumentou a posse de bola e as chances de gol. O Santos continuou se defendendo bem, e encurtando os espaços do adversário.

E aos 44 minutos, em cobrança de falta pela esquerda e Borges, de cabeça, empatou a partida. Empate suado e com sabor de vitória para o time do Santos.

Texto: site oficial do Santos

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.